quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

O tempo é conselheiro e faz-me reviver

Ai como eu queria voltar atrás no tempo
E parar, apenas  nas coisas boas da vida
Esquecer as tristezas  dum contratempo
Que ficaram em minha alma desprovida
.
Mas o tempo não pára e faz-me pensar
Se vale a pena continuar  com a ilusão
Recordar  as mágoas  faz-me regressar
A um  passado turbulento de  desilusão
.
Se hoje o tempo eu pudesse retroceder 
Como a minha vontade tem de entender
Voltaria ao momento onde te encontrei
.
O tempo é  conselheiro  e faz-me  reviver
Pequenos momentos que posso descrever
Que sentimentos verdadeiros, demonstrei
****
Cidália Ferreira

31 comentários:

  1. Para a frente é o caminho, não adianta remoer coisas do passado. Ficam as boas memórias, as lembranças, mas o tempo não pára.. continua a contar, tic, tac, tic, tac!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. O tempo é uma coisa terrível nunca volta atrás nem pára.
    Um belo poema, gostei.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar || Dedais de Francisco e Idalisa || Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  3. Do passado, só devemos lembrar as coisas boas e as coisas que nos ensinaram alguma coisa, o que por esse motivo, são coisas boas também.

    ResponderEliminar
  4. O tempo é o senhor da razão e retroceder é impossível,mas lembrar das coisas boas é reviver novamente.
    Lindo Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, o tempo não para e obriga-nos acompanha-lo ao seu ritmo, para trás vão ficando as boas recordações, mas novas coisas boas aparecem para recordar mais tarde.
    AG

    ResponderEliminar
  6. Lindo poema, tão profundo....
    Do passado guarda apenas os momentos bons, olha em frente e segue, sem pressas mas com serenidade. O tempo que muitas vezes foi ingrato, pode ser o mesmo a dar-nos algo de muito bom um dia.
    Quero acreditar nisso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Querida Cidália
    Que lindo poema, repleto de saudades!
    Mas o tempo não volta e a sua Impermanência é que nos faz sofrer.
    Vamos tentar pensar só nos bons acontecimentos do passado.
    Uma semana de muita alegria é o que lhe desejo.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  8. Acho que toda a gente gostava de poder voltar atrás no tempo :) Bjs

    ResponderEliminar
  9. Não vale a pena viver com mágoas, aceitar o passado e viver o presente :) digo eu, que pouco sei
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Olá Cidália
    O tempo corre, que possamos viver com sabedoria cada minuto. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  11. Querida amiga, a ilusão geralmente é má conselheira. Viva a realidade e deixe que a ilusão se desvaneça pois assim será certamente mais feliz. Poema triste mas muito bonito

    Bjo

    ResponderEliminar
  12. Belo soneto, cara amiga Cidália. Tenho dito, aqui, que tu és a poetisa da paixão e da elegia à natureza, porém, há que se acrescentar outro item, o qual, vez por outra, ornamenta teu universo poético:pitadas filosóficas.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  13. Mais um poema tocante!... Com a sensibilidade à flor da pele...
    Recordemos as coisas boas e deixemos as menos boas, lá enterradas no passado, que apenas desmotivam o nosso presente... e não nos ajudam a focar no futuro...
    Um lindíssimo trabalho, como já é habitual! Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar
  14. Oi Cidália
    Recordar também é viver. É se emocionar com os lindos momentos vividos e que deixaram marcas ímpares no coração
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. O passado não pode ser alterado, o importante é o presente.
    Nostálgico e belo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  16. O tempo no mostra tudo, ótimo poema, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  17. assim é, o tempo é um bom conselheiro e serve para atenuar as feridas que ficam na alma...

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  18. Magnífico soneto.
    Gostei imenso, do princípio ao fim.
    Continuação de boa semana, amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  19. Bom dia, Cidália,
    o tempo é nosso amigo, mas por muitas vezes nos leva ao sofrimento.
    O bom é quando ele nos dá todas as respostas das quais precisamos. Gostei muito. Beijos!

    ResponderEliminar
  20. O tempo é tudo, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  21. Infelizmente o tempo não volta à trás pois se voltasse mudaria muita coisa, Cidália poema maravilhoso bjs.

    ResponderEliminar
  22. O Amor, a saudade, a ilusão, como mote, geram sempre poemas muito bonitos... mesmo que sejam tristes.
    Bjuuuuuuu

    ResponderEliminar
  23. O tempo não volta para trás e se ele voltasse, talvez cometêssemos os mesmos erros.
    No entanto este tema resultou num belo poema.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  24. Oh se fossemos donos do tempo, faríamos uma viagem ao passado e revivíamos todos os momentos com as pessoas inolvidáveis do nosso pensamento e coração.
    Como sempre um lindo poema com uma inspiração fabulosa protagonizada pelo poderoso tempo.
    Um abraço gigante e feliz noite

    ResponderEliminar
  25. Que bonitas palavras o tempo e o melhor de tudo
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  26. O tempo é sempre o melhor amigo para curar feridas abertas. Quanto ao passado, temos sempre bons momentos para recordar e outros momentos que gostaríamos de apagar. No entanto devemos aceitar todos estes momentos que vão traçando o nosso caminho e definindo a pessoa que somos ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar