domingo, 10 de janeiro de 2016

Vivo por ti neste mundo tão cruel

Vivo  por ti  neste mundo tão cruel
Onde todas  as ondas de luz se vão
O meu coração  sempre te será fiel
Mas sonha, sofre e vive  de  ilusão

Vivo  por ti, mas  não será loucura
Pelos momentos de mera incerteza 
Vagueia minha mente, que procura
O amor, com honestidade e pureza

Vivo por ti, onde o mundo é injusto
Já tantas coisas me causaram susto
Teu  coração é para mim, meu mel

Vives no meu  mundo. Meu segredo
Que em  todas as horas, sinto  medo
Que te possa perder. Que vida cruel!
****
Cidália Ferreira.

34 comentários:

  1. Marco Aurélio - Brasil10 de janeiro de 2016 às 11:36

    Preciso dizer que é um belo- belíssimo - poema???
    Eis aqui o sonho de todo homem... ouvir uma mulher-poeta recitar que teme perdê-lo.
    Lindo Cidália.... lindo!!

    ResponderEliminar
  2. Lindo!!!!!!!!! Ótimo domingo!!!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  3. O mundo é mesmo assim...Ilusão, incerteza, esperança no amanhã
    Poema profundo, cheio de mensagem de um coração que ama. Lindo
    Feliz Domingo.

    ResponderEliminar
  4. Amei o poema e amei ver a linda imagem do Rio e Janeiro,com o Cristo Redentor.
    Acho que não me enganei amiga Cidália!!
    Bjs e um ótimo final de domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Muito bonito! Mas afasta de ti esse medo, essa insegurança!
    Bom domingo!
    xx

    ResponderEliminar
  6. Adorável este poema. Parabéns como sempre.
    Um grande xi coração.
    Alice F.

    ResponderEliminar
  7. Cidália, já estava com saudades, belo poema, como sempre e boa semana,bjs

    ResponderEliminar
  8. Como está lindo o seu cantinho, Cidália. E com um toque de poesias
    ainda fica mais maravilhoso. Bjs e uma noite maravilhosa.

    ResponderEliminar
  9. O mundo se torna ainda mais injusto diante de versos tão sublimes.
    Parabéns!

    Abraço meu

    http://coisasdacriis.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. O amor verdadeiro é assim, pura doação sem muito esperar.
    Lindo poema... tive saudades daqui no fim de semana.
    Beijos e uma linda semana para vc :)

    ResponderEliminar
  11. Oi amiga bom dia!
    Que belo poema como sempre.
    Já de volta venho te agradecer por tudo, e te desjar um feliz 2016.
    E vamos seguir em frente com muita fé e esperanças!
    Beijos Cidália, e uma ótima semana!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  12. Lindo...lindo...lindo...lindo........adorei! Sente-se em cada verso a emoção dessa vivência de amor com incerteza e ilusão! Está bem patente a insegurança e o receio mais atroz: perder quem se ama! Parabéns por este magnífico poema e pela escolha duma imagem da cidade maravilhosa com a sua imponência. Um abraço Cidália e uma feliz semana cheia de energia e esperança

    ResponderEliminar
  13. Olá Cidália! O seu domínio da arte do soneto está magnífica. Gostei muito.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  14. Cara amiga Cidália, eis mais um belo soneto romântico e musical.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  15. O mundo é mesmo assim, cruel mas ao mesmo tempo com gente cheia de amor.
    Lindo poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. É de facto o amor que nos faz ultrapassar as crueldades diárias com que nos deparamos e tb por poder ter o privilegio de ler a sensibilidade e talento tão perspicaz da Cidália, Bem Haja por isso, Bjo :)

    ResponderEliminar
  17. Boa tarde querida Cidá..
    o mundo por mais cruel que seja e esteja no momento .. viver por alguém e por nós nos dá um alento para seguirmos.. bjs e feliz dia

    ResponderEliminar
  18. Lindo e belo apesar da insegurança.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
  19. Um soneto de amor magnífico, parabéns!
    Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar
  20. Parabéns!!este é mais um magnífico poema.
    Uma boa noite
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. oi Ci

    Todo mundo tem medo de perder...
    Eu mesma já perdi tantas vezes que nem sei mas...
    Li que o para sempre é o presente, pq nada é eterno.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  22. Oi Cidália
    Um poema soberbo e belíssimo!
    Incertezas... faz parte do elo romântico
    Uma linda semana amiga
    Beijos

    ResponderEliminar
  23. O medo costuma nos abraçar, mas ele impede que nos entreguemos àquilo que nos faz feliz. A vida só nos apresenta incertezas e não podemos evitar isso. Belo poema, Cidália! Bjs.

    ResponderEliminar
  24. Lindo, este poema...
    Beijinho doce, Cidália!

    ResponderEliminar
  25. Prometi retribuir a visita e aqii estou. Mais vale tarde do que nunca..Gostei do texto, embora seja carregado de tristeza. Só discordo num ponto:devemos viver para os outros(ou para UM outro) mas só até certa medida.Devemos sobretudo viver para nós , aliás ,POR nós próprios não num sentido de egoísmo. mas porque só podemos viver realmente para outros se nos valorizarmos e respeitarmos a nós mesmos e AOD nossos sonhos. Beijinhos e votos DD excelente Ano de 2016.

    ResponderEliminar
  26. Uma rapida visita significa meu retorno
    em breve.
    Fico feliz ao receber sua carinhosa visita
    vou arrumar uma maneira de responder
    a altura seu carinho e amizade.
    Eu sempre fui muito presente nos blogs
    agora com as coisas se restabelecendo tudo vai ficar
    melhor se Deus quiser.
    Um beijo carinhoso ..
    Evanir.

    ResponderEliminar
  27. e eu costumo dizer "de ilusões também se vive"

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar