terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Neste murmurar a tua chegada é a recompensa

Foto de Cidália Ferreira.
Murmuram as ondas  naquele mar silencioso
Que me inspira, me leva a meras  divagações
Correm as  nuvens carregadas de recordações
Onde meu  sentimento é grande e tão saudoso
.
Na brancura da espuma que agita o momento
Sinto a brisa gélida no meu rosto, que espera
Com muito gosto porque a diferença tempera
Mesmo que os momentos sejam o isolamento
.
Murmuram as ondas que depressa se desfazem
Onde meu olhar se prende às areias, e reluzem
Por pensar que a minha espera pode ser intensa
.
Nesta espera entreguei meu coração ao destino
Senti um esvoaço, qual mensagem em desatino
  Neste murmurar a tua chegada é a recompensa  
****
Cidália Ferreira.

28 comentários:

  1. Lindo sempre,Cidália! Parabéns! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  2. Sempre a chegar e a partir
    conforme as marés
    e a sorte dos ventos

    ResponderEliminar
  3. Uma imagem fenomemal e um poema fabuloso! O mar como testemunho duma espera! A crespuma das ondas, a aragem gélida e toda a inspiração para este poema é divina.

    No final a recompensa chegará e o coração tranquilizará!

    Noite feliz amiga e uma boa quarta, agasalha-te bem

    ResponderEliminar
  4. Querida Cidália,

    Um poema muito belo de uma inspiração em que as palavras
    espelham a verdade de um sentir pleno!...

    Muito grata pela sua visita tão gentil e comentário
    generoso!
    E a oportunidade de conhecer seu espaço que terei
    muito gosto de acompanhar, pois apreciei muito aqui.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Derreteu o coração, beijos

    http://www.ritinhaangel.com.br/

    ResponderEliminar
  6. Mais um belo poema que une elementos que adoro, como o mar! =)
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Mar e amor sempre se conjugaram bem. Mais um poema de elevada e esplendorosa estrutura poética.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Seus sonetos estão cada vez mais divinos Cidália!
    Eu amo o mar e tudo que se refere a ele.
    Lindo!
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Sempre inspirada. Parabéns poetisa. Amo o seu cantinho m bjs

    ResponderEliminar
  10. Cara amiga Cidália, eis mais um belo soneto sob a batuta do teu paradigma poético: a fusão da paixão com os elementos da natureza. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  11. Parabéns pelo maravilhoso poema!Linda imagem.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Adoro bastante o mar adorei este poema
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Oi Cidália
    Tendo o mar como magnífico cenário delineias com magistralidade mais uma espera abastada de saudade. Belíssimo minha amiga
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. O mar é um bom amigo...generoso
    Tanto apreço lhe tenho.
    Que nunca percas a esperança, se uma onda vai, há sempre uma outra que vem... e quem sabe, te chega aos pés!
    Adorei.

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália
    Linda poesia
    Cada verso um encanto
    Adorei
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Que maximo arrasou como sempre, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  17. Bom dia, Cidália
    Lindo poema. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  18. Bom dia, Cidália, gosto muito dos sonetos e os seus são
    meus preferidos, pois sempre dizem coisas ao coração. Beijos!

    ResponderEliminar
  19. saber esperar é um meio de conseguir ...

    beijinhos

    :)

    ResponderEliminar
  20. Inspiração em estado puro!...
    Adorei o fluir tão bonito das palavras!
    Para ler e reler...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  21. Sempre uma melancolia prolifera, rica em imagens e anseios. Belo, Cidalia.

    ResponderEliminar
  22. Oi Cidália
    Gostaria de escrever poesias como você.
    São lindas, todas rimadinhas
    Beijos e uma linda noite
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  23. Querida Cidália
    Uma chegada é a melhor das recompensas! O que dói...são as partidas.
    O seu poema é tão lindo e comovente!
    Muitos parabéns.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  24. Oi Cidália
    Obrigada pela visita
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar