sexta-feira, 20 de abril de 2018

Nunca caminharei sozinha...

Foto de Cidália Ferreira.
imagem minha
Numa caminhada por caminhos incertos
Terrenos férteis, ervas bravias, verdes
Crescendo sozinhas,
Águas caíram em dias difíceis
O tão desejado alimento
Onde as brechas deixaram de existir
Quando a chuva insistiu em cair,
Flores campestres, ervas daninhas
Que encontro nas manhãs, e pelas tardes
*
Nunca estarei sozinha enquanto caminho
Medito, olhos os campos rejuvenescidos
Ouço o esvoaçar dos pássaros
Procurando os ramos já floridos,
Os raios de sol alimentam-me a alma
Rendo-me, ao tão desejado calor
E à beleza de um tapete verdejante,
Nunca caminharei sozinha
Enquanto encontrar apenas, uma só flor.
***
Cidália Ferreira.

29 comentários:

  1. Essa certeza faz bem.Linda inspiração! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Bom dia. Claro que nunca caminhará sozinha. Com DEUS no coração ninguém caminha sozinho, e a Cidália, tem Deus no coração.
    Um poema fascinante.
    .
    * Criança brincando ... em interno lamento. *
    .
    Cumprimentos poéticos.

    ResponderEliminar
  3. E aqui está tudo dito:
    "Nunca caminharei sozinha
    Enquanto encontrar apenas, uma só flor."
    ...
    Gostei de ler!!!bj

    ResponderEliminar
  4. A natureza fala com a gente , nos acompanha nos embeleza e se solidariza com nossa solidão e sentimentos diversos!Se há uma flor não se sinta só

    ResponderEliminar
  5. E essa flor foi a sua musa inspiradora de tão lindas palavras amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Inspiração divina com a natureza como "cenário"! És uma eterna romântica e sonhadora! Deus te conceda o que mais desejas! Adoro tuuuuuu!

    GABY

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deixas-me sempre feliz com as tuas visitas querida Amiga.

      Beijo em TU .. Também te adoro.

      Eliminar
  7. Uma flor apenas e um belo poema, são a companhia mais bonita que se pode ter.

    Bom fim de semana

    Beijinhos Cidália

    ResponderEliminar
  8. por vezes o nosso caminhar quando nao acompanhado faz-nos ver melhor
    a beleza da natureza, e sim, enquanto olharmos a natureza nunca caminharemos sozinhas.
    bom fim de semana
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  9. Cara amiga Cidália, eis belos versos nesta ode à paixão e à natureza. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um belo fim de semana.

    ResponderEliminar
  10. Una bella poesía con un gran fondo.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  11. que lindo poema bom fim-de-semana
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Bom dia| gostei muito, linda poesia. Realmente nunca estamos só , se olharmos a nossa volta temos muito para nos envolver.
    Bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  13. Uma caminhada perfumada e saudável. Adorei o poema e a foto :))

    Hoje:- O teu convite surreal.

    Bjos
    Votos de um bom Sábado

    ResponderEliminar
  14. Enquanto acompanhada pelas suas belas palavras nunca estará sozinha de certeza!
    Beijinho e bom fim de semana.
    Joana

    ResponderEliminar
  15. Olá Cidália
    Com Cristo na caminhada, cada dia torna-se mais leve, Ele está conosco. Obrigada pelo comentário no meu blog, bjs.

    ResponderEliminar
  16. Está lindo e que bom dar atenção sempre à vida em todas as suas formas mais subtis. Beijinhos, bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
  17. Poema tão lindo, bordado pelo o sublime da
    tua alma e esta foto é a delicadeza que
    espelha a poesia.
    Eu também adoro a a companhia das flores,
    que são o maior espelho da sensibilidade
    da alma...
    Um final de semana feliz e inspirador, querida Cidália.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  18. Quando estamos em plena sintonia com a natureza nunca estamos sós.
    Belíssimo poema.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  19. Nossa tarefa deve ser a de nos livrarmos dessa prisão por alargar o nosso círculo de compaixão para abraçar todas as criaturas vivas e toda a natureza em sua beleza.

    ResponderEliminar
  20. Querida Cidália
    A natureza é nossa amiga e bem merece este belo poema de homenagem!
    Gostei imenso, pois também me emociono com as belezas naturais.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  21. A natureza sempre nos oferece um consolo para a alma, com os seus encantos muito próprios... e sempre consegue relativizar as amarguras da vida... com tantas lições que nos transmite, se soubermos interpretar e estar atentos... também às flores, dos nossos caminhos...
    Mais um poema encantador, que é um verdadeiro prazer descobrir, por aqui...
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar

A vossa visita e comentário são o elixir do meu coração...Muito obrigada...