terça-feira, 3 de junho de 2014

Numa noite endiabrada...

Amor…
Numa noite endiabrada,
Entusiasmados, à lareira,
Em ambiente caloroso,
Um amor puro e sincero,
Sentimento tão bonito,
Entre carinhos, afetuoso...
Nosso chão, o nosso altar,
Onde, no teu corpo eu procuro,
Bebida, para me embriagar,
Que me deixe na loucura,
Desta minha...
Estonteada, insana mente,
Perdida pelo ardor que sente,
Será o calor da lareira,
Que nos sorria, e aquecia,
O nosso amor se ouvia,
E da boca nos saia,
Em perfeita melodia,
Palavras ditas, em brincadeira,
Numa noite endiabrada
Onde o amor se sentia!

****
Cidália Ferreira


17 comentários:

  1. Deliciosas rimas como sempre! Parabens amiga!


    Beijos e linda semana pra voce!

    ResponderEliminar
  2. e que venham mais noites (dessas)...

    obrigada pela visita.

    boa semana.

    beijo

    :)

    ResponderEliminar
  3. As vezes o diabólico é apenas uma palavra
    mais quente e colorida para expressar a dança
    e o canto dos anjos.

    Lindo ler-te Cidália querida.

    Bisous meus em Ti e na Cris

    ResponderEliminar
  4. Noites calientes, apaixonadas!! Linda! bjs,chica

    ResponderEliminar
  5. Olá Cidália,

    Não sou eu que faço poemas bonitos....este está maravilhoso, adorei

    Beijinho grande que tenha um otimo dia :)

    ResponderEliminar
  6. O amor é assim,em qualquer lugar é maravilhoso e
    ao lado de uma lareira,ainda fica mais ardente
    Adorei.
    Bjs amiga Cidália
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Endiabrada, incendiária e abençoada. Que performance!
    Abraços, Poetisa
    jrmessi123.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Muito caloroso!!!! Forma de sentir o amôr numa noite endriabrada e acalorada! Gostei muito poetisa linda!

    Gaby

    ResponderEliminar
  9. Ah Cidália, que noite tão endiabrada! Venham mais como essa e nem vai ser preciso o calor da lareira...;-))
    Belo poema!
    xx

    ResponderEliminar
  10. Ou seja: Foi uma noite mágica...com o calor da lareira a ajudar ui ui....
    Gostei muito do poema.
    Beijo

    ResponderEliminar
  11. O poema consegue retratar uma noite quente de amor, endiabrada de desejos.
    beijo

    ResponderEliminar
  12. Oi tia Cidália,
    Nossa mãe estava no "dotor", machucou o dedão...
    Obrigada pelo carinho
    Beijinhos sabor cereja
    Mundo dos Inocentes

    ResponderEliminar
  13. Amiga que poema maravilhoso amei
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  14. HOLA visitando tu blog, les dejo un saludo desde mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Querida Cidália
    O seu belo poema descreve uma noite muito feliz!
    Oxalá todas sejam assim,mesmo sem lareira!...
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar