sábado, 23 de abril de 2016

Convidaste-me para ver o pôr-do- sol, à despedida

Convidaste-me para ver o pôr-do- sol, à  despedida
Onde até as ondas acalmaram com a nossa chegada
A brisa sussurrava baixinho, mas tão  surpreendida
Ao presenciar nosso amor, silenciado na madrugada
.
Olhávamos mutuamente, os nossos rostos brilhavam
Sentíamos o esvoaçar das gaivotas, e nas entrelinhas
Está o esplendor  de um céu dourado onde bailavam
Faziam coro ao nosso amor, sendo elas  testemunhas 
.
A noite  chegava e com ela, as amenas  tempestades 
Nossas vidas eram  relembradas e sem adversidades 
Os nossos  corpos  sentiam-se  em  deslumbramentos
.
Convidaste-me com carinho, tão  desejosa, eu aceitei
Sentir o perfume do teu sorriso lindo,  sempre sonhei
Amar-te junto ao mar, e confessar-me aos sete ventos.
****
Cidália Ferreira 

22 comentários:

  1. Um convite irrecusável em poesia! Linda inspiração! bjs, chica

    ResponderEliminar

  2. Uma maravilhosa aceitação de um lindo amor...
    Bela inspiraçã amiga.
    Bom dia e um ótimo sábado!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  3. Um amor e o mar... um sonho para todos!
    Tenha um fim de semana repleto de alegrias e prazeres mil!

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Que bela confissão aos sete ventos, com amor assim, á beira mar, nos faz sonhar linda poetisa!
    Abraços bem apertados nesse lindo novo visual do blog!

    ResponderEliminar
  5. Que linda confissão ao vento e ao mar.Beijos bom sábado

    ResponderEliminar
  6. O silêncio sussurrante das águas do mar são um bom lenitivo para belos poemas e lindos versos de amor.
    Nesses contornos e "confrontos" poéticos existentes entre a Luz do luar, o silêncio, a Paz, e a frescura das águas, que beijam a areia, são certamente uma das mais puras e doces mensagens de amor que sem se saber, são levadas pelo piar das gaivotas...para além dos Oceanos

    Um poema muito bonito que nos transporta até esse imaginário. " O além dos Oceanos".

    Beijo

    ResponderEliminar
  7. El mar, el mar, la brisa, las miradas... y más... invitan a abrazar las almas.

    Muy lindo y romántico tu poema.

    Un beso.

    ResponderEliminar
  8. Uma confissão maravilhosa junto ao pôr do sol.
    Amei Cidália.
    Bjs e um lindo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Horas inesquecíveis junto ao mar...
    Bom demais, Cidália.
    Beijos!

    ResponderEliminar
  10. Não dá para fugir de um convite ao amor. Parabéns, Cidália.

    ResponderEliminar
  11. Obrigada por este belo momento de poesia e magia.
    Um beijinho com carinho

    ResponderEliminar
  12. Mais um poema muito inspirado. Gostei de ler, Cidália.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  13. Um lindo encontro de amor dedilhado com maestria poetica
    Uma linda semana
    Beijos

    ResponderEliminar
  14. Um convite difícil de dizer não, Cidália bjs.

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália,
    Também gostei muito dessa tua poesia
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Que dizer perante tão belo poema???? AMEI! Os momentos passados junto ao mar são divinais e entre dois apaixonados são inspiradores e inolvidáveis. A tua magia poética faz surtir poesias de classe e esta é uma delas! Um abraço amiga

    ResponderEliminar