terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Refúgio da minha faceta

Imagem relacionada
Quero, escrever o poema sem imagem
Mas os versos não me saem da mente
Não sei, se do medo, ou se é coragem
Ou se é um receio meu simplesmente
*
Quero escrever sem lápis nem caneta
Apenas os dedos entrelaçados e ágeis
Rabiscam no refúgio da minha faceta
As minhas expressões, as mais frágeis
*
Saber que lêem, e em cada fragilidade
Se identificam nas frases mais serenas
Levando um pouco da minha realidade
*
Até a lágrima que desliza em meu rosto
É como as palavras frágeis mas amenas
Numa imagem que descrevo pelo gosto
****
Cidália Ferreira

35 comentários:

  1. Sempre inspirações lindas,Cidália! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. a passar por cá para conhecer mais um bonito poema.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  3. Bom dia. Poema fascinante. Muito obrigada pela partilha:))

    Hoje:- Embriagada na saudade da distancia.

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda-Feira.

    ResponderEliminar
  4. Minha Amiga Cidália, bom dia! Você escreve com a alma. Não é preciso mais nada…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  5. Simplesmente deslumbrante. Quando se deixa fluir o imaginário poético, acontecem os poemas perfeitos, como este. Bonito demais.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidália
    Você escreve até em pensamentos.
    Sua poesia é um encanto
    Caprichou
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. Lindo poema, sempre tens inspiração e aqui colocastes teu coração, falar com o coração sempre sai lindos versos!
    Amei ler, como sempre!
    Abraços apertados querida amiga Cidália!

    ResponderEliminar
  8. Mais um lindo poema para começar esta friorenta semana
    Bjs
    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - MANDALAS!!!...

    ResponderEliminar
  9. OI CIDÁLIA!
    COMO SEMPRE, SENSIBILIDADE E TALENTO EM TEUS TRABALHOS.
    ABRÇS
    https://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  10. Os poemas reflectem sentimentos, estados de alma.
    Apresentação da pessoa em verso.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Deixa que sejamos nós a imaginar ... porque cada uma destas palavras está escrita com alma...
    Lindo...
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Cidália,
    O seu pensamento e inspiração refletidos neste lindo poema!
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderEliminar
  13. E que bela faceta nos mostraste neste inspirado poema! Que nunca te falte a inspiração para partilhares connosco neste novo ano.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Em qualquer aspecto peculiar que se manifesta, o seu estro poético é encantador, Cidália. Parabéns por mais essa lindíssima criatividade. Tenha uma ótima semana e fique com meu abraço de carinho e admiração.

    ResponderEliminar
  15. vezes a folha fica em branco mas depois vem logo algo adorei bjs

    ResponderEliminar
  16. A inspiração sempre em alta.
    BOm Ano e desculpe a minha ausência.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  17. É poema sem imagem, ao qual não falta a coragem, de trazer para o papel, o sentimento dos dedos que já não guarda os segredos, de um lido coração.
    Por isso saem tão belas palavras, que nos deliciam e nos fazem voar em imagináveis sonhos....!!!
    Beijinhos e um muito lindo e Feliz Ano !!!!!

    ResponderEliminar
  18. Mais um belo poema cheio de emoções, um bom ano de 2019 🙏🏼

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  19. Poema escrito a rigor,
    o que sempre vale a pena
    as imagens têm o seu valor
    não mais do que o seu poema!

    Tenha uma boa noite amiga Cidália.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  20. Um poema lindíssimo, Cidália, onde se revela muito da sua sensibilidade e amor, pela escrita!...
    Adorei cada palavra!... Beijinhos! Continuação de uma feliz e inspirada semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  21. As vezes a poesia parece que tem vida própria e nem sempre sai como a imaginamos. Gostei muito.:)

    ResponderEliminar
  22. Em devoção à poesia...
    Belo...
    Beijinho
    ~~~~

    ResponderEliminar
  23. Poema com forte carga emocional e escrito com uma mestria ímpar!
    Sem dúvida que tens uma sensibilidade de alto nível e isso nota-se em cada emoção e palavra.

    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  24. O poema escreve o que lhe vai na alma e toca assim o coração de quem lê.
    Belíssimo soneto.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  25. Cidália!
    Quero também escrever igualzinho você. Basta sensibilidade.
    Domingão de luz e paz!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: DEP. Legal: 374 492/14 - Cidália Ferreira (Eu) 😘