segunda-feira, 26 de março de 2018

Embriaguei-me num desejo aromado

Foto de Cidália Ferreira.
Embriaguei-me num desejo aromado
Ao crepúsculo
Naquele mar de emoções
Águas calmas, céu cor de fogo
O meu rosto sentindo a brisa
E num sorriso de satisfação
Abria, as portas ao meu coração
*
Uma mesa imaginária, recatada
Um livro, tantas histórias passadas
Segredos contados, vividos
Páginas desfolhadas
Ao som sussurrante do mar
Que tende acalmar
Num momento único de leitura
*
Saboreio um café oferecido
Ilusório apetecido
E na doçura do seu sabor
Olho, o por do sol que esconde
Momentos líricos de aventura
Onde me embriago do teu amor
Na leitura dum livro, quase esquecido.
***
Cidália Ferreira  

35 comentários:

  1. Que lindo minha amiga, a imagem inspiradora me fez lembrar do meu tempo de estudante, quando uma das professoras nos mostrava paisagens para criarmos redações para desenvolver a aptidão de escrever, valeu, tanto que nunca mais deixei de escrever, virou um maravilhosos vício, tanto quanto o de ler, aqui eu o digo, amor te ler!
    Abraços apertados e parabéns por mais essa linda criatividade poética!

    ResponderEliminar
  2. Soneto e imagem em perfeita sintonia, num belo bailado de palavras e flores primaveris. Uma beleza que nos deslumbra a alma.
    สล็อต ออนไลน์
    Gclub

    ResponderEliminar
  3. E eu embriaguei-me nas suas palavras.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  4. Mais um bonito poema. Aproveito para desejar uma ótima semana!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  5. A leitura de um livro leva-nos a tantos lugares que nos embriagam...
    Um excelente poema, Cidália!
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. E que belo estado de embriaguez, que venham muitos assim!
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Uma embriaguez bem desejada e aceitável quando se trata de bem "poetizar"!!!bj

    ResponderEliminar
  8. Confesso que também gosto de me embriagar assim, poeticamente falando.
    .
    * . São os teus olhos, faróis de amor *
    .
    Desejando um feliz início de semana.
    Abraço

    ResponderEliminar
  9. A poesia é uma linda forma de arte, adorei :) beijinhos, boa semana

    ResponderEliminar
  10. Um poema descritivo que nos reporta a intensas belezas naturais e a um grande amor...
    Muito belo.
    Beijo
    ~~~

    ResponderEliminar
  11. Belíssimo soneto com palavras de uma embriaguez profunda ao amor.
    Bjs amiga Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidália
    Uma das melhores poesia que li adqui
    Amei!!
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  13. Excelente soneto que nos leva à "embriaguez" que só quem ama ou amou conhece.

    Parabéns!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. O crepúsculo tem essa magia de fazer com que venho ao de cima memórias que embriagam traduzidos em mais um belo poema.

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  15. Espero que muita gente possa ler sua poesia!

    Maria Luísa

    "os7degraus"

    ResponderEliminar
  16. Adorei este estado de embriaguez Cidália! É lindo demais.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Se eu tivesse que aromatizar os meus desejos, todos eles teriam o aroma de café.
    Mais um bonito pensamento poético, Cidália.
    Belo!!

    Beijinhos, boa semana.

    ResponderEliminar
  18. Um poema que dá gosto ler! :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  19. Excelente poema Cidália
    Bjs
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. Olá Cidália,
    Doce e encantador devaneio...
    Poesia maravilhosa e imagem inspiradora!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  21. Olá Cidália
    Lindo poema, bjs querida.

    ResponderEliminar
  22. Bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  23. Amiga,
    Quanto mais te leio, mas me encanto pelo teu jeito de poetizar,
    pela poesia que tua alma deixa transparecer.
    Parabéns! Abraços, tenha uma bela noite e um amanhecer feliz.

    ResponderEliminar
  24. Um por do sol, um livro e doces memórias embriagam realmente os nossos sentidos.
    Lindo poema
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  25. Um magnifico entardecer... sentindo a brisa do mar, a sua força e inspiração... em cada uma das suas palavras, Cidália!...
    Belíssimo momento poético! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  26. Maravilhoso! Não só nos sentimos embriagados com a beleza poética como sentimos a brisa aromática dum café apetitoso!

    Adorei amiga....muito bem elaborado e com nota 10!

    Beijinho

    ResponderEliminar