terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Meu pensamento viaja em tarde de Inverno

Meu pensamento viaja pelo horizonte
Enquanto, de janela aberta
Sinto o passar do tempo
Numa brisa suave e breve,
Num silêncio que me fascina
Me faz viajar no momento
E num sentimento livre, tão leve
O meu coração se resigna
*
Ouço o silêncio das folhas que mexem
Medito. Lembro-me das flores
Que outrora floresciam em meu jardim
Dos lindos amores-perfeitos
E da fragrância do alecrim
Saudade do tempo, sem dissabores
*
Meu pensamento viaja em tarde de Inverno
Contempla os momentos de sol
Num silêncio que perturba meu coração
Imaginado, que além do horizonte me esperas,
O sol brilha num vento sussurrante
Meu olhar desvia o pensamento vão,
Faz-se tarde, imagino-te deslumbrante,
Ao chegares, à minha janela, tão terno.
***
Cidália Ferreira

38 comentários:

  1. Uma tarde de inverno, convite à viagem assim...Linda poesia! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  2. Que lindo! Também sou assim, gosto de lugares calmos para poder divagar... Gostei!

    ResponderEliminar
  3. Olá Cidália
    Cada dia escrevendo melhor. Suas poesia são muito lindas
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  4. Acredita que vou chegar. Num dia de SOL, não em dia de chuva e/ou nevoeiro, lool
    Poema muito bonito
    .
    * Sou como um ramo de árvore ... partido. *
    .
    Tema escrito em sextilhas.
    Deixo cumprimentos
    .

    ResponderEliminar
  5. Uma tarde de inverno convida mesmo a isso.
    Lindo poema.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  6. Essa estação fria, como está por aí agora, é um convite à escrever, a refletir, a sentar numa janela e pensar... Aqui, o calor é tanto que não dá nem para pensar, só penso em fugir!! Deu 40 graus essa semana! Socorro... Mas somos assim, quando vem frio, pedimos calor, quando vem o calor, sonhamos com o frio!
    Beijo, querida. Belos versos!!

    ResponderEliminar
  7. Las tardes de invierno animan estos viajes.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  8. Obrigado pe la sua visita a meu blogue.
    Correspondo aquí su amabilidad y su generosidad!
    Buona semana.

    ResponderEliminar
  9. Que bonito, um poema mesmo para o tempo que temos! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Um poema encantador Cidália, o mundo precisa de muitos poetas :)))
    registei meu blogue do portugalredecouvertes.blogspot.com na sua lista de amigos !
    também homenageio a poesia no outro bloguinho com traduções:

    https://poesiesenportugais.blogspot.pt/

    abraço amiga,
    bom ano com muita poesia !
    Angela

    ResponderEliminar
  11. É que viajar através do pensamento é bem gostoso!
    Adorei ler ... bj

    ResponderEliminar
  12. Olá Cidália! Que viagem gostosa fizeste via pensamento amiga!Lindos versos!

    Tenha um feliz 2018 com muita saúde e poesia!

    Abraços!

    ResponderEliminar
  13. Que poema tão bonito, como diz outro poema "há palavras que nos beijam", este poema é assim =)

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  14. Uma tarde de inverno feita serenidade e sonho.
    Belíssimo poema.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  15. Uma poesia singela, sensível e bem romântica, amei!
    Abraços afetuosos!

    ResponderEliminar
  16. Menina que estás à janela,
    no que estás tu aí pensando
    minha casa está circundando
    foi assim que respondeu ela
    toda a beleza estou adorando!

    Tenha uma boa noite amiga Cidália Ferreira. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Poema lindo. Adorei ;))
    Bom dia

    Hoje:- Saudade, com cor e presença.
    .
    Bjos
    Óptima quarta-feira

    ResponderEliminar

  18. Belo poetar! O inverno inspira e traz à tona sentimentos e emoções saudosas...
    Abraço meu

    ResponderEliminar
  19. E haja saudade para acomodar e preencher nossos corações.
    A beleza de sempre.
    Abraços, Cidália

    ResponderEliminar
  20. Está belíssimo, estimada Cidália.
    Vivemos o tempo de espera, sonhos e quimeras...
    Beijinhos.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  21. Lindo poema, para uma tarde de invernia como está.
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Olá Cidália.
    O tempo está propicia para fazer a mente viajar para os lugares mais aconchegantes.
    Beijos

    ResponderEliminar
  23. Hoje também deu para fazer poesia e pensar nesta pouca chuva que vai refrescar a terra ressequida.
    Obrigado pela posição a muito esperada la no meu blogue.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. Oi querida Cidália,
    Adoro suas poesias, fico pensando nos meus tempos de juventude.
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  25. Sublime poema!!!

    Junto à janela olhando o horizonte a nossa mente vagueia...medita...recorda e isso é incontestavelmente natural.

    Adorei teus versos e sempre com emoções em plena sintonia.

    Abraço amiga!

    ResponderEliminar
  26. Beleza, inspiração e melancolia, muito bem harmonizadas neste trabalho, Cidália!
    Mais um belo poema, que adorei apreciar e descobrir, por aqui...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário são o elixir do meu coração...Muito obrigada...