quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Fechaste-me a porta do teu coração


Fechaste-me a porta do teu coração 
Tanto, e nada...no meu ficou 
Ficam lembranças que não foram em vão 
Que guardo num canto que se danificou,
.

Contei ás estrelas o que sinto por ti 
Fiquei ao relento desfolhando lembranças 
Com o desejo de te ter aqui 
Onde apenas restam esperanças. 
.

Nesta escuridão  fiquei sufocada 
Atrás desta máscara de um rosto perdido
Choro sozinha, desgosto, magoada 
Simplesmente pela vida me ter traído!

***
Cidália Ferreira

15 comentários:

  1. Triste,mas muito linda poesia! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  2. Poema deslumbrante da traição da vida...um sufoco amargurado recordando o que a vida levou...muito intenso Cidália...tuas palavras emocionam e de que forma...a esperança nunca se perde e é ela que nos faz olhar para a luzinha ao fundo do túnel e nos dá força para tentar alcançá-la...um grande abraço e um dia feliz

    ResponderEliminar
  3. Muito triste poetar,mas repleto de verdades saídas de um coração amargurado.
    bjs amiga Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Não acredito nada que essa porta esteja fechada, mas apenas encostada.
    xx

    ResponderEliminar
  5. Vamos abrindo essa porta pq o melhor está por vir \o/

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  6. Nada se fecha, nada se abre, tudo se conquista.
    Gostei do trabalho, Cidália.
    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Sentimentos revoltos em porta semi-fechada. Não haverá uma janela aberta?
    Poema triste mas a transbordar de sentimento
    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Que lindo poetar amiga Cidália, nossa, é mesmo assim, quando sentimos o medo de estarmos sós sem o amor de nossas vidas é triste demais, mas a vida dá voltas e o amor pode voltar, tomara!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  9. Tão triste.. mas é lindo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. É lindo porém, muito triste, até arrepia
    bjus

    ResponderEliminar
  11. amei o post lindo demais...
    Linda vim conhecer seu blog, amei e já estou seguindo.
    Vim também te convidar para divulgar seu blog lá na meu blog.
    Fiz uma pagina bem legar.
    OBS: Esses blogs também estará participando automaticamente dos sorteios do blog.
    Divulgue aqui

    Brog Dieiny Josiane
    FanPage Dieiny Josiane
    Sorteio

    ResponderEliminar
  12. Oh minha amiga... Mas o que é isto? é apenas um poema?? espero que seja, é lindo mas muito triste.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Cidália amiga, lindo o poema, triste como sempre, beijo amiga

    ResponderEliminar
  14. Olha rapariga, andas a precisar de espairecer essa cabeça ... gostei claro, mas é tão triste!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália
    Nada de fechar a porta. Olhe ao redor sempre há uma janela aberta. E é por ela que a alegria virá novamente habitar este melancólico coração
    Beijos minha amiga

    ResponderEliminar