sábado, 28 de março de 2015

As arrefecidas noites por onde vagueio


As arrefecidas noites por onde vagueio
Sobre mar calmo dançam sentimentos
São o bálsamo que cura  meu devaneio
Porque te tenho nos meus pensamentos

Aragens proibidas em corações sensíveis
Pelos areais gelados em noite que chega
Quando sol que se afasta dos impossíveis
Nos faz esperar por quem nos aconchega

Nas arrefecidas noites onde sinto o vazio
No meu coração  tu existes, mas tão frio
Como se tivesses adormecido  ao relento

Vagueio na madrugada dos meus desejos
Vejo balançar das águas, os meus ansejos
De mergulhar contigo por mar turbulento
***
Cidália Ferreira

19 comentários:

  1. Lindo modo de vagar pelas noites em poesia inspirada e bela como sempre! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Que máximo amei a poesia a sua alma vagueando pelo bons pensamnetos
    Curta e siga o meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=3xZdo8xMv34

    ResponderEliminar
  3. Oi Cidália
    Que bela inspiração
    Linda poesia
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Oi Cidalia
    Lindos sao os caminhos do amor.
    Linda poesia.
    BJks e lindo findi semana

    ResponderEliminar
  5. É tão bom ler seus versos de amor, Cidália...
    Beijo e Paz!

    ResponderEliminar
  6. Sempre belas tuas inspirações amiga!
    Beijos e um ótimo dia!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  7. "" De mergulhar contigo por mar turbulento ""

    Final delicioso num poema encantador.
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Um lindo soneto que revela uma alma saudosa e triste.
    Desejo-lhe um óptimo fim de semana
    beijinho com carinho

    ResponderEliminar
  9. A nostalgia vive neste soneto de amor... mas o sonho, a esperança também vivem
    " mergulhar contigo por mar turbulento"!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Cidália parabéns por tão linda inspiração.
    Adorei a poesia.
    bjs amiga e um ótimo domingo.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  11. Sempre inspirada, Cidália!....Mas olha que as noites um dia vão começar a aquecer!...;-)
    Gostei muito!
    xx

    ResponderEliminar
  12. Adorei o poema feita de uma inspiração só ao alcance de grandes almas poéticas,

    ResponderEliminar
  13. Belo soneto amiga!
    Linda Inspiração...

    Beijos!

    ResponderEliminar
  14. Olá Cidália,

    Já não te visitava fazia tempo...Estive fora. Mas as amigas não esquecemos. E tu sempre com a tua inspiração em alta. Parabéns, adorei este poema.

    Parabéns também pelos visitantes do blogue, este pertenceria ao de baixo.
    Amiga, continuação de muito sucesso.
    Beijinhos e tudo de bom para ti e todos os teus ;-)

    ResponderEliminar
  15. Marco Aurélio - Brasil28 de março de 2015 às 23:06

    Cidália..... vagueias com teu amor no pensamento.... isso é fazer com que a alma passeie pelas asas do amor....
    Delícia de poema..........

    ResponderEliminar
  16. A poesia é um bálsamo para tua alma...um elixir para a tua vida! Este poema está divino...inspirado quando teu pensamento vagueava numa noite fria...adorei Cidália...continua a enriquecer este cantinho poético com tanta emoção...um feliz domingo e beijinho

    ResponderEliminar
  17. Olá Cidália
    Lindo poema. Desejo um belo domingo. Bjs amada.

    ResponderEliminar
  18. Belo poema, Cidalia. Destacaria essa parte:

    "Vagueio na madrugada dos meus desejos
    Vejo balançar das águas, os meus ansejos
    De mergulhar contigo por mar turbulento."

    Beijos!

    ResponderEliminar