segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Nesse lugar sereno onde descansas

Procurei-te pelos trilhos do pensamento
Por encruzilhadas e ruelas
Pelas veredas do impossível,
E encontrei-te num lugar tão previsível
Onde o sussurrar das águas serenas
São a razão desse louco afastamento
.
Procurei-te nas ondas do meu desejo
Onde te guardo para todo o sempre
Sei que me desejas, como desejas o mar,
Sei que, neste meu louco imaginário
És a razão do meu viver, do meu acordar
Para todo o sempre, enquanto eu viver
.
E nesse lugar sereno onde descansas
E toda a beleza do pôr-do-sol contemplas
Sei que pensas e tens esperanças
Num reencontro desejado, tão nosso
Para que o sol em nós volte a renascer,
Nesse banco, onde tão sozinho te encontrei.
***
Cidália Ferreira.

29 comentários:

  1. Tão cheia de lindos sentimentos só poderia dar uma bela poesia! bjs, linda semana,chica

    ResponderEliminar
  2. Bellísimo poema
    como la puesta de sol
    la serenidad del mar
    la quietud de un pensamiento claro.

    Obrigado Cidalia
    por compartir tan bellísimos sentimientos.

    Rafalín desde
    http://rafalindelosbosques.blogspot.com.es/

    ResponderEliminar
  3. Precioso poema, como este lugar tan cálido, un placer estar aquí.

    Besos enormes y feliz tarde.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, Cidália
    Lindo poema, bjs querida.

    ResponderEliminar
  5. Mais uma pérola linda de viver Cidália!
    Amei cada palavra.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Um lindo poema cheio de sentimento! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  7. Lindo demais como todos. Sempre sabemos onde encontrar nosso amor.

    Beijos sabor carinho e linda semana


    Donetzka

    ResponderEliminar
  8. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  9. Olá, lindos sentimento que o poema muito bem construído revela, seu coração é doce.
    feliz semana,
    AG

    ResponderEliminar
  10. Gostei imenso de o ler e o entardecer é fantástico!!!

    ResponderEliminar
  11. Encantador querida.
    Amei a foto de capa, ficou maravilhosa.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  12. Cara amiga poetisa Cidália, nos contempla com mais um belo momento lírico. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

    ResponderEliminar
  13. Que lindo amiga Cidália, sempre um prazer te ler, sentir o belo romantismo de seus escritos poéticos!
    Abraços!

    ResponderEliminar
  14. que lindo poema~
    https://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Quanta ternura e amor neste excelente poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  16. Poemas sempre muito bonitos e intensos!
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  17. Lindo, lindo!
    Que o pôr do sol reacenda a chama do amor, que a esperança dure e que as ondas levem o passado para abrir caminho a um novo e sorridente futuro.
    Adorei, um beijinho!

    ResponderEliminar
  18. Poema e imagem...Sublime!!!!

    Beijinhos para ti e teus filhotes.

    ResponderEliminar
  19. Mais um poema encantador, onde as palavras fluem com sensibilidade e beleza, num esperançoso mar de emoções!
    Adorei ler! Beijinhos!
    Ana

    ResponderEliminar
  20. Lindo poema! " Procurei pelos trilhos do pensamento..." Com certeza a imagem, as lembranças da pessoa amada.
    Com esse pensamento do Padre Fábio de Melo, desejo a você e sua família tudo de bom no dia de hoje e que no futuro venham dias melhores e felizes.
    “Você é quem decide o que vai ser eterno em você, no seu coração.
    Deus nos dá o dom de eternizar em nós o que vale a pena, e esquecer definitivamente aquilo que não vale...”
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  21. Uma imagem que transporta a melancolia e a serenidade para o poema, mas igualmente um poder sentimental que nos invade logo no 1º verso.
    Lindo demais...muito sentimental!

    Muitos beijinhos amiga!

    ResponderEliminar