domingo, 21 de junho de 2015

Pelas curvas do meu corpo.

Sinto-te a viajar
Pelas curvas do meu corpo
Com paragens obrigatórias
Sentindo calor, e os teus beijos
Que são parte dos meus desejos,
Pouco a pouco
Sinto o arrepio na pele
Ao sentir teus lábios doces
Que me beijam suavemente,
E pouco apouco com ternura
Vais descendo lentamente
Acordando meus sentidos
Que adormeceram tristemente 
Pela ausência do teu carinho, 
Sinto os teus lábios quentes
Nos poros da minha pele,
Sinto que é nossa, a saudade
De viajarmos um no outro
Pelos recanto do nosso corpo
 Em pensamentos e voracidade.
***
Cidália Ferreira.

21 comentários:

  1. E não se demora todos os sentidos estão abertos e o corpo em tumulto!
    Abraços,

    ResponderEliminar
  2. Lindo e sensual poema!Ótimo fds! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Marco Aurélio - Brasil20 de junho de 2015 às 16:25

    Por trás da mulher poeta sensível, existe uma mulher ardente e apaixonada pelo homem que a desposou!!!
    Lindo!!!

    ResponderEliminar
  4. Lovely, dear. Great. I have new post also, and will be hape if you see too:

    http://mylovelyfashionbih.blogspot.com/2015/06/blog-post.html

    ResponderEliminar
  5. Profundo e a fazer mexer com o im aginário
    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Boa tarde Cidália,
    Uma linda e um corpo perfeito de mulher.
    Quanto ao seu comentário, já fui criança também. Hoje ninguém sabe nada da vida Divina, portanto temos que ter fé numa vida melhor após a morte independente de religião.
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Mas que bela e magnifica viagem.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  8. Lourdes Piedade Patacas20 de junho de 2015 às 19:35

    Que não seja só em pensamento a viagem deste lindo poema, está maravilhoso,bom fim de semana beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Viagem fantastica!
    Espero que seja mesmo na realidade.
    Bom fim de semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. as cores da paixão com um leve toque de sensualidade.
    gostei!
    bom fim de semana.
    beijo
    :)

    ResponderEliminar
  11. Belo e sensualíssimo seu poema,querida amiga Cidália.
    Romantismo sempre e vc consegue unir tão bem!
    Amei!

    Obrigada pela visita,lindo final de sábado e domingo

    Beijos

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  12. Que linda e sensual poesia!
    Amei ler linda amiga!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  13. Bom dia de domingo, vim te visitar e deixar
    um salmo pra vc, tenha um bom começo de semana

    Nem olhos viram ,nem ouvidos ouviram ,nem jamais chegou ao entendimento humano ,o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.
    ( I Coríntios 2:7-9)

    Bjuss com carinho

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  14. Poema cheio de sensualidade e magia....arrepia os sentidos! Uma viagem sensual pelos recantos corporais, onde em cada verso, uma nota de sedução. Adorei Cidália...um feliz domingo para ti e beijinho

    ResponderEliminar
  15. Minha amiga, há quanto tempo, não visitava o teu cantinho. Peço desculpa, mas é mesmo por falta de tempo, tu sabes, no lar a vida não é fácil, rsrsrs. Mas hoje vim, e encontrei um poema maravilhoso, muito sensual, pelo menos é melhor que sendo triste. Continua assim, com estas inspirações, os teus leitores gostam de te ler.
    Prometo não demorar tanto

    Beijinhos para ti e teus filhotes.

    ResponderEliminar
  16. Um acordar delicioso.

    Nada como o arrepio de pele em cada curva.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Eis um belo poema caliente, amiga Cidália. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar