segunda-feira, 10 de abril de 2017

Para que serve meu gosto em abraçar o vento.

Resultado de imagem para imagens para refletir
Para que serve meu gosto em abraçar o vento
Se não lhe  vejo o andamento, apenas o sinto
Em suaves remoinhos, o estranho sentimento
Onde reflicto olhando o nada em mar faminto
.
Correm as nuvens em  apressada tempestade
Como lágrimas do pensamentos, qual desejo
Sinto que o vento me acompanha na verdade
Deixando em mim, o sabor de um doce beijo
.
Para que serve a minha  insistente dedicação
Se continuo tão sozinha neste isolado mundo
Apenas o mar, a testemunha  do meu coração
Sabe que o meu  abraço ao vento, é profundo
.
E neste  sentimento onde  espero um abraço
Pode ser  do vento, mesmo que esse, tu sejas
Podes num sopro  deixar-me  num embaraço
Neste sentimento és meu vento, onde estejas.
****
Cidália Ferreira 

34 comentários:

  1. Linda espera por um abraço, ainda que seja do vento! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Eu nunca tentei abraçar o vento, prefiro apenas senti-lo.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  3. O vento pode se tornar uma brisa e assim conseguirá realizar esse querer tão desejado.
    Lindo poetar amiga Cidália.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Todo o abraço é gostoso e mesmo que a poesia venha nesse vento ... sabe muito bem! Bj Cidália!!!

    ResponderEliminar
  5. Bellos versos.

    Feliz tarde, preciosa.

    Besos.

    ResponderEliminar
  6. Excelente poema!
    Que o vento te traga o abraço que desejas.

    Obrigada pelo carinho no meu blogue.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Lindo demais...

    Um beijo e boa semana!!

    ResponderEliminar
  8. Olá Cidália,

    Nesse profundo abraçar do vento a melancolia de um grande sentimento.
    Muito lindo!

    Feliz semana!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. Ter o mar como testemunha que lindo Cidália, tenha uma ótima semana bjs.

    ResponderEliminar
  10. Até o abraço do vento por vezes sabe bem, mais um lindo poema como não podia deixar de ser. :) Beijinhos e boa semana.
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  11. Cara amiga poetisa Cidália, eis mais um belo poema no estilo que tu és mestra: a simbiose da paixão com os elementos naturais. Muito bom mesmo!
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  12. Parabéns, Cidália, pelo belo poema.
    Um abraço.
    Pedro.

    ResponderEliminar
  13. Bom dia, maravilhoso dom poético a construir sempre belos poemas.
    Votos de Páscoa repleta de alegria! Feliz Páscoa!
    AG

    ResponderEliminar
  14. Há quanto tempo não te visitava. Falta de tempo.
    Presenteias os teus leitores com maravilhosos poemas sempre com a tua sensibilidade. Muito bonito!

    Beijinhos e esperto que esteja tudo bem com os teus filhotes e netinhos, agora com mais um. Parabéns

    ResponderEliminar
  15. lindo poema
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Ao vento se faz entregue a embarcação do nosso sentimento. Te convido para conhecer a nossa www.hellowebradio.com ... você.Vem!
    cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  17. Oi Cidália!
    Como eu gostaria de sentir o abraço de uma brisa suave, os vendavais e redemoinhos machucam nossa alma, por ora serena.
    Deixei resposta lá no meu blog.
    Bela poesia
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  18. belíssimo, minha amiga!

    Aprecio tanto esta tua evocação de sentires
    na tua poesia...

    Feliz Páscoa (renovação...) para ti e família!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  19. Magnífico poema, que o vento traga esse abraço desejado e traga novos rumos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  20. Poema com uma inspiração super! Que o vento....ou o ar que respiras te traga o que mais desejas!

    GABI

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde, querida Cidália,
    que bom ser abraçada, que bom abraçar, que bom sentir o vento,
    sendo poeta até o vento consegues sentir, lindo!
    Beijo! Feliz Páscoa!

    ResponderEliminar
  22. Ci
    belas palavras ainda que melancólicas.
    Santa Páscoa para si e para os seus.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  23. Uma inspiração lindíssima, marcada pela saudade de alguém ausente...
    Adorei cada palavra!
    Beijinho!
    Ana

    ResponderEliminar
  24. Lindo....lindo....lindo!
    Sendo o vento o protagonista deste poema, soubeste dar-lhe o devido poder e embalado pelas emoções perfeitas, criaste um maravilhoso poema!
    Como sempre arrasaste!
    Continuação de feliz semana e beijinhos

    ResponderEliminar
  25. Tão nostálgico e tão belo.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar