sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Olha-me, meu amor, e diz-me o que sentes.

Resultado de imagem para imagens sensuais  com pérolas
Dispo meu corpo de qualquer preconceito 
Dispo meu pensamento das agruras
Dispo-me sem pudor de qualquer defeito,
Meu corpo, teu alimento, teu desejo
Como pérolas que satisfazem as loucuras
.
Cobre-me de pérolas, desejos meus
Cobre-me de palavras, belas, sensuais
Cobre-me meu amor de carinhos teus
Atende aos meus insanos delírios banais
E não me digas que não, por favor
.
Quero sentir nos teus beijos suaves
Arrepios constantes, doces, cálidos,
Sente meu amor, a minha voracidade
O ritmo, a fragrância, a ternura
Que cada poro que transpira de verdade
.
Quando despida de preconceito, entrego
Desnudado, corpo meu, em liberdade
Isento de qualquer outra maldade,
Cobre-me de pérolas e teus beijos quentes
Olha-me, meu amor, e diz-me o que sentes.
***
Cidália Ferreira.

36 comentários:

  1. Bom Dia, Cidália Ferreira,
    Dizer o que? Fascínio de poema. Adorei a foto, muito sensual. :)

    Bjos
    Boa Sexta-feira

    ResponderEliminar
  2. Maravilhoso poema....a entrega final coroa o poema lindo de morrer....
    Um abraço do amigo brasileiro!

    ResponderEliminar
  3. Nossaa que poema brilhante.
    Cheio de amor e carinho.
    Adorei

    Bjus querida

    ResponderEliminar
  4. Que poema lindo, cheio de amor, intenso! Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. O que sinto? Sinto que visitar este teu blogue é um fascínio para a alma e uma delicia para o ego. És uma poetisa de enorme talento. Gostei demais do poema. Sedutor, sensual, maravilhoso

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Bem sensual, lindo demais.

    Beijo, Poetisa.

    ResponderEliminar
  7. Lindo e sensual!
    Como sempre você nos compartilha poemas maravilhosos.
    Bjs Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  8. Um poema intenso de amor, muito bem acompanhado pela fotografia! :) Beijinhos e bom fim de semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  9. Escrever poesia não é fácil. Escrever bem então é mesmo muito difícil. E a Cidália escreve de uma forma sensual, bela, fazendo do amor o símbolo maior dos seus poemas. Tem uma mente brilhante.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Um poema que merece um aplauso de pé!!!!
    SOBERBO! Parabéns amiga!
    Delirante, intenso, sensual, arrebatador, brilhante............nem sei que mais dizer....
    AMEI!!!!
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  11. Cara amiga Cidália, poetisa da paixão, subscrevo as palavras da Luisa, pois concordo com tudo que ela diz.
    Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Obrigada pelas suas palavras.
    Que intensidade boa tem o seu poema. O amor é sempre inspirador :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Oi Cidália,
    Poema muito bonito, apaixonado
    e sensual, gostei!
    Ótimo final de semana \o/
    Bjs!

    ResponderEliminar
  14. Linda,sensualíssima poesia de amor,querida amiga Cidália.

    Paixão gera pérolas como as suas.

    Amei a imagem!


    Beijos sabor carinho e uma noite de sábado de paz

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  15. Que bonito poema
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. A passar por cá para desejar bom fim de semana!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  17. Parabéns por essa escrita maravilhosa!
    Bjs

    ResponderEliminar
  18. Sensualidade em belos versos! Gostei de ler!
    Bom fds!
    Bjss!

    ResponderEliminar
  19. Muito sensual. Um poema muito bonito dentro da linha poética que te orienta e da qual és ilustre dinamizadora. Gostei muito

    Bjo

    ResponderEliminar
  20. Querida Cidália essa linda e romântica poesia com essa música, soa em nossos ouvidos e adentramos no romantismo do seu poetar. Parabéns amiga! Tenha um abençoado fim de semana. Bjus,

    ResponderEliminar
  21. Muito bonito, poema leve e inspiradíssima como sempre!
    Um beijo, querida Cidália!

    ResponderEliminar
  22. Olá, Cidália!
    Gostei muito de "Olha-me, meu amor, e diz-me o que sentes", um belo poema. Mais um canto teu em homenagem ao amor. Parabéns.
    Desejo a ti um ótimo domingo.
    Um beijo. Pedro

    ResponderEliminar
  23. E o que dizer? Ha sim mt bonito como sempre mt bem escrito parabens bjs

    ResponderEliminar
  24. Por vezes temos de olhar o AMOR nos nossos olhos!!!
    Gostei de ler e adoro o som!!!bj

    ResponderEliminar
  25. Uau, um poema intenso e sensual!
    Gostei muito de ler, continua a superar-se em cada poema!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  26. Sensual e arrebatador momento poético!
    Adorei, Cidália! Parabéns!
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar