segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Coração vagabundo em reflexão

Foto de Cidália Ferreira.
Passam as nuvens em reflexão constante
Iluminam as estrelas, algures escondidas
Entre denso nevoeiro, fim do dia distante
Dos olhares, meras palavras, desiludidas
*
Na aridez do ramos despidos, é tanto frio
Por amor, as aves partem, procuram calor
Como o coração quando sente um calafrio
Pela ausência do amor, e seu devido valor
*
A luz, a reflexão da minha ansiosa mente
O frio, balsamo que refresca a minha alma
Quando medito num sentimento, profundo
*
Passam as nuvens levando o sol, mormente
E sobre um denso nevoeiro que me acalma
Os sentimentos do meu coração vagabundo
****
Cidália Ferreira 

39 comentários:

  1. E que bela reflexão Cidália! :) Beijinhos e boa noite.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito Cidália
    Una boa semana
    bjs
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Que felicidade Cidália, ter um coração vagabundo.

    ResponderEliminar
  4. Precioso como todo lo que escribes.

    Muchos besos.

    ResponderEliminar
  5. Se há aqui alguém com um coração vagabundo, sou eu! Ando numa vagabundice que não se aguenta. Depois, estes jantares de Natal, deixam-me à beira da falência.

    :))

    ResponderEliminar
  6. Que bonito poema :) quem não quer um coração assim
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Oi Cidália mais uma bela inspiração. Coração vagabundo que fala da sua dor. Bjs querida amo vc e Deus ainda mais

    ResponderEliminar
  8. Muito linda,Cidália! beijos, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  9. Belo soneto, Cidália.
    Foi uma leitura muito agradável...
    Abraço, Amiga.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
  10. Uma linda poesia Cidália, que as nuvens passem as turvas e tragam o calor, a luz do amor.

    ResponderEliminar
  11. Amiga Cidália:
    Desejo que seu Natal seja de luz e pintado com o verde da esperança, para que alimente sonhos e abra os braços para um caloroso abraço de 2018.

    Um beijinho

    Fernanda

    ResponderEliminar
  12. Olá Cidália
    Feliz Natal, que Deus te abençoe ricamente, bjs querida.

    ResponderEliminar
  13. Um coração que extravasa versos cheios de emoção...
    Abçs e muita paz...

    ResponderEliminar
  14. Boa tarde Cidália,
    Um bonito poema! Sempre muito inspirada.
    Beijinhos e Boas Festas!
    Feliz Natal e óptimo 2018!
    Ailime

    ResponderEliminar
  15. Um poema encantador. Pura inspiração em prol da génese poética.
    .
    Poema: ---Que seja Natal na tristeza do olhar da criança---
    .
    BOA TARDE. FELIZ NATAL

    ResponderEliminar
  16. Para não cair no chão,
    é preciso ter cuidado
    ao acender o lampião
    pendurado nesse galho.
    Numa noite de escuridão
    do céu não cai orvalho
    em tempo seco no Verão!

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Cidália Ferreira, beijinhos.

    ResponderEliminar
  17. Um poema encantador com este teu
    sentir poético único, querida poetisa!
    Deixo o meu carinho nos votos de
    Natal abençoado junto com a tua família
    e 2018 repleto de sonhos e realizações!
    Quero agradecer a nossa partilha de amizade entre nossos blogs.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. Oi Cidália,

    Linda poesia, com um tom de tristezas.
    A vida no da tombos inimagináveis.
    Beijo no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  19. Belíssimo poema , onde a melancolia balança ao sabor do vento.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  20. Belo poema criado de uma reflexao onde a emoçao da o tom...

    Beijos...

    ResponderEliminar
  21. Admiro tu facilidad para crear poemas tan bellos todos los días.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  22. Olá, estimada Cidália!

    Agradeço a sua visita e votos deixados no meu blogue.

    Os corações, vagabundos ou não, também precisam de fazer introspeção para se conhecerem melhor.

    Mais uma vez, chamou a natureza para a sua poesia, o que muito a engrandece.

    BOM NATAL E EXCELENTE ANO NOVO.

    Beijos e dias de muita paz e felicidade.

    ResponderEliminar
  23. What a beautiful poem!Great words!Thanks for sharing!

    https://asweetwoorld.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  24. Que belas palavras :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. Oi Cidália
    Que você tenha um lindo pôr do Sol
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  26. oi Ci

    Nosso coração fica vagabundo qdo a gente dá o poder ao outro de controlar nossa vida e nossos sentimentos mesmo de longe.
    Ai ficamos assim desorientados parecendo uma franga maluca rs...

    Desde já quero desejar para você um abençoado natal, regado de alegrias e amor.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  27. Amiga, com os preparativos para reunir a família e amigos neste Natal, o tempo para os bloques ficam mais resumido e como você é tão importante quanto qualquer amigo real, não poderia deixar de vir aqui com meus votos de um feliz Natal!
    É Natal e o espírito de confraternização natalino aquece os nossos corações, renova os nossos ânimos e os nossos sonhos. Nesta época fazemos uma retrospectiva do ano que passou e passamos a limpo a nossa vida.
    Muito obrigada por ter alegrado minha vida com suas visitas, comentários, participações nas BCs, as palavras amigas e a valorização que deu as minhas publicações neste ano que termina.

    Lhe desejo um Natal especial, cercado de familiares e amigos, e um início de ano maravilhoso! Que esta energia positiva se mantenha durante todo o ano novo em nossas vidas.

    Boas festas E que venha mais um ano de muito trabalho e muitas realizações profissionais e pessoais, muita saúde, prosperidade e paz para todos nós.

    FELIZ NATAL
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.

    ResponderEliminar
  28. COMENTÁRIO
    A PAZ E A GUERRA
    (SONETO)


    O TEU PEDIDO É AUDAZ
    NÃO PASSA DE MERO SONHO
    NO MUNDO NINGUÉM É CAPAZ
    FINDAR A GUERRA - SUPONHO

    DIZEM DA BESTA HUMANA
    SER BICHO IRRACIONAL
    ELE É UM MELOGAMANA
    PEDIR PAZ NÃO É NATURAL

    AS GUERRAS IMOMERIAIS
    SÃO A CONSTANTE DA VIDA
    TODO O LADO CADA VEZ MAIS

    NESTA SENDA TORTUOSA
    VEREDA TAMBÉM PROVIDA
    DA MORTE É CAPCIOSA



    LEYRENO-COIMBRA, 21/12/2017

    ResponderEliminar
  29. Poderoso poema!!!
    Adorei!!! Muito bem construído, com carga emotiva bem sentida!

    Muitos beijinhos amiga!

    ResponderEliminar
  30. Linda e inspirada reflexão... sempre um prazer imenso, descobrir e apreciar os seus poemas, Cidália!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar