terça-feira, 21 de março de 2017

Quem me dera...

Quem me dera saber escrever
Umas linhas em poesia
Contaria a tanta gente
O que meu coração presente,
Sofre de noite e de dia
Por quem ama e não esquece,
Porque sendo ou não poeta
Toda pessoa merece
Uma vida com alegria
Sem ter que fingir a dor
Que na realidade sente
.
Mas como não sei escrever
Aqui fica a minha dor
Fingir eu não sou capaz
Porque meu chora coração,
Refugio-me na saudade
Escrevo palavras em vão
Que não serão em demasia,
Caem lágrimas de ansiedade
Voando em liberdade,
São partículas do meu amor
Que saem, com se fosse poesia
***
Cidália Ferreira

25 comentários:

  1. Como te entendo nas palavras tristes deste poema. Escondemos a dor, deixamos que se derrame nas palavras, nas lagrimas.
    Menina Mulher preciso do teu sorriso. Prometes?
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Tu és maravilhosa! Linda poesia e tudo em tu vira poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Por aqui escreve-se muito bem!
    Que venham lágrimas de alegria!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Tens um Dom para a escrita !!! adorei
    Boa quarta feira, beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Lágrimas em poesia ... são um sucesso poético! Bj

    ResponderEliminar
  6. No doce e no amargo a poesia vive em ti, não se aprende!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Se tu soubesses escrever,
    encantavas o nosso dia,
    Mas aqui aprendemos a sentir e a viver,
    haverá maior alegria?

    Não, não existe.. esta magia e fantasia das palavras nem todos a conseguem atingir, portanto, querida Cidália, escreves e escreves muito, muito bem!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Olá, estimada Cidália!

    Mto agradeço a sua visita e comentário, que tudo disse.

    Este seu poema está totalmente conseguido e o "Quem me dera" não faz "sentido", pke a Cidália sabe mesmo escrever. Evidente que há poemas, mais apelativos que outros, mas este coube MUITO BEM E COMPLETAMENTE no Dia que, ontem, se festejou.

    Beijos e continuação de boa semana.

    ResponderEliminar
  9. Cidália suas poesias nos encantam,e em cada palavra você deixa o sentimento profundo que sai de sua alma.
    Lindo o que li.
    Bjs e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  10. Se a Cidália não sabe, mais ninguém sabe.

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde

    Saber escrever é um dom carregado de emoções as vezes boas as vezes não tão boas.
    Se vc que escreve tão bem acha que não sabe, imagina eu rs...

    bjokas com carinho =)

    ResponderEliminar
  12. Mais um lindo poema, e com toda a certeza que sabe escrever e muito bem! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  13. E saem muito bem, minha amiga.
    A veia que em cada um de nós se esconde, traduz no sentimento e no anseio de cada indivíduo.
    Por isso mesmo, amiga, nos deixaste este belo e sentido poema, pelo qual, deixo o meu agradecimento.
    Beijinhos e Feliz continuação !!!!!

    ResponderEliminar
  14. Poesia encantadora arrasou como sempre, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  15. OI Cidália
    Você é uma excelente poetisa.
    Ame-se para que possamos amá-la também
    Beijos no coração
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  16. Quem me dera estar perto do Vida, nesse momento, que está no Canadá
    OHH, Saudades,. Como sempre excelente poesia, Bjs

    ResponderEliminar
  17. Você sabe escrever muito bem. Parabéns pelo belo poema. Um feliz dia

    ResponderEliminar
  18. Escreves, e escreves tão bem! :)
    Um bom dia para ti!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Lembro-me do poema de Fernando Pessoa: O poeta é um fingidor...finge tão completamente...chega a fingir que é dor...a dor que deveras sente! Mas de facto, muitas vezes a poesia é um "muro de lamentações. O poeta escreve para soltar a dor da sua alma e as palavras e emoções carregam o seu peso.
    Este poema é poderoso e carregado de emoções fortes. Começas por dizer que não sabes escrever, mas até na filosofia Sócrates dizia "Só sei que nada sei" e partiu para um vasto conhecimento.
    As tuas poesias são maravilhosas e bem construídas, tens subido degrau a degrau e já tens notoriedade. Continua assim!
    Um abraço grande

    Tu

    ResponderEliminar
  20. A Cidália dá vida às palavras e em cada poema expressa tão bem os sentimentos que é impossível ficar indiferente e não sentir o que escreveu. Para mim, isso é mais do que saber escrever, é um dom.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  21. poema bem rimado, com nuances de uma imensa nostalgia.
    bom fim de semana.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  22. Partículas da amor em forma de poesia é o que sempre nos oferece, muito obrigado minha amiga.
    Simplesmente maravilhoso.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  23. E a Cidália sabe como ninguém... escrever lindas e tocantes linhas de poesia...
    Adorei o poema, com um fluir encantador das palavras, tão leve, quanto profundo...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar