sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Cores matizadas, alegres ciprestes

****

Cores matizadas, alegres ciprestes
Árvores que nos dizem até um dia
Ficam as folhas caídas, por magia
Prometendo voltar, um dia destes
*
Sã a magia, que os mais pequenos
Desenham nas folhas com jeitinho
Guardam-nas, com algum carinho
Como se fossem elegantes acenos
*
Marcam a passagem duma estação
Mostrando a beleza que esmoreceu
Sendo sempre útil em cada coração
*
Mas sopradas pelo vento do destino
Como quem para longe já as varreu
Ficando um desalento tão repentino
****
Cidália Ferreira

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Onze anos...

Onze (11) anos depois, a minha gratidão pela vida. Por vocês, amigos virtuais, e amigos que fiz e conheci pessoalmente... Como nada acontece por acaso, e este “acaso”, deu-me oportunidade de estar aqui convosco 

Devo a minha vida a uma equipa fantástica e maravilhosa de Enfermeiros/as, Médicos/as e Auxiliares, de um dos Hospitais de Coimbra. (Bloco de  Celas ).
.
Primeira palavra do Potinho. A minha gratidão.

Cidália Ferreira.  

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

São os filhos, o nosso bem maior

****

Dia dos filhos são todos os dias da vida

Assim como o dia dos pais,

Nunca haja restrições à nossa condição

À condição de Pais e Avós,

São os filhos que nos ensinam a viver

Que nos dão noites sem dormir

Que nos dão grandes alegrias,

Algumas tristezas, escondidas

No meio de alguma solidão,

São os filhos, o nosso bem maior

O orgulho de uma geração,

Se houver compreensão e carinho

Acredito, que nunca ficaremos sós

****

Sou uma Mãe e Avó muito grata, e orgulhosa pelos Meus.

Cidália Ferreira

O medo que espreita ...

(Imagem da net)
**** 
Acreditando que amanhã seja melhor
Sabendo que a dificuldade nos segue
Não há nada que mais desassossegue
Que este retraimento, seja a quem for
*
Silêncio, ansiedade, o medo de errar
O medo de não ver, o que é invisível
O receio do abraço do mais sensível
Sem que o medo nos  tente derrubar
*
E acreditando num amanhã sem dor
Haverá sempre a linha do desespero
A vontade de abraçar o mais sincero
Mostrar que no coração existe amor
*
Nunca  foi tão essencial  como agora
União e cuidado, muita compreensão
Pois o perigo espreita a qualquer hora
Não escolhe, nem permite, a saudação
****
Cidália Ferreira 

segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Palavra mágica...Obrigada/Gratidão

 
****

Obrigada, pela vida, em cada amanhecer

Bom seria, se nos pudéssemos unir

Reinventar quando nos sentimos sós

Ir em frente, não ter medo de arriscar

Guardar sempre algo, o melhor de nós

Ainda que nos sintamos a vacilar

Duma vida que nos tenta trocar as voltas

Abrir as mãos à gratidão, todos, o podemos fazer

****

                                           Gratidão

                                                Reconhecimento

                                                     Apaziguamento

                                                           Tolerância

                                                                  Importância

                                                                        Dedicação

                                                                             Agradecer

                                                                                    Obrigação

Cidália Ferreira 🙏

Dizem que hoje é dia do Obrigada. [ Para mim é todos os dias ] Obrigada a todos os que me consideram, visitam e comentam.🌹

domingo, 20 de setembro de 2020

Vagueávamos nas ondas do mar

****
Sobre as ondas do mar por onde vagueámos
Enfrentámos sonhos, pesadelos, ou talvez não
Sentimos na força das ondas outra energia
No céu existiam cores matizadas, era o sol
Que nos deixava, com seu jeitinho especial
Nos brindava ao final do dia com seu melhor
*
Era como quem remava, contra outra maré
Num mar pleno de amor e de ondas desfeitas
A nossa união continuava dentro de um sonho
Um sonho só nosso. Poderia ser uma ilusão
A lealdade era o elo da nossa fortaleza
O mar era o conselheiro das nossas viagens
*
Vagueávamos um no outro sem ter contacto
Sentíamos que pertencíamos um ao outro
Mesmo que fosse a fantasia das nossas vidas
Ambos conhecíamos o toque do nosso beijo
Ainda sentimos nos lábios, o sabor a sal
Nos corações, o consolo de nos preenchermos.
****
Cidália Ferreira 

Para todas as amigas e amigos deste nosso cantinho, desejo-vos um excelente fim de semana 

sábado, 19 de setembro de 2020

Pensamentos confinados...

 

****
Tenho, meus pensamentos confinados
Num amor que não pretendo esquecer
Nem deixar de lembrar meus passados
Sinto meus pensamentos a desobedecer 
*
Atrás da grade do pensamento, o olhar
Um olhar sem destino, em embriaguez
Pelos labirintos, sinto-me, a mergulhar
Numa tristeza por te sentir falta, talvez
*
Posso sentir-me afastada da multidão
Ou, parecer desinteressada do mundo
Não... apenas estou na minha solidão
*
Uma solidão rodeada de gente sem voz
Uma saudade tremenda a cada segundo
E meus pensamentos confinados, e sós
****
Cidália Ferreira.