segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

...Afinal, era o sonho que me torturava.

Imagem relacionada
Ouvia a musica que tocavas para mim
Aquela, que ambos gostávamos de ouvir
E nossos corpos entrelaçados, um dia
Dançaram como se o mundo não tivesse fim,
Sentíamos o calor do desejo
Daquela música que nos dava vida,
Parecia o nosso amor em poesia
Onde apenas aconteceu um beijo
.
Ouvia o som da tua voz tão límpida
Cruzar-se com as notas musicais, ao luar
Onde longe dos olhares me fascinavas,
Cada música que tocavas era uma balada
Que me encantava, me deixava enamorada
Que soava em meus ouvidos e ficava
Na minha mente como musica de embalar
Deixando-me eternamente apaixonada
.
Mas afinal, era o sonho que me torturava
Acordei no silêncio das minhas paredes
Lá fora, a chuva caía lentamente
O vento soprava suave, e olhando a janela
Imaginava-te ao piano, com tua voz tão bela,
Mas não existe nada mais deprimente
Que estar sozinha e saber que me pedes
Para desistir do meu sonho, para todo sempre.
***
Cidália Ferreira

33 comentários:

  1. E afinal não passava tudo de um belo sonho, gostei bastante.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar || Dedais de Francisco e Idalisa || Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  2. Cidália, tão bonito, tão intenso... é quase como mergulhar nestas palavras!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Dos sonhos nunca se desiste...
    A mesma intensidade das palavras, a que te conheço dos poemas que nos deixam por vezes "em suspenso".
    Agarras o leitor na tua escrita.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Um sonho,mas que poderia ser realidade.
    O piano toca e sente a sensibilidade desse amor.
    Adorei Cidália,como sempre você é maravilhosa em seus poemas.
    Bjs,obrigada pela visita e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Bem que o sonho poderia ser de verdade, mais uma bela poesia para começar a semana Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  6. Minha querida amiga, um poema tão melancólico... Que o sonho não volte a tornar-se uma tortura. Era bem bonito o sonho...
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  7. Por vezes, haverá sonhos, que têm de terminar, para dar lugar a outros sonhos possíveis... e dessa forma poder-se continuar a sonhar...
    Como sempre, pura emoção de mão dada com talento, em cada um dos seus poemas, Cidália!
    Beijinhos! Feliz e inspirada semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  8. Que maravilhoso poema!!! Memórias felizes que um sonho fez despertar!!!! Memórias duma música, duma dança, do calor quando o amor reinava!!!
    Os sonhos podem ser muito cruéis. Fazem-nos reviver tempos que já não voltam como se ainda fossem reais e quando acordamos sentimos o pesadelo de que não passam disso mesmo...sonhos.
    Adorei amiga...feliz semana e beijinhos

    ResponderEliminar
  9. oi Ci

    Desistir dos nossos sonhos não é uma tarefa fácil e agradável.
    Mas as vezes é preciso sonhar mesmo com a dura realidade.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  10. Boa tarde Cidália.
    Talvez este sonho ainda acorde em você muitas vezes, que seja sempre envolvente e doce, muito mais doce que triste, pois que até para desistir, é preciso algum amor.
    Lindo labor, parabéns!

    *Obrigada pelo carinho, um beijo, que tua semana seja muito abençoada.

    ResponderEliminar
  11. Há que substituir os sonhos maus pelos sonhos bons.
    Beijio, boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Maravilhoso, fico sempre sem palavras, és fantástica, parabéns!!! beijinhos e uma boa semana

    ResponderEliminar
  13. Sonhos que torturam, são pesadelos ... :)
    Lindo o poema!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Amiga esse tipo de sonho é horrível e uma pura tortura,
    tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita,
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  15. Lindo poetar, nunca desistir dos sonhos, os sonhos de amor não são de deixar para lá, quem sabe possa realizar?!
    Quando são sonhos literalmente falando, ah, depois poetar é coisa de quem tem mesmo na alma a poesia pura!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  16. Um poema em versos de puro carinho e amor. Maravilhoso.

    ResponderEliminar
  17. Oi Cidália
    Um triste sonho
    Dificilmente sonho, durmo profundo.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  18. Olá Cidália,

    O poema é romanticamente lindo.
    Nem todas as histórias de amor trazem um final feliz. É desolador ter que desistir de um sonho de amor, mas os sonhos de amor exigem ser sonhados a dois.

    Gostei demais!

    Feliz semana!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  19. Tristeza e sonho neste teu excelente poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  20. OI CIDÁLIA!
    SONHOS PODEM VIRAR REALIDADE, AINDA BEM.
    LINDO DEMAIS.

    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  21. Lindo demais como todos,querida amiga Cidália! E nem sempre estarás sozinha! Sonhos se realizam muitas vezes,querida amiga poeta!

    Desculpe-me a demora na visita,mas continuo só com o celular e tudo é mais difícil.

    Obrigada pela visita e comentário.Volte sempre!

    Uma terça_feira de paz profunda e alegrias!

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  22. Versos lindos dessa poesia, parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  23. Ci
    por vezes desistir de um sonho não é mau, porque nós podemos sempre criar outro (sonho).
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  24. Boa tarde Cidália,
    Um poema lindo, inspirado, pela melancolia do amor.
    Que novos sonhos aconteçam para dar lugar à alegria.
    Beijinhos e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
  25. Porque é que por vezes estes sonhos não se perduram
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  26. Um poema pleno de melodia e encanto.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  27. Um lindo sono de música e poema
    Beijos
    Minicontista

    ResponderEliminar