segunda-feira, 16 de julho de 2018

A pureza de um abraço, era a carícia (Poetizando e Encantando)

Recordo ainda, os tempos de criança
Onde tudo era a verdadeira inocência
Sorrisos rasgados, alegria na essência
Onde existia um  futuro de esperança
.
Brincadeiras, pureza, tudo era magia
Não existia nas brincadeiras, malícia
A pureza de um abraço, era a carícia
E na partilha existia especial energia
.
Os abraços são os ternos sentimentos
A inocência, o melhor dos momentos
Em que uma criança se sente querida
.
Pudesse eu, mudar algo, neste mundo
Nem que fosse apenas um só segundo
Faria dele, um jardim, em flor sentida
***
Cidália Ferreira.

Chegámos à quadragésima quarta [44ª] edição do Poetizando e Encantando, no blogue Filosofando na Vida. Esta semana com uma tarefa muito difícil, mas, como o importante é participar. Espero que tenham gostado do que leram.


Um excelente Domingo para todos, os que por aqui passam!

45 comentários:

  1. Bons velhos tempos ;)

    Bom Domingo

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Cidália que bonitos versos sobre a infância associada aos abracinhos inocentes e carinhosos,
    muito bonito, tudo combina com a fotografia ternurenta :)
    beijinhos,
    votos de feliz domingo, com abraços à mistura !

    https://poesiesenportugais.blogspot.com/

    Angela

    ResponderEliminar
  3. Homens em coração,
    foram crianças também
    não lhe roubem o pão
    a que elas direito tem!

    Muito bonito, gostei de ter lido. Bom domingo cara amiga poetisa Cidália Ferreira.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, querida amiga Cidália!
    Sorrisos rasgados...
    Abraços apertados...
    A inocência e a pureza da crianca que fazem toda a diferença no viver...
    A gente pode sim transformar o mundo num jardim... basta sermos flores e a todos perfumarmos como você faz com seus poemas delicados.
    Tenha dias felizes e abençoados!
    Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem

    ResponderEliminar
  5. Bom dia, Cidália.
    A sua participação está pura ternura.
    Parabéns!
    Beijinhos mil.
    Verena e Bichinhos.

    ResponderEliminar
  6. Que poema tão ternurento amiga. Adorei.
    Abraço e bom domingo

    ResponderEliminar
  7. Lindo Cidália!
    Como é bom dar um abraço e você assim o fez em palavras ternas e delicadas.
    Bjs e um feliz domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Doces lembranças que cabem no abraço dessa bela participação.

    Um abração e uma semana com tudo de bom.

    ResponderEliminar
  9. Bom dia Cidália!
    Que beleza de memórias, tempo que a infância era vivida sem molestações. Memóraveis versos, linda inspiração!

    Bom e abençoado domingo!

    bjss!

    ResponderEliminar
  10. Querida Cidália! Sei que o desafio dessa semana, embora terno, está um pouco difícil. mas par uma grande poetisa como você de uma alma nobre e poética, poetizou e encantou lindamente! o abraço tem esse poder, essa força e é tudo que descreveu lindamente! Obrigada querida por mais uma vez participar com tanto carinho e competência. Seja sempre bem vinda! Abraços! Abraços!

    ResponderEliminar
  11. Boa tarde cidália! Lindo poema. O abraço é a forma sincera de expressarmos sentimento de carinho, solidariedade e amor sem esperarmos nada em troca.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  12. E há lá carícia mais pura e bela do que a recordação de infância, e um doce abraço? Só se for o seu lindo poema, Cidália...:)

    Beijinho e boa semana.

    ResponderEliminar
  13. Uma carícia tão eletrizante neste chamego tão gostoso que é o abraço
    Uma recordação doce e terna, uma carícia em forma de tesouro que é o enlaçar dos braços para tocar o coração
    Um poema deslumbrante, querida Cidália
    Beijos e uma feliz semana

    ResponderEliminar
  14. Como é bom recordar os tempos de criança...
    Essa viagem no tempo, nos faz muito bem.
    Adorável participação Cidália :)
    Beijos!

    ResponderEliminar
  15. Tão bons os tempos de infância! :) Lindo poema. Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  16. Adorei a ternurenta imagem, um abracinho tão puro.
    Um belíssimo e deslumbrante poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  17. A criança que fomos, nos norteia na vida adulta...é preciso manter a nossa criança interior...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  18. Querida Cidália, que linda e terna poesia! permita-me destacar seu ultimo verso de dizer-lhe, se eu tivesse esse poder também mudarei e transfonaria o mundo num jardim.

    Pudesse eu, mudar algo, neste mundo
    Nem que fosse apenas um só segundo
    Faria dele, um jardim, em flor sentida.

    Parabéns pela majestosa participação. Recebe o meu abarço.

    ResponderEliminar
  19. Um abraço faz tão bem um abraço é muito importante, belíssima poesia parabéns pela sua participação, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  20. Bonita participação
    Todos nos continuamos a ser criança
    Bjs

    Hoje em Caminhos Percorridos - Mostrando as pernas e os peitos...

    ResponderEliminar
  21. Olá ! Bela participação ! Muita ternura no seu poema . Belas recordações da infância . Abraços .

    ResponderEliminar
  22. Oi Cidália,
    Maravilhosa poesia.
    A melhor fase da nossa vida: a inocência, brincadeiras.
    Hoje são poucas crianças que têm o privilégio de ter uma vida no campo, sutil, de pés descalços correndo no meio da relva, vivem enjauladas dentro de apartamentos como bonecos de fantoches.
    Eu tive uma vida boa, mas minha mãe nunca me deixou andar descalça. Hoje ando descalça só dentro de casa.
    Cada dia que passa escreve com mais sentimento e isso é muito bom.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  23. Chegou a comover-me o seu poema, pela ternura, pela inocência, pela magia… Uma boa semana, Cidália.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  24. Um poema pleno de poesia, expressando a essência e pureza da infância, na qual tudo era sentimento, magia e felicidade, amei!
    Beijos carinhosos!

    ResponderEliminar
  25. No abraço o encontro de corações e toda vazão de sentimentos belos.
    Uma bonita inspiração numa perfeita e bela construção poética.
    Abraços

    ResponderEliminar
  26. que bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  27. Cidália!
    Que soneto lindo, carregado de amor e afeto.
    Meu abraço, preces e gratidão por seu lindo poema.
    Desejo uma semaninha de luz e paz!
    “É o coração que sente Deus e não a razão.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/2018/07/divulgacao-cultural-92-44-poetizando-e.html

    ResponderEliminar
  28. Hoje é só para dizer que já estou de volta.
    Amanhã já haverá comentários.

    ResponderEliminar
  29. Mais um poema lindo! Parabéns!

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  30. Uma participação excelente e estas duas frases dizem tudo:
    "Os abraços são os ternos sentimentos
    A inocência, o melhor dos momentos"...
    ...
    adoro o som!!!bj

    ResponderEliminar
  31. Que linda participação.
    Boa continuação de semana.

    ResponderEliminar
  32. Muito linda esta poesia.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  33. OI CIDÁLIA!
    MUITO LINDO!
    UM DESEJO TÃO PURO COMO O SÃO TUAS PALAVRAS NESTE BELO POEMA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  34. Gostei muito, nada como a ternura de uma boa infância :)

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  35. Uma poesia tocante e muito expressiva.
    Foi uma bela participação,
    Beijos, estimada Cidália.
    ~~~~

    ResponderEliminar
  36. Boa tarde amiga!
    Chegando com mais um convite do Poetizando e Encantando.
    Que nossos olhos
    se encante com as coisas raras e simples
    para que possamos perceber as inúmeras delicadezas
    que Deus nos concede a cada dia.
    Nós nunca estamos longe
    quando estamos
    no coração de alguém.
    Ter a amizade de alguém é algo precioso, hoje, dia 20 de julho, dia da amizade. Não poderia deixar passar despercebido esta data. A nossa BC tem como objetivo, fortalecer a interação entre amigos, então, vamos seguir poetizando e através de nossas poesias, fortalecer laços de amizade nessa blogsfera, nesse mundo virtual, que é tão real quanto nossos corações a pulsar.

    Amanhã logo cedo publicarei a 25 Edição do Poetizando e Encantando, que vem com uma variedade de imagens bem sugestivas. Abraços com carinho da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  37. Terno e lindo soneto.
    Maravilhosa participação.
    Beijinhos
    Maria
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  38. Um comovente e ternurento trabalho, Cidália!
    Adorei cada palavra!... Fez-me voltar atrás no tempo...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar