sábado, 28 de março de 2020

Tudo se recomeça...

Resultado de imagem para imagens de força
****
Entre o distanciamento tão duro e lento
Quando, no solo, apenas existe uma flor
Num sol brilhante e tão cinzento de dor
Existe o murmúrio moribundo, sedento
*
Sendas abandonadas, por gentes de bem
Deixando à sua sorte a flor da esperança
Ficando, entre muitas outras lembranças
Num solitário distanciamento de alguém
*
Tudo se aprende nesta vida tão exigente
Tudo se ganha, tudo se perde neste meio
Tudo se recomeça lentamente em anseio
Que o afastamento seja um bem urgente
****
Cidália Ferreira

31 comentários:

  1. Um poema muito motivador para esta altura difícil que estamos a atravessar :).
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Todos os dias são um bom motivo para se recomeçar =)
    Nunca é tarde =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Lindo poema tão importante quanto esse distanciamento! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. cada dia o seu dia mt bonito o teu poema bjs saude

    ResponderEliminar
  5. BOnitas quadras cheias de semsibilidade.
    Bom fim de semana.
    Beijinhos
    ;)

    ResponderEliminar
  6. belo poema
    de grande sabedoria!

    beijo, amiga

    ResponderEliminar
  7. Que belo Poema

    Beijinhos de boa noite e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Mais um belo poema escreveu. Que eu tanto gostei de ler. Cara amiga poetisa Cidália Ferreira, bom fim de semana, lhe desejo eu. Bjs.

    Numa corrida contra o tempo,
    valhas-nos o Santo milagroso
    para nos aliviar o sofrimento
    neste momento, tão, doloroso!

    ResponderEliminar
  9. O ser humano só dá valor quando perde. Tenho a certeza que assim que pudermos vamos valorizar muito mais as coisas simples da vida, depois deste tempo de reclusão. Beijinhos, bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  10. No distanciamento que prende.
    Nos desejos que não se atende,
    enrosca uma saudade que lateja.
    Mas sabe-se que tudo recomeça.
    É o doloroso lindo em poesia Cidália,
    que no coração vem e faz esta sanha.

    Muito belo em reflexão e poesia.
    Bom fim de semana com cuidados.
    A gente vai sorrir.
    Beijo amiga.

    ResponderEliminar
  11. Palavras muito certeiras.
    Beijinho Cidália.

    ResponderEliminar
  12. Querida amiga Cidália.
    Que do afastamento se faça luz.
    E que essa luz ilumine nossos caminhos.
    Para pudermos ainda regar muitos jardins.
    Um abraço infinito.
    Megy Maia🌈

    ResponderEliminar
  13. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema e desejar bom fim de semana, de preferência em casa.

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  14. Mais uma Pérola Poética. Lindo demais . A flor pode representar a solidão que se vive. Mas também, pode representar a fé, a esperança, de uq tudo é possivel e, com força mental, Venceremos

    Boa noite

    ResponderEliminar
  15. Olá Cidália,
    É verdade, quando a necessidade o exige, tudo se aprende e hoje o mais importante é o afastamento.
    Belíssimo poema, adorei!!!
    Beijinhos e fique em segurança.

    ResponderEliminar
  16. Olá Cidália!
    Poema muito bonito.
    Em tempos de crise actual, nós os seres humanos temos uma capacidade de se adaptar consoante as necessidades.
    Passamos tempos difíceis mas tudo vai passar e vamos ficar bem.

    Beijinhos
    Os Piruças

    ResponderEliminar
  17. Parece que ninguém se salva sozinho. O distanciamento social, porém, abre uma pequena brecha nesse princípio.
    Abraço poético,
    Juvenal Nunes

    ResponderEliminar
  18. Tudo se renova apesar das dores, sempre terá uma flor de esperança para sinalizar os recomeços.
    Bom fim de semana.Bjs.

    ResponderEliminar
  19. Boa noite Cidália
    Muito obrigada pela visita.Também estou te seguindo.
    Parabéns pelo blog.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Oi Cidália
    Gostei da sua poesia pois disse a verdade, lixo foi feito para jogar sentimentos ruins.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  21. Lindo seu escrito.
    Que possamos viver o distanciamento e aprender com ele.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  22. Cidália!
    Lindo seu recomeço e poema.
    Fique em casa e lave sempre as mãos.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘