terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Espreitava a lua, em silêncio

Espreitava a lua, em silêncio
Enquanto alguém dormia
Escutava as estrelas, baixinho
Com meu coração sorrindo,
Sussurrava-me o que via
E me deixava nos olhos
Lágrimas de pura alegria
Por sentir-te feliz dormindo
Tua ternura parecia magia,
Em noite calma de lua cheia
Onde estrelas não perdem o brilho,
.
São estes momentos precisos
E as reflexões que me ensinam
Na calma escuridão da noite
Onde emoções se libertam,
Sobre ventos já afastados
Olho a lua e serenamente
Abro as orlas do meu coração
Que no silenciar das palavras
Fico até ao entardecer
Observando-te com emoção
Olhando a lua no meu silêncio.
***
Cidália Ferreira 

23 comentários:

  1. A lua encanta e inspira sempre! Linda! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Lindo e mágico poema dominado pela magia do luar! Sente-se a ternura em cada verso deixando-nos encantados. Como sempre, tens inspirações maravilhosas Cidália. Desejo te um dia quentinho e muito feliz

    ResponderEliminar
  3. Lua,a musa dos poetas sempre nos inspira em versos maravilhosos.
    E hoje ela chegou até você nesse lindo poetar.
    Bjs amiga Cidália e uma ótima terça-feira.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Marco Aurélio - Brasil16 de fevereiro de 2016 às 12:03

    Amiga Cidália... peço desculpas por não ter deixado meus comentários. Mas nunca deixo de vir aqui e espiar teus poemas...
    A Lua (musa dos poetas!) conversa com aqueles que tem o romantismo e a inspiração nas veias...
    A Lua é tua amiga... tua inspiradora e amiga que sabe respeitar o teu silêncio.
    Umm beijo do amigo e admirador.

    ResponderEliminar
  5. A lua é sempre fonte de grande inspiração, principalmente para quem tem o dom de fazer versos, estes, muito lindos.
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Quero que saibas que venho com alguma regularidade espreitar os teus belos poemas.
    Continua porque não só fazes bem a ti, como aos teus admiradores.

    BEIJO muito grande para ti e abraço ao bigodes lá de casa.

    ResponderEliminar
  7. Mais um fantástico poema...tens inspiração para dar e vender. Admiro a forma brilhante como brincas com as palavras!
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  8. Que as reflexões a ensinem sempre , CI

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. A lua, grande companheira, e fonte de reflexão e inspiração!
    Lindo poema Cidália!Ótima inspiração.
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  10. Lindos versos, a lua, o mar, o vento, o astro rei Sol, sempre nos dão belas inspirações e aqui as tem!
    Amei ler amiga Cidália!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  11. Olá Cidália
    Lindo poema. A lua encanta a vida. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  12. Eis mais um belo poema, cara amiga Cidália, com a tua característica peculiar: exaltação da paixão, do amor e da natureza.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  13. Um belo poema ao ritmo da emoção e iluminado pela lua.
    xx

    ResponderEliminar
  14. A lua sempre nos traz inspiração
    Bejos e parabéns

    ResponderEliminar
  15. A lua sempre foi e será, fonte inspiradora dos poetas.
    Lindo!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  16. Lua, a terna inspiração dos poetas e confidente de quem ama.

    Magnífico poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  17. Oi Cidalia
    A lua sempre inspira os poetas e a sua poesia ficou linda.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  18. Poema lindo! e a foto também!
    beijinhos
    http://the3oclock.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  19. Adoro admirar a lua e sua beleza fascinante e misteriosa.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  20. Oi Cidália
    Obrigada pela força
    Beijos
    Minicontista

    ResponderEliminar
  21. Finalmente descobri de onde vem toda essa fonte de inspiração...
    Lindo, este poema!

    Beijinho e um bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  22. Finalmente descobri de onde vem toda essa fonte de inspiração...
    Lindo, este poema!

    Beijinho e um bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar