domingo, 22 de janeiro de 2017

Gela meu pensamento em sonho e delírio

Gela meu pensamento em  sonho e delírio 
Quando em tempestades se soltam desejos
Gelam os meus sentimentos, qual martírio
Neste mar  revolto onde  deixo os ensejos 
.
Correm nuvens negras em grande sintonia
Como brisa fria que se isola em meu rosto
 Cai gélida a chuva no momento de agonia 
Deixando meu corpo tão triste de desgosto
.
Gela meu corpo, delirio, sonho ou silusão
As águas espelham sentimentos tão tristes
Onde tantas vezes chego a uma conclusão 
Que tristemente ultrapasso os meus limites
****
Cidália Ferreira

28 comentários:

  1. Triste e linda inspiração! bjs praianos,chica

    ResponderEliminar
  2. Muito lindo teu poema mas... tão triste que faz gelar o coração
    Beijos e um lindo domingo

    ResponderEliminar
  3. Um belo poema que percorre uma quase "desolação" de
    sonhos (desejos) que parecem distantes.
    Tua poesia transmiti (evoca) o sentir sempre e
    aprecio tanto isso, as palavras vivas a transmitir
    emoção...
    Um domingo luminoso e inspirador, querida Cidália!
    Beijos.

    ResponderEliminar
  4. Um sonho delirante e desejando ultrapassar os limites,mesmo com toda essa tristeza gélida que percorre o corpo.
    Lindo Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Com o pensamento gelado o sonho em delírio,o poema saiu muito lindo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Intensidade e paixão... numa excelente combinação!
    Mais um formidável e inspirado momento poético, Cidália!
    Beijinhos! Bom domingo!
    Ana

    ResponderEliminar
  7. Poema lindo, mesmo o pensamento gelado, vi muita ternura no poema, Cidália tenha um ótimo domingo bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  8. Nostálgico tu poema, pero muy bello.

    Feliz tarde, preciosa.

    Besos.

    ResponderEliminar
  9. Oi Cidália
    Para viver em plenitude não precisamos estar acordada ou dormindo, estar em delírio ou sonhando: o que um passa o outro passa diferente. Assim é a vida.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  10. Bonito o poema, embora triste
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  11. Que lindo, beijos boa semana a você Cidália.

    ResponderEliminar
  12. Que lindo, beijos boa semana a você Cidália.

    ResponderEliminar
  13. Deixa mesmo o coração gélido
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

  14. Melancolia intensamente versada!
    Muito lindo, Cidália!

    Tenha uma bela e feliz semana!

    Beijo.

    ResponderEliminar
  15. Mais um bonito poema.
    Aproveito para desejar uma ótima semana!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  16. Excelente trabalho e belo poema minha amiga, gostei bastante.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar || Dedais de Francisco e Idalisa || Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  17. Um frio também interior! Gostei muito.
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  18. Sempre em grande estilo!!!
    Boa semana amiga
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  19. Bom dia, cada dia mais os seus belos poemas são refinados, são muito escritos e nada gelados.
    AG

    ResponderEliminar
  20. Olá Cidália! Mais um poema com o sentimento bem à flor da pele, onde o frio emocional se confunde com o frio físico...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  21. Bom diaaa

    Tem coisas que gelam a nossa alma só da gente pensar.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  22. Oi Cidália
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  23. Muito lindo.
    Um misto de sentimentos que não são gelados, são emoção,são sentimento.

    ResponderEliminar
  24. Tão nostálgico, mas tão belo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  25. Que belo poema os sonhos por vezes levando a sítios inesperados
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  26. Bravo amiga! Um poema com emoções gélidas para dar mais enfase e carga emotiva ao poema!
    Muito bem construído e a imagem muito poderosa e em perfeita sintonia com o poema!
    Um abraço gigante e que venham mais poemas assim!

    ResponderEliminar
  27. Oi Cidália
    Obrigada pelo comentários
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar