quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Procuro no meu silêncio o teu cheiro, a maresia

Procuro o meu porto seguro, longe do meu olhar
São tantas as marés, que me impedem de seguir
Nesta longa  caminhada procuro não mergulhar
Em sentimentos vãos onde não consigo usufruir
.
Cai a noite, sigo viagem procurando meu farol
As estrelas não tardam em fazer-me companhia
Enquanto no meu coração existir um pôr do sol
Jamais terei receio, de ajudar, quem me acolhia
.
Mas durante a caminhada neste, longo paredão 
Vislumbro um mar tão calmo, sereno, não é fim
Mesmo que a noite caia deixo a minha gratidão
.
Procuro no meu  silêncio o teu  cheiro a maresia
No horizonte  as águas serenam e dentro de mim
Faz-se noite, eu sozinha, vagueando em fantasia.
****
Cidália Ferreira.

33 comentários:

  1. Suenan cálidos tus versos... Preciosos ...

    Feliz día.

    Besos.

    ResponderEliminar
  2. Saudosos e tão lindos versos. beijos, lindo dia! chica

    ResponderEliminar
  3. Mergulhando na profundidade, das suas emoções, Cidália!
    Mais um poema muito belo e inspirador! Parabéns!
    Adorei as novas cores aqui do blogue, em modo de Outono!...
    Beijinhos! Continuação de uma feliz e inspirada semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  4. Uma poema encantador Cidália!
    Solidão é muito triste,mas seu poema é belíssimo.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Mais um encantador e inspirado poema!
    Continuação de uma bela semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidália
    Linda poesia
    Adoro essa música
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. E como ´bom fantasiar!!!
    Traz leveza e calma
    Uma lindíssima inspiração Cidália
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Cidália linda a poesia, um poema bem inspirado, a solidão as vezes nos pega de jeito, Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  9. A passar por cá para conhecer mais um bonito poema!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  10. Mt bonito amiga como so tu sabes escrever parabens bjs

    ResponderEliminar
  11. Quem procura sempre encontra, um belo poema minha amiga.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  12. Cidália, os seus poemas são cada vez mais encantadores!
    Também eu viajei em fantasia, embalada pelas suas palavras.
    *
    Nas últimas semanas estive um pouco ocupada e não visitei blogues, mas conto agora retomar as minhas visitas a este espaço maravilhoso!
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  13. Que linda poesia! procuro o teu cheiro, no teu silêncio... Lindo demais! Tenha uma tarde feliz. Abraços

    ResponderEliminar
  14. A saudade precisa respirar. www.hellowebradio.com ... você.Vem!
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  15. Magnífico poema.
    Gostei imenso, parabéns.
    Bom resto de semana, amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Faz poemas como ninguém
    Parabéns
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. A passar por aqui hoje para desejar bom fim de semana!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  18. "Procuro no meu silêncio o teu cheiro a maresia"

    ¡Qué versos mais bonitos Cidália!
    Seu cheiro de mar me deixa bêbado.

    Rafael Santana

    ResponderEliminar
  19. Lindo e belo poema de uma grande delicadeza.
    Um abraço.
    Autografos Futebol

    ResponderEliminar
  20. Olá, "Cai a noite, sigo viagem procurando meu farol" todo o poema é lindo, agarrei a frase acima, pelo facto de considerar a mais profunda de todas, o poema é lindo.
    Feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  21. SOBERBO!!!!
    Um poema poderoso que arrasa a alma emotivamente!
    E a imagem em perfeita sintonia! ADOREI!
    Desejo que encontres o teu "farol"...um abraço gigante para ti!

    ResponderEliminar
  22. Vim apreciar sua linda postagem, poesia e a música encantadoras! Quero lhe agradecer sua visita ao meu cantinho. Saibas amiga, que serás sempre bem vinda! Abraços, tenha um dia feliz com muita paz.

    ResponderEliminar
  23. Cara amiga Cidália, mais um lindo e apaixonante poema, repleto de rimas e de música. Parabéns!
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  24. Lindo de morrer. Fiquei fascinada ao ler

    ResponderEliminar
  25. Sempre essa singular e bonita melancolia. Beijos!

    ResponderEliminar
  26. Gostei, sim.

    Bom fim de semana, ci, beijinho

    ResponderEliminar
  27. Um muito belo e terno soneto, Cidália.
    Destaco o verso que dá nome ao soneto: Fantástico.
    Bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  28. E a fantasia alivia a alma.
    Maravilhoso poema.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar