quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Tropeços em desamor


Um livro cheio de tudo, e de nada
Cheio de vidas duras entorpecidas
Memórias duma alma apaixonada
Mas que ficam de tudo esquecidas
*
Prosas com virgulas e pontos finais
Sentimento, duma saudade que dói
E na escrita das prosas tão radicais
Ficam sonhos que a mente constrói
*
Voam as folhas, levando o carinho
Deixando-me esta sensação de dor
Mas olho o livro revejo o caminho
Da vida, nos tropeços, do desamor
****
Cidália Ferreira.

41 comentários:

  1. Cidalia,
    Viver é sempre essa soma
    de um pouco disso
    com mais um pouco daquilo
    e muita poesia para dar
    o tom.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  2. Lindo e cheio de sentimentos esse poema!beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  3. Lendo e interiorizando tão ilustre beleza poética
    Bjo

    ResponderEliminar
  4. A vida é feita de amores e desamor...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália
    Uma das mais lindas poesias que li aqui.
    A vida tem seu percalços
    Beijos Lua Singular

    ResponderEliminar
  6. Até para falar desses tropeços da vida pode ser com beleza. Beijinhos

    ResponderEliminar

  7. COMENTÁRIO

    ATENTA SUA PACIÊNCIA
    QUADRA TAMBÉM A VOU ESCREVER
    PARA ELEVAR A DILIGÊNCIA
    DE QUEM POESIA SABE FAZER

    ESTA É CIDÁLIA FERREIRA
    COM UM APELIDO IGUAL AO MEU
    NÃO É ÚLTIMA MAS A PRIMEIRA
    POETISA QUE NOME MERECEU

    VENHA LÁ TODA ESSA GRAFIA
    PONTUAÇÃO ATÉ PONTO FINAL
    ESSE LIVRO EM QUE SE CONFIA
    DESEJO FAZER OUTRO DIVINAL

    LEYRENO, 15/01/2019

    ResponderEliminar
  8. Olá, Cidália!
    Parabéns pelo seu belo poema. Gostei muito.
    Uma ótima semana, com muita paz.
    Beijo.
    Pedrro

    ResponderEliminar
  9. Os desamores são como pedras no nosso caminho, em que tropeçamos a cada passo!!
    Lindo poema, Cidália.
    Parabéns!!

    Beijo, bom resto de semna.

    ResponderEliminar
  10. Tropeçar não é relevante, quando nos erguemos de seguida.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Uma boa noite p vc, Cidália...
    A vida com os seus desafios e vivências, que trazem poemas bonitos como este que acabo de ler...
    Abç

    ResponderEliminar
  12. Amores e desamores todos tivemos.
    E com eles crescemos enquanto pessoas.
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Bom dia, na vida vamos saboreado aquilo que gostamos e não gostamos, o poema é lindo.
    AG

    ResponderEliminar
  14. E os tropeços da vida são tantos...
    Bonito poema.




    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  15. Bonito poema :))
    Hoje :- Sorriso camuflado

    Bjos
    Votos de uma óptima Quarta - Feira.

    ResponderEliminar
  16. Querida Cidália
    A vida é assim:momentos de intensa felicidade e outros...vazios!
    Belo, muito belo o seu poema!
    Muito obrigada por todo o carinho dispensado no decorrer de 2018.
    Votos de um 2019 com tudo o quanto deseja e merece.
    Muitos beijinhos
    Beatriz

    ResponderEliminar
  17. Vida boa sem tropeçar,
    com sincero amor vivida
    quem o sente sabe amar
    da felicidade não duvida!

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Cidália Ferreira.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. Linda poesia, meus parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Na nossa vida sempre vão haver tropeços, bela poesia Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  20. Deixe que as folhas voem...
    Novas podem chegar!
    Um abraço carinhoso

    ResponderEliminar
  21. Oi Cidália,
    A natureza é bela tal os seus sentimento por ela.
    Uma poesia que mexe com a esperança.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  22. Que poema lindíssimo :) adorei :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. A vida é assim, feita de tropeços, mas o que importa é conseguirmo-nos levantar e prosseguir.
    Lindo poema!

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  24. Um poema lindíssimo Cidália
    Gostei muito :)
    Obrigada pelo teu carinho <3

    Um Oceano entre nós - FINAL

    Beijinho

    ResponderEliminar
  25. Belo poema.
    Parabéns pelo talento que as tuas palavras revelam.
    Cidália, bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  26. Parabéns pelo poema, Cidália!! É lindíssimo.
    Você já lançou algum livro de poesia?

    Um beijo,
    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  27. Mais um belo poema que gostei de ler.
    Bjs

    ResponderEliminar
  28. Sempre acredite! Alguma coisa maravilhosa pode acontecer. Beijo enorme!

    ResponderEliminar
  29. Mais um de seus lindíssimos poemas, Cidália.
    Um carinhoso abraço.
    Verena.

    ResponderEliminar
  30. A nostalgia de um grande amor.
    Trovas de encantar... (quase em decassílabos...)
    Abraços, poetisa.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  31. Cidália!
    O desamor traz realmente a angústia e a perda...
    Melancólico.
    Final de semana abençoado!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar
  32. Excelente!!!
    Poema fabulosamente escrito e como sempre uma imagem em perfeita sintonia.

    Beijinhos amiga!

    ResponderEliminar
  33. Desamores... que são sempre uma fonte de inesgotável inspiração poética!... Mais um poema notável, Cidália! Gostei imenso!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘