segunda-feira, 27 de maio de 2013

ENTRE HORRORES E ALEGRIAS

Entre horrores e alegrias, entre chamas e quedas,  entre  corridas de pânico, dias tristes mas “felizes”….Entre tudo isto fiquei  para vos contar a história!!

Temos  alturas da vida, em que se soubéssemos  nem sairíamos de  casa…ora mas como vamos saber?...Pois,  pois  é… mas bastaram para isto 15 dias de trabalho.

Naquele dia 24 de  Setembro,  que já não começara bem…. Por outros motivos …mas para ajudar,  nada  corria bem….
O trabalho continuava, chegadas as 17h  era preciso acabar o dito que havia em mão…mais uma hora, depois mais 25 minutos… Eram 18H25. Quando tudo aconteceu.

Uma funcionaria encontrava-se a lavar o espaço com uma máquina de  lavar  e aspirar (aspirador), tarefa que era feita todos os dias… Mas como já nada corria bem  naquele  fatídico dia, eis que, acabou em tragédia!!.
Estando eu num sitio critico, quando mal  esperava, só  vi a explosão  que saia de baixo daquela máquina ,  e que de imediato ma atirou para o chão.

Desde aí entre cai, levantar, cair,  …cair e levantar…(parecia promessa, lool)… Entre gritos de  desespero , pedidos de socorro, e um turbilhão de pensamentos  negativos, consegui chegar à porta, onde  já alguém me deu a mão, e me apagou as chamas que roubaram a minha roupa, e invadiram o meu corpo.

Mas existem momentos “felizes”… Ninguém imagina a sensação de alegria que  tive quando respirei  fundo e consegui. Depois vem o impacto do ar… aí sim, sofri, sofri muito,  mas estava feliz, estava viva… tinha meia fábrica em meu redor,  a abanar-me com  cartões  a fim de me  fazer aliviar a dor enquanto o INEM não chegava.

Foram rápidos . Enquanto isso, tinha colegas a gritar de pânico pela fábrica toda….Enfim como disse o “meu” chefe… Foi um verdadeiro filme de terror!

Depois de ter passado pelo hospital  do meu concelho, dei entrada nos Hospitais da universidade de Coimbra… e de seguida na unidade de queimados… Depois de  me fazerem uma esfoliação a frio, que foi horrível  [pareciam peles de porco após  chamuscada] , tive uma noite  tranquila, pedindo a Deus que me deixasse chegar à manhã sem ser entubada….Acreditem, passei a noite a falar sozinha, só com medo de asfixiar antes ….

Durante longos e sofríveis 5 dias parecia uma  múmia  toda  amarrada,  e amordaçada, lool  com tubos enfiados por tudo quanto era buraco, loool  ( ai o que eu passei)  .

Os banhos eram dados na cama, sendo a dita mudada comigo deitada, [Excelente trabalho de toda a equipa de Enfermagem]…
Quando  ia ao banho geral, durante grande parte desse,  era  sedada , pois para retirar ligaduras até ao ‘fundo’ era doloroso.  [Graças à morfina 24 sobre 24 que fazia milagres].

Todos os tratamentos custavam, mas nas horas do banho geral e bloco operatório era desesperante para mim, que estava sempre ansiosa com a tensão arterial a 20,22… Comer era por favor….Faziam-me enfardar, enfardar. Diziam e com razão que a alimentação era  “meio caminho para a recuperação” era  um sacrifício, mas como queria ficar boa,   tentava fazer tudo  o que me  era pedido, pois assustava-me olhar para o tripé e ver uma carrada de sacos de medicação, entre eles algumas transfusões de sangue. Tudo isto durante  1 Mês e três semanas.

Eis que chega a hora de abandonar o “Hotel” onde fui muito bem tratada, e acarinhada  por toda aquela equipa.
Fiquei feliz, mas triste, porque não sabia andar, e ainda não me tinha visto ao espelho…aí pedi para me levarem ao espelho….. bem, nem vos digo, estava (linda de morrer de susto) loool Mas…mas ,chegou a  hora e abandonei mesmo o hospital.

Já em casa enfrentei uma luta terrível de dores…Faltava-me a minha morfina…Mas, como todos sabemos,  as  vitórias alcançam-se, sendo um dia de cada vez, e eu consegui!! Pelo  meio  já tive 3 operações, e com nenhuma  delas eu fiquei  satisfeita , pensava eu que ia ficar com um pescoço novo, enganei-me…tenho mesmo que me habituar à ideia que este é o meu pescoço!!! De resto correu tudo muito bem  com muita ajuda  de alguns familiares, e amigos, sobretudo com  a ajuda do  Marido…


Por toda esta passagem eu  tornei-me uma pessoa diferente,  mas talvez mais feliz, é que ver a morte à frente e conseguir escapar “perfeita”  é uma dádiva…  ESTOU FELIZ, PORQUE ESTOU VIVA, não digo que nunca tive maus pensamentos como os de acabar com a  vida, mas tinha o Anjo da Guarda  que nunca me abandonou.  

Sou eu, mas sou feliz...

11 comentários:

  1. A força da alma e do coração vêem-se nas horas piores. Acredito que esta tenha sido uma hora terrível. Deus decerto que mais tarde ou mais cedo dará a recompensa

    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  2. Doloroso fisica e emocionalmente. Espero que recupere totalmente!

    ResponderEliminar
  3. Minha querida Amiga
    Chorei a ler a tua narrativa. É tão real que quase senti na pele o que te sucedeu. Foste tratada com muito profissionalismo porque quem não souber, não nota nada, e mesmo sabendo, é difícil visualizar marcas físicas.Existem as psicológicas, mas uma mulher positiva e fantástica como tu (adorei conhecer-te e ao teu marido)ultrapassa isso com facilidade.
    Adeus Amiga, tudo de bom para ti.
    maria

    ResponderEliminar
  4. Oi, Cidália aqui estou conhecendo a sua história, vc é uma vencendora. Continua lutando e vai conseguir superar tudo isso. Porque tem fé e Deus é contigo. Deus continue abençoando a vc e seu esposo. Qd puder visita o meu outro cantinho. Jesus meu porto seguro. bjsss

    ResponderEliminar
  5. Cidália minha amiga, como digo, a vida é uma caixinha de surpresa, nunca sabemos o que tem reservado para nós a cada dia que amanhece. Por isso temos que pedir muita proteção do Pai, mas acredito, que certos fatos já estão pré-destinados e que nada mais são que as fatalidade que chegam em nossas vidas para nos testar, provar nossa resistência espiritual e física. Com certeza todo esse momento de horror, um dia será bem recompensado, como disseste, estás viva e é forte e corajosa para superar todas as marcas deixadas (tanto no corpo, como na alma) por esse fatídico acidente. Que Deus continue jogando sobre ti Sua luz e que ela te faça ainda mais forte e mais guerreira. Um beijo grande e felicidades.

    ResponderEliminar
  6. Nossa, me emocionei de verdade com sua história, me arrepiei em varios momentos parei a imaginar toda a situação...
    Mas graça a Deus Você esta Viva, viva para ver que toda luta não é envão...Que nada acontece por acaso mesmo a vida sendo cruel as vezes...Te desejo tudo de bom e dizer que e uma mulher de vitória!!
    Bjoos

    ResponderEliminar
  7. Querida Cidália
    Como hoje é sábado e,há poucos dias li a sua descrição de uma ida ao Hospital,resolvi ver melhor o seu blog.
    Fiquei em choque,minha querida.É um milagre,a sua vida!
    Nunca desista dela,porque o pior já passou.É uma guerreira!
    Tenha um excelente fim de semana.
    Beijinhos da
    Beatriz

    ResponderEliminar
  8. Realmente você é uma guerreira pela vida.
    São poucos os casos de queimadura onde os paciente procuram aceitar a nova aparencia de uma forma amável consigo mesmo.
    As tentativas de mudar a forma dos seus pensamentos é louvável e este é o caminho certo, não desista dele, indiretamente vc está sendo o alvo de perseverança para outros que provavelmente não tenham a mesma garra.
    nosso pai Celestial Jeová Deus, nunca nos deixa sozinhos e ele é examinador de corações, sabe na íntegra as intenções de seu coração e pensamentos, sua gratidão faz parte do que ele ve em vc.
    Obrigada por te conhecer e ter permitido eu colocar aqui os meus pensamentos e minha forma de entender.
    Abraço fraterno
    Nicinha

    ResponderEliminar
  9. A força de vontade de viver faz milagres e quando consideramos a vida um "milagre" passamos a dar-lhe mais valor. Agora há que seguir em frente e aproveitar todos os momentos. Por vezes a poesia pode ter um efeito catártico para mitigar as lembranças de sofrimento. Mereces as maiores felicidades pois já sofreste que chegue. Beijinho com carinho. Graça.

    ResponderEliminar
  10. Realmente, Cidália, passou por uma tragédia. Fiquei emocionada. Felizmente tem boas pessoas ao seu redor. Força para continuar a enfrentar a vida!
    Bjs

    ResponderEliminar