quarta-feira, 22 de outubro de 2014

No pensamento te levei

No  pensamento te levei
Por entre bosques dourados
Fustigados pelo tormento
E da sua própria estação
Ficando assim enfeitados
De cores várias, como amores
Que nos tocam ao coração,
Também nossos pensamentos
Vagueavam por entre folhas
Caídas mas coloridas
Já tão cansadas da vida,
Pelos caminhos que traçamos
E que neles nos perdemos
Nos sentimos, mas vivemos
Enrolados um ao outro,
Mas comigo tu vagueias
Nesta natureza que quero
Amar-te num chão molhado
E poder limpar teu corpo
Às folhas amarrotadas,
E nelas poder escrever
Toda a nossa fantasia
E sentidos da minha alma,
Ler-te com toda a calma
E passar para o papel
Pedaços da natureza
Em salpicos de poesia.
***
Cidália Ferreira

26 comentários:

  1. Você escreve com a alma.
    Lindo !
    Parabéns querida,
    Abraços,
    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. olá obrigada pelo lindo poema muita força gostei lindo como sempre continua,laurinda anjo beijos,

    ResponderEliminar
  3. Muito lindo,Cidália e o pensamento tudo pode...bjs, ótimo dia,chica

    ResponderEliminar
  4. olha por mim eras super estar ,tens muito talento que adoro mil beijos ,laurinda anjo.

    ResponderEliminar
  5. Oi Ci

    No pensamento a gente leva tanta gente especial.... ainda bem que temos esse dom.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidália,através do pensamento atravessamos rios e mares,ao encontro daquele que amamos.
    Muito lindo.
    Bjs amiga e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Oi! Bom dia! Amiga Cidália,sua poesia é um encanto para nossos
    olhos, simplesmente linda,uma combinação perfeita o amor e à
    natureza, como não encantar-se querida, tenha um ótimo dia.
    obrigado pelo carinho com Inspiração e Vida, e Magda Farias,
    bjs...

    ResponderEliminar
  8. Cidália.... nem preciso dizer nada... tampouco elogiar.
    Mas de todos os elogios, o que pensei enquanto lia, é que a tua caneta é a tua alma. Tua poesia tem o perfume dessas folhas caídas.....
    Beijos do amigo e admirador!

    ResponderEliminar
  9. Boa terça-feira a você Cidália, beijos

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde amiga poetiza.
    Mais uma vez deparo com a porta fechada, tentando escrever-lhe o meu agradecimento, por tão lindo poema.
    Vou tentar uma vez mais, e em caso de falha, terei que esperar que a maré suba.
    Beijinho e.............obrigado !!!!!!!

    ResponderEliminar
  11. O pensamento tem uma linha firme ligada ao coração, creio nisso.
    Adorei te ler, ouvindo esta música linda *-*

    Beijoo'o
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderEliminar
  12. FABULOSO...nota máxima para o poema e imagem...ao sabor das tuas palavras vagueei no teu bosque dourado...pisando as folhas caídas e cansadas da vida...embalada pelo encanto da tua poesia, me deixei levar pelo meu pensamento...adorei Cidália...arrebataste-me mais uma vez, soberbamente

    ResponderEliminar
  13. Poema lindo e inspirador, a imagem muito bem escolhida, Cidália beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderEliminar
  14. Vagueavam por entre folhas
    Caídas mas coloridas
    -----------
    Folhas caídas. A analogia com o fim da vida.
    ---
    Felicidades
    MANUEL

    ResponderEliminar
  15. Maravilhosa poesia Cidália... escrita com a alma!
    Em nossos pensamentos carregamos conosco aquele que amamos.
    Amei!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  16. Quando caem as folhas é sinal que o Outono chegou. Oxalá esse seja o pronúncio de uma Primavera feliz
    Beijo

    ResponderEliminar
  17. Que poema maravilhosamente belo! Parabéns.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. Uma imagem alusiva à época, e um poema de fazer sonhar....

    ResponderEliminar
  19. Cidália, ando cada vez mais encantada com tua poética. Vou deixar um link de um site que participo onde se reúnem vários poetas, teremos enorme prazer em ter-te conosco. Belo e mágico teu poema. Bjs

    http://encontrodepoetaseamigos.ning.com/main/authorization/signIn?target=http%3A%2F%2Fencontrodepoetaseamigos.ning.com%2F

    ResponderEliminar
  20. Salpicos de beleza Cidália
    obrigada pela doçura que transfere para nós embrulhada em palavras poéticas.
    fica o abraço

    ResponderEliminar
  21. Bom dia, forte no sentimento que originou uma bela criação poética, reveladora de enorme amor inesquecível.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  22. Bem este poema está maravilhoso.... e a foto mesmo a condizer com a época. Lindo
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Querida CiDÁLIA
    CONJUGOU, NA PERFEIÇÃO, O OUTONO COM OS SEUS SENTIMENTOS!
    CRIOU UM POEMA SINGULAR!
    MUITOS PARABÉNS.
    UM BEIJINHO
    BEATRIZ

    ResponderEliminar