sábado, 28 de julho de 2018

Um abraço prometido, ao luar...

Saudades sim, das noites quentes de luar
O murmurar do mar
Da brisa, da salgada maresia
Dos nossos passeios pelo areal
Saudades dos nossos momentos de magia
*
De sentir o bailado das ondas apressadas
Quando as nuvens se afastam devagarinho
E nós, num abraço prometido
Entrelaçamos nossos lábios com carinho
E ficamos, até à maré mudar de sentido
*
Será o luar o nosso maior protector
Que nos ilumina e nos transmite paz
Mesmo que ele deixe de brilhar
Nunca será por falta de amor
O meu, o que te dou e que me satisfaz
*
Saudades, de tudo o que é teu...compreende
A vida só faz sentido a teu lado
Sei que por mim não estarás enamorado
Mas na eternidade do meu ser,
Quero sim, dar-te aquele abraço estreito, ao luar.
***
Cidália Ferreira 

29 comentários:

  1. Cidália, lindo poema, adorei!
    Votos de um Iluminado fim de semana.
    Beijinhos de Luz!
    AnaMaria

    ResponderEliminar
  2. Saudades,palavra que fica eternamente em nossos corações.
    Lindo poetar Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito. Adorei a imagem:))

    Bjos
    Votos de um óptima sexta-feira

    ResponderEliminar
  4. Saudade é a certeza que vivemos momentos bons...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  5. Lua que estás tão alta,
    não te consigo tocar
    claridade não te falta
    para a terra iluminar!

    Bonito poema gostei de ler.
    Tenha um bom fim de semana amiga Cidália.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Tão bom, tão terno, tão Cidália!
    [É um elogio! :) ]
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Abraços apertados
    Lábios colados
    Sentidos em união
    Libido a ferver
    Muitas vezes sem saber
    Qual a doce razão
    ................................
    .
    * Ruínas do coração na névoa das maresias. *
    .
    Deixando um abraço

    ResponderEliminar
  8. Creio que está para chegar um luar vermelho muito bonito :)

    Bom fim de semana

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Um poema muito bonito.
    Abraço e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  10. Aplaudindo o seu lindo poema.
    Agradeço muito as suas gentis visitinhas.
    Beijinhos e o meu carinho.
    Verena e Bichinhos.

    ResponderEliminar
  11. Olá Cidália querida.
    Mais um poema fantástico¹
    Adorei o título
    essa convite fantástico.
    Ótimo fim de semana pra
    nós todos.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  12. Quero sim, dar-te aquele abraço estreito, ao luar...
    é que ABRAÇAR é muito BOM e eu gostei de ler!!!bj

    ResponderEliminar
  13. Querida Cidália! Uma bela poesia e a nossa lua tão linda e majestosa, ontem ficou com uma cor diferente, a lua de sangue.

    Seja sempre bem vinda querida Cidália! Ficaremos e esperar sua linda participação. Curta os momentos em família, boas festas. Bjuss

    ResponderEliminar
  14. Um fascínio de poema escrito em palavras saídas da alma, ilustradas pelos versos emitidos pela grandeza do seu coração.
    .
    * Toco as pétalas do malmequer num abraço de liberdade ( P. e Encantando ) *
    .
    Deixando um abraço

    ResponderEliminar
  15. Olá Cidália
    Lindo poema, a lua é magnifica, criação perfeita de Deus. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  16. Romantismo e ternura, numa encantadora conjugação, neste belo poema, Cidália!...
    Deixo um beijinho... e amanhã com mais tempo, passarei por aqui, para espreitar os ultimos posts que se me escaparam por aqui... e me despedir, antes de me ausentar por umas semanitas...
    Feliz fim de semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  17. Oi Cidália,
    Linda demais sua poesia
    Você é excelente poetisa
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  18. Como esquecer um amor, cujo luar esteve a testemunhar.Saudade vem para cordar . Um lindo poema. Obrigada pela presença e comentários lá no blog.

    ResponderEliminar
  19. Corrigindo meu comentário Cidália, "Saudade vem para recordar".Obrigada

    ResponderEliminar
  20. Cidália,
    Hoje é o dia que tirei para
    visitar os blogs que amo ler
    e para atualizar minhas ideias.
    Lindo seu poema e saudade
    é sempre algo de duas vias.
    E se desejar
    Confere esse endereço meu,
    adorarei sua visita lá, acabei de atualizar:
    https://reflexoemcoisasdemulher.blogspot.com/
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderEliminar
  21. Lindo...lindo...lindo!!!!
    Um apaixonante poema onde a saudade domina!
    Parabéns amiga, continuas a expandir a tua alma divinalmente!

    Um xi coração!

    ResponderEliminar
  22. Cidália!
    Vixe que abraço gostoso.
    Mais um lindo poema e expressivo.
    “A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/08/divulgacao-cultural-101-46-poetizando-e.html

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário são o elixir do meu coração...Muito obrigada...