terça-feira, 11 de novembro de 2014

S. Martinho, para os meus meninos.

 ...*...
Neste dia de São Martinho 
Vamos todos festejar 
Comer castanhas devagarinho 
Para ninguém se engasgar 
 .

Se a fogueira se acender  
É porque o sol  nos brindou 
Todos junto vamos viver 
Tradições que alguém deixou 
 .

Formamos a roda com alegria 
Lembramos o que já vivemos 
Celebramos mais um dia 
Das tradições que aprendemos 
 .

Faça sol, ou faça chuva 
As castanhas vamos assar 
Seja no forno ou na caruma 
É mais um dia para comemorar.

***
Cidália Ferreira

23 comentários:

  1. É mesmo! Faça sol ou faça chuva, haja castanhinhas.

    ResponderEliminar
  2. Que lindo! Bons festejos por aí! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Que lindo, boas festanças minha amiga, castanhas, são uma delícia, aqui no Brasil pagamos caro por elas, rs, as castanhas portuguesas das festas de fim de ano!
    Bom dia de São Martinho!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  4. Bonito poema ao S. Martinho. Venham as castanhas e a jeropiga
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Viva a festa amiga Cidália,o que significa comemorar o dia de São Martinho,seria como o natal,com muitas castanhas portuguesas?
    bjs amiga,divirta-se.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. A tradição já não é o que era... a bela fogueira e todos à sua volta...mas o espírito do S. Martinho ainda persiste nalgumas terras mais remotas...bonito poema Cidália, onde não falta o protagonismo das castanhinhas mas falta o da água pé...um beijinho grande e bom S. Martinho

    ResponderEliminar
  7. Cidália...
    Me surpreendes sempre... um poema louvando a tradição.... isso prova a integridade da poeta....
    Doce... quanto às castanhas, me ofereço para comê-las...

    ResponderEliminar
  8. Aposto que foi boa a festa com os teus meninos, e que lindos versos!
    Gostei muito!
    xx

    ResponderEliminar
  9. Para este dia poema é encantador dia, adorei.

    Beijinho, amiga.

    ResponderEliminar
  10. Poema muito bonito, bem alusivo ao dia.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  11. Ora para o dia de hoje, não podia ser melhor. Adorei.
    Os meninos certamente que gostaram!!
    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Aqui no Brasil herdamos muitas das tradições dai de Portugal, os festejos juninos por exemplo. Bem como as comidas tipicas da época.

    ResponderEliminar
  13. Cidália, as castanhas andam boas e com este friozinho que já se sente, sabem
    muito bem, cozidas, assadas, e de outras formas, beijo amiga

    ResponderEliminar
  14. Que lindo o poema, gosto muito de castanhas pena que só como na época de natal, pois durante o ano é muito dificil encontrar castanhas por aqui, Cidália beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderEliminar
  15. Bonito poema, falta a água-pé.... mas se é para os seus meninos, haverá sumo, ou outros. Gostei

    ResponderEliminar
  16. Rosaria Marques Marques11 de novembro de 2014 às 23:16

    Enorme coração, alma generosa. Mulher de grande sensibilidade.
    Bonito poema. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  17. Ola bom dia mais um lindo poema inspiração não te falta e também não gostei de mais ,continua beijos,laurinda anjo.

    ResponderEliminar
  18. Olá amiga ,mais uma vez para não variar enganei-me .E não é não gostei ,mas sim gostei de mais, desculpa o lapso,beijos laurinda anjo.

    ResponderEliminar
  19. Que dez, a festa, parabéns!
    Beijos e parabéns pela homenagem ao certificado de 2ª Prosas Poéticas-Vendedor de Ilusão
    beijos

    ResponderEliminar
  20. Parabéns amiga por mais este belo poema.
    Um poema muito próprio para reler no embalar das castanhas e sobreaquecido com o calor da jeropiga.
    Feliz continuação..Obrigado !!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  21. Se muitas castanhas comer
    E sentir em si um aperto
    É bom que saiba ver
    Se tem um WC por perto
    .
    Se a barriga começar a doer
    Beba um vinho para aliviar
    E vá logo a correr
    Ao WC se sentar
    -
    As castanhas bem assadas
    Sozinhas ou com um vinho certeiro
    Se sentir as coisas apertadas
    Dispa as calças primeiro
    ...........

    Loool. Vai-me matar...

    ResponderEliminar