terça-feira, 27 de novembro de 2018

Degraus, duma vida em movimento


Subia e descia, as escadas, sem canseira
Olhava-as com um olhar angustiante
Recordava outros tempos sem medos
Onde a vida subia e descia
E a canseira se tornava em rotina
Numa vida vivida em grandes segredos,
*
Por muito longas fossem as escadas
Por muitos degraus que subisse na vida
Jamais deixaria para trás a realidade,
Triste é observar todo este abandono
Tapadas, ervas bravias, esquinas partidas
Desgastas em vidas vividas na intensidade  
*
Adornadas, das mais belas cores de outono
Quando tudo era tão belo e natural
Não havia canseira que chegasse, porém
Quando subia e descia por alguma razão
Mesmo com a chuva e as folhas caídas
Haveria sempre alegria no meu coração,
*
E num olhar intenso, ternura na alma
Sobre as cores, que por sua gentileza
Me serenavam ontem, hoje, amanhã e sempre
Porque só assim o meu olhar acalmava,
Subia e descia, elevava o meu pensamento
Sobre os degraus duma vida em movimento.
***
Cidália Ferreira.

32 comentários:

  1. Nossa vida é assim: temos degraus a subir e a descer...E não podemos desistir...Gostei muito! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. A vida é feita de subidas e descidas. Adorei o poema.
    A musica é fantástica.

    Hoje : As palavras ternas do meu dicionário

    Bjos
    Votos de uma Segunda-Feira

    ResponderEliminar
  3. O caminho da vida faz-se subindo e descendo degraus...procurando que as descidas sejam menores que as subidas.

    Amei o poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Um pouco de alegria nesse caminhar.. linda poesia, Cidália.

    Um beijo,
    www.purestyle.com.br

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde Cidália,

    Entre subidas e descidas sem cansaço, com alegria no coração elevamos nosso ser em conhecimento e compreensão.
    Lindo poema, muito inspirador.

    Bjs

    Que esta semana que se inicia seja de paz, luz, amor e harmonia.

    ResponderEliminar
  6. Muitas vezes precisamos subir os degraus da vida para sentirmos o quanto é importante o nosso viver.
    Belíssimo poema amiga Cidália.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  7. Degrau a degrau vamos construindo a nossa vida.
    Beijinhos
    Boa semana

    ResponderEliminar
  8. A vida tem muitos degraus... Às vezes, escorregamos, porque estão gastos... Outras, conseguimos subir....
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  9. Já desci por diversas vezes muito rápido, aos dias de hoje subo um a um ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Belo poema bem escrito,
    como sempre você sabe
    disso estou convencido
    dizem que nunca é tarde
    para aprender, acredito!

    Ainda irei a tempo,
    de também aprender
    como esse pretendo
    mais poemas seus ler!

    Tenha uma boa noite amiga Cidália Ferreira.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  11. A Vida é como um carrossel ou uma escadaria, que tanto nos eleva como nos faz cair.

    Bela analogia feita poesia! :)

    Beijos e boa semana, Cidália.

    ResponderEliminar
  12. Boa noite, querida amiga Cidália!
    Há certas coisas e sentimentos que nos acalmam tremendamente. O Amor é um deles e a gente suspira com leveza de alma.
    Tenha uma noite abençoada!
    Bjm carihoso e fraterno de paz e bem

    ResponderEliminar
  13. Faz parte da vida subir e descer! Mais um belo poema. :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  14. O sobe e desce da vida leva-nos por tantos caminhos
    Lindo
    Bjs

    Kique

    Hoje em Caminhos Percorridos - Violência - Criança leva com bala...

    ResponderEliminar
  15. Momentos bons, momentos maus, subidas, descidas.
    É a vida a acontecer.
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. Que belas palavras :D

    http://www.submersaempalavras.com/

    ResponderEliminar
  17. São assim as escadas da vida. Uns dias se sobem, outros dias, se descem.
    Poema para ler e reflectir. Bonito sem dúvida.

    Bjo

    ResponderEliminar
  18. Esta foto já correu mundo, com justa razão,
    porque é belíssima.
    Aqui, foi homenageada numa poesia de notável
    encanto que, com criatividade, fez-lhe uma
    analogia com a vida.
    Dias confortáveis.
    Abraço
    ~~~

    ResponderEliminar
  19. Poetou bem, Cidália! A vida com as suas subidas, descidas, curvas..., desafios não faltam!
    Um abç

    ResponderEliminar
  20. Subidas e descidas que fazem parte da vida e que tu traduziste num belo poema.

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  21. En esta poesía nos narras la vida misma que es un subir y bajar constante.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  22. Belo poema, são essas as escadas da vida uma vez se sobem outra vez se descem
    Bjs

    ResponderEliminar
  23. A vida é ela própria uma escada.Que nós subimos e descemos durante toda a vida.
    Abraço

    ResponderEliminar
  24. Oi Cidália
    Uma linda e doce poesia
    Parabéns
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  25. Cidália!
    Degraus que temos de galgar diariamente para aprendermos a vida enfrentar.
    Lindo!
    Boa semaninha!
    “Felizes são os que ajudam os pobres, pois o Senhor Deus os ajudará quando estiverem em dificuldades.” (Bíblia)
    cheirinhos
    Rudy
    https://www.blogger.com/blogger.g?blogID=1883801522675851984#allposts/postNum=4

    ResponderEliminar
  26. Olá Cidália!

    Um bonito poema que espelha a vida neste
    movimento de subidas e descidas num ciclo
    permanente de aprendizado e a foto acompanha
    a beleza do poema.

    Uma semana feliz e na paz!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  27. Ao longo da nossa caminhada vamos subindo e descendo as escadas da vida.
    Lindo poema
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  28. Uma imagem deslumbrante, que não poderia ter melhor legenda, nas suas inspiradas palavras, Cidália!
    Adorei a analogia, entre a escada e a vida... com todas as suas etapas... degraus...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar
  29. Lindo...lindo...lindo!!!
    A escada da vida, que tanta vez tem degraus tão íngremes mas com a nossa força subimos...continuamos a subir...
    Extraordinário poema que nos leva a refletir!

    Beijinho grande

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário é o balsamo que alimenta a minha alma...Muito obrigada. Todos os poemas expostos são de minha inteira autoria, no que, apenas deverão ser partilhados com os devidos créditos da Autora: Cidália Ferreira (eu) 😘