segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Procura em teus sonhos, se esse for o momento

Imagem relacionada
Procura-me ao entardecer, se esse for teu desejo
Procura-me entre lençóis brancos de puro linho
Entre suores de desejo e momentos, só um beijo
Atenua a saudade que meu corpo sente sozinho
.
Procura em teus sonhos, se esse for o momento
Caminha até mim, mas por ardorosos caminhos
Sei que esse, é teu e o meu desejoso sentimento
Quando trocamos imaginários, suaves beijinhos
.
Toca em  meu corpo, e sente  como se manifesta
Ao sentir que chegaste com teu cheiro,  enfesta 
E me deixa embriagada de tanto desejo, é amor 
.
Procura-me ao entardecer e faz-me sentir mulher
Nos momentos solitários se esta vida eu escolher
É porque sem ti, minha vida não tem mais valor.
***
Cidália Ferreira 

domingo, 24 de setembro de 2017

Já passaram 8 anos. Nada acontece por acaso.


Já passaram 8 anos. Do meu acidente: (24 Setembro de 2009 - 18H25). Nada acontece por acaso. 


Se este dia não tivesse existido, certamente que não teria entrado na blogosfera muito menos no "mundo da poesia".Não tinha este blogue que, para mim é sagrado. Não teria "conhecido" pessoas fantásticas como vocês. Não saberia dar o verdadeiro valor às mais pequeninas coisas da viva. Não teria feito 2 livros. Este acidente podia não ter acontecido, podia, "mas não era a mesma coisa". Deixou-me marcas profundas, que jamais se apagam, mas, trouxe-me à vida muitas outras coisas boas. Hoje, é apenas isto. Nada acontece por acaso.


Feliz Domingo para todos: Cidália Ferreira.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Na mesa, flores, recordo a saudade

Foto de Cidália Ferreira.
Não via a hora da tua chegada, esperava
Embriagada de tanta ansiedade,
Saudade dos tempos cinzentos
Da chuva, do sol brilhante
Do cheiro da terra molhada,
Saudade, da intensidade dos momentos
Que passam, talvez não voltem mais,
A esperança alimenta-me a alma
Meu coração, numa espera angustiante
.
Esperava pela hora da tua chegada
Tão só, e tantos pensamentos vãos,
Soltam-se em desejo, palavras escolhidas
Para te enternecer à chegada,
Na mesa, lugares vazios, reservados
Esperando, por ti, por mim
Pela loucura do nosso vigor,
Na mesa, flores, recordo a saudade 
De quando te espero, de coração cheio de amor
***
Cidália Ferreira.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Cada traço colorido, significa a saudade

Resultado de imagem para imagens românticas
Emolduro cada palavra dita com sentido
No meu coração, com teu laço de carinho
São imensas as saudades, e não te olvido 
Quando penso, és parte do meu  caminho
.
Cada traço colorido, significa a saudade
Cada cor, qualidades do teu ser generoso
Sempre aclamando pela voz da lealdade
Mesmo sendo, meu imaginário perigoso 
.
Vou deixar-te meu coração onde estiveres
Mesmo sabendo, que partes, sem quereres
Quantas vezes, em ti, me quero embriagar
.
Emolduro os nossos sonhos, sentimentos
Palavras doces, amargas, são fragmentos
E toda a nossa vivência, no meu divagar.
****
Cidália Ferreira

sábado, 16 de setembro de 2017

Anoiteceu, existem lembranças de ti.

Imagem relacionada
Anoiteceu, e existem lembranças de ti
Da tua voz, do teu sorriso,
Da tua força.  Existe o cheio do mar,
Existe musica na nossa forma de amar
No brilho do luar, as notas musicais,
Existe tanto de ti no meu coração
Nos meus momentos bagos de solidão,
Existe o perfume da noite, na maresia
E tanto de ti no meu imaginário louco
.
Anoiteceu, deambulo nas letras soltas
No teclado, meus dedos tremem de emoção
Talvez seja amor, qual musica tocada ao luar
Ao som das ondas envoltas de carinho,
Mas no ar, existem de ti, as lembranças
O puder da tua voz que me enlouquece
E me embriaga a calma. Anoiteceu,
Fazes parte do meu mundo de fantasia
Do meu louco frenesim, e da minha poesia.
***
Cidália Ferreira

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Sinto no ar teu cheiro de meiguice e doçura

Resultado de imagem para imagens sensuais casal
Sinto no ar teu cheiro de meiguice e doçura
Sinto o calor dos  teus lábios em meu corpo
Sinto chegar, em silêncio, desejo  tão louco
Que me invade o pensamento, pura ternura
.
Percorres meu corpo e em sussurro sensual 
Estremeço em delírio... sentimento tão meu 
Enlouqueço, com a volúpia e desejo  do teu 
Neste deambular, é meu sentimento pontual
.
Sinto tua chegada num momento inebriante
Que me deixa desinquietada de tanto desejo
E neste meu deambular sinto chegar o beijo
Ao meu corpo, que se imagina, tua amante.
****
Cidália Ferreira 

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Nesse lugar sereno onde descansas

Procurei-te pelos trilhos do pensamento
Por encruzilhadas e ruelas
Pelas veredas do impossível,
E encontrei-te num lugar tão previsível
Onde o sussurrar das águas serenas
São a razão desse louco afastamento
.
Procurei-te nas ondas do meu desejo
Onde te guardo para todo o sempre
Sei que me desejas, como desejas o mar,
Sei que, neste meu louco imaginário
És a razão do meu viver, do meu acordar
Para todo o sempre, enquanto eu viver
.
E nesse lugar sereno onde descansas
E toda a beleza do pôr-do-sol contemplas
Sei que pensas e tens esperanças
Num reencontro desejado, tão nosso
Para que o sol em nós volte a renascer,
Nesse banco, onde tão sozinho te encontrei.
***
Cidália Ferreira.