quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Cala-me esta voz que te sussurra

Foto de Cidália Ferreira.
Cala-me, esta voz que prenuncio,
Calam-me as palavras, os desejos
Os sentimentos que escondo
Os olhares que denuncio
Nos meus pensamentos vãos,
Cala-me esta voz que te sussurra
Palavras atrevidas em doçura
E no silêncio da vida desejada
Amar-te é prioridade, é felicidade
É a voz silenciada em lealdade
.
Não importa o que recebo em troca
Conheces a minha voz como ninguém
A intensidade, o puder que tem
Mas só tu a consegues calar,
Voz meiga, desejo intenso
Quando as palavras não consigo decifrar
É no teu beijo, que sempre penso,
Lê nos meus lábios sussurros de amor
Desejos que escondem meus dedos
Cala-me esta voz, com teu beijo, com fervor.
***
Cidália Ferreira.

34 comentários:

  1. Gosto muito de te ler.Sempre lindas poesia! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Uma declaração perfeita de amor... Que lindo!
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderEliminar
  3. Se escondem os sentimentos,
    não se libertam do coração
    dele se mantêm prisioneiros
    não são livres em circulação?

    Tenha uma boa tarde amiga Cidália Ferreira, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  4. Cidália simplesmente linda a poesia você sempre trazendo belos poemas para nós, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde. Que poema bonito... :) Parabéns

    Hoje temos:- {Meu olhar emudecido...}

    Bjos
    Boa Quinta-Feira

    ResponderEliminar
  6. Adoro o texto, que lindo e tem uma frase final maravilhosa! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  7. Um pedido onde a sensibilidade se toca.

    Beijo

    ResponderEliminar
  8. Lindo, tanto o poema como a imagem!

    Beijo

    ResponderEliminar
  9. Un placer leerte, preciosa.

    Feliz tarde.

    Besos enormes.

    ResponderEliminar
  10. Que linda a imagem e palavras Cidália.
    Muito amor nesses sentimentos escondidos.
    Amei.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  11. Maravilhosa forma de fazer poesia. Pura magia em versos de amor.
    Gostei de+
    Beijo

    ResponderEliminar
  12. Um poema que, poeticamente falando, está uma delicia, dentro da perfeição poética. Sempre a escrever bem.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Oi Cidália.
    Linda poesia!
    Quantos sentimentos tem...
    Cidália, não sei entrar no seu blog pelo G+, então entro pelo Google.

    ResponderEliminar
  14. Amiga como sempre um texo mt bonito e por vez è mesmo isso um pouco de silencio sabe mesmo mt bem hehe bjs

    ResponderEliminar
  15. Que lindo Cidália, gostei muito deste poema! :) Beijinhos e bom fim de semana prolongado.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  16. Sem palavras. Como decifrar tamanha declaração ?
    A doçura empregue nestas palavras, deixam bem patente tratar-se de um hino ao amor...mas que amor.
    Tanta inspiração minha amiga, Só mesmo quem sabe sentir, consegue exprimir desta forma, tal sentimento.
    Beijinhos e um muito Feliz, fim de semana !!!!!

    ResponderEliminar
  17. Partilhado
    Kique
    https://caminhos-percorridos2017.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. SEr calado por um beijo de amor é o que de melhor há!

    ResponderEliminar
  19. Mais um belo poema, repleto de reflexão e tranquilidade!
    Tenha um excelente final de semana.

    ResponderEliminar
  20. Oi Cidália,
    A poesia nasceu com você
    Mui belas
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  21. Que belo poema, amiga!
    São versos que elevam a gente.
    Tudo que nele se sente
    Sente-se qual paixão antiga.

    Paixão que volta e castiga
    Com um castigo inocente
    Do qual se gosta. A mente
    Nos mente ser pura intriga

    De nossa alma feliz
    Que sente o que mente diz
    Mas faz a ela ouvidos moucos.

    Amar é o que alma quiz
    E arquitetou. Por um triz
    Ganhou nossa mente aos poucos...

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
  22. Uau!

    "É no teu beijo, que sempre penso,"

    pra mim já disse tudo!

    ; )

    ResponderEliminar
  23. Por lo que he podido deducir de tu bonito poema, sólo él conoce, en el tono de tu voz, los sentimientos y deseos que encierra tu corazón, estoy segura de que acallará tus palabras con un apasionado beso de amor.
    ¡Precioso poema!
    Cariños.
    kasioles

    ResponderEliminar
  24. Tava lendo aqui as informações do seu "perfil". Me identifiquei com os motivos pelos quais você escreve, Cidália.

    Continue blogando!

    ResponderEliminar
  25. CI
    um poema um pouco diferente dos da sua temática
    um poema que é uma declaração de amor com um toque sensual que lhe ficou bem
    bom fim de semana.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  26. Oi Cidália,
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  27. Un bello poema nos vuelves a dejar y bien acompañado por una sugerente imagen.

    Saludos.

    ResponderEliminar
  28. Sussurros apaixonantes dominam este fabuloso poema!
    A imagem é simplesmente perfeita!
    ADOREI!!!! Como sempre um poema fantástico!
    Muitos beijinhos de amizade!

    ResponderEliminar
  29. Tão linda, tão iluminada.Lindo poema.

    ResponderEliminar
  30. Pura emoção em cada palavra!
    Maravilhoso de ler, Cidália!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar