sábado, 18 de junho de 2016

Sinto o arrepio na pele, é teu toque

Sinto o arrepio na pele, é teu toque
Suave, como o aveludado da flor
Sinto teu sopro, qual mensagem
Onde a ti me entrego, por amor,
Este meu corpo que te deseja 
Onde a dedicação seria total,
E numa simples imaginação
Corpos nus, colados de emoção
E farias-mos do momento, fatal,
.
Encosto a flor que me ofertaste
Qual pensamento do carinho
Entrego ao meu corpo onde deixaste
A suavidade do teu perfume
Porque és a pétala no meu caminho,
.
Em meu corpo nu, de preconceito
Onde as cicatrizes são a imagem,
Não me renego ao teu encontro
Sob o imaginário de um beijo
Onde o sonho é uma passagem
E o meu corpo reage ao teu jeito,
Serás sempre o meu momento
Noite e dia, num desencontro
Que provoca arrepio na minha pele
Deixando o perfume do envolvimento.
***
Cidália Ferreira.

30 comentários:

  1. Boa Tarde, querida Cidália!
    Nus de preconceitos... bonito isso demais!
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  2. Sinceramente... visualizei toda a cena. Lindo, viu? Parabéns. Beijos.

    ResponderEliminar
  3. Oi Cidália,
    O amor é a junção de pele com pele
    Adorei a poesia
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  4. Minha querida poeta.... cada vez que postas um poema desses, erótico de altíssimo nível...eu fico impressionado pela tua versatilidade... pelo talento que emana de tuas mãos...
    O leitor pode ver o toque e a emoção crescente ao culminar com o envolvimento dos amantes...
    LINDO!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Lindo e sensual Cidália!
    Amei.
    Bjs e um lindo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Um poema intenso, quente e sensual, gostei deveras deste ser registo amiga Cidália.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  7. Humm belíssimo e sensual.
    Parabéns

    Beijinho e boas postagens.

    ResponderEliminar
  8. Magnífico, sensual e intenso poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. Intenso e lindo sentir! Obrigadão pelo carinho lá, bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  10. Maravilhoso e super quente amei
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  11. Que lindo, amor e sensualidade, tens um lindo dom de escrever poemas de amor, portanto és mesmo uma poetisa cronista do coração!
    Abraços bem apertados!

    ResponderEliminar
  12. Há toques que produzem esse efeito.
    Bem escrito, Cidália.
    Bjs, bom domingo.

    ResponderEliminar
  13. É o desejo reproduzido em poesia.. muito lindo.
    Que a semana que se inicia lhe reserve muitas alegrias.

    Beijos

    https://odiariodaescrava.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde minha amiga!
    Puxa, tu esmeraste-te num bonito e sensual poema. Adorei, quase que me atrevia a dizer que, é a primeira vez que entro e não encontro um poema triste.Parabéns Gostei muito deste teu resisto. Continua.

    Beijinhos para ti e para os teus.

    ResponderEliminar
  15. Achei super inspirador esse poema, super sencual
    beijos!
    www.garotadelicada.com.br

    ResponderEliminar
  16. Lindo e maravilhoso o poema. Pele com pele normalmente faz...calor, ikikikiikik
    .
    Beijinho sedutor.

    ResponderEliminar
  17. a passar por cá para desejar uma ótima semana!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  18. Como é bom sentir o arrepio na pele.
    Um belo poema minha amiga.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  19. A sensualidade à flor da pele, e no arrepio da pele, Cidália.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  20. Cidália um poema sensual,lindo, que dar arrepio na pele, Cidália bjs.

    ResponderEliminar
  21. um poema com a sensualidade à flor da pele
    um pouco diferente dos que já li por aqui
    boa semana.
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  22. Um poema maravilhoso. Adorei este seu poema,
    querida amiga.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  23. Mais um poema ardente, lindo, no meu blogue o poema não foi escrito
    por mim, mas pelo meu marido Luis, bjs

    ResponderEliminar
  24. O amor sem dedicação realmente não resite muito tempo;
    O toque de quem se quer bem produzem todos esses efeitos;
    Belo poema.
    Boa continuação de semana.

    ResponderEliminar
  25. UAUUUUU! Arrasaste Cidália! Um poema duma sensualidade estonteante! Sempre te disse que tens uma veia sensual e tens que a explorar com maior assiduidade! ADOREI e a imagem é arrepiante tal como toda e emoção e aura sensual.
    Um abraço e feliz semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Amiga
      As tuas palavras são um bálsamo de força para o meu coração. Muito obrigada pelo teu elogio.
      É sempre com um certo receio que faço poemas assim, nem todos entendem, apesar de, não ter razão de queixa de quem me comenta aqui. No Face, tenho muito receio. Mas até gosto de escrever mais ousado quando estou bem disposta.

      Um beijinho muito grande.

      Eliminar
  26. A sensualidade não é ousadia, é algo natural que nasce connosco e connosco morre! Adoro a sensualidade aliada á subtileza e os teus poemas são maravilhosos e duma subtileza divina. Deves continuar porque o mundo poético é abrangentee os temas devem ser sempre inspiradores. Um beijinho grande e desafio-te....continua!

    ResponderEliminar