quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

No silêncio das folhas que envelhecem

No silêncio das folhas que envelhecem
Onde nos perdemos pela beleza
Das cores que nos enchem de alegria
E dos espelhos de água que dão certeza
Que devemos olhar e espalhar magia
Pela natureza que tanto nos oferece
E nos acalma em momentos de incerteza,
.
Meu olhar engrandece com as cores
Meu coração viaja entre espaços de calma
Meu sentimento se mistura na magia do silêncio
Nas águas flutuam as mais lindas mensagens
Nas folhas carregam estados de alma
Que nos guiam aos verdadeiros valores
E dos sentimentos em frescas aragens,
.
Não há brisa... não um sinal de ti
O sol escondeu-se, talvez esteja tapado
Pelas folhas que caiem tão lentamente
Meus olhos enchem-se de saudade tua
Não quero andar sozinha por aqui
Quero contigo passear, sorrir eternamente
No silencio das folhas que envelhecem.
***
Cidália Ferreira.

25 comentários:

  1. Uma escrita cheia de Outono com laivos primaveris.
    Muito vem, Cidália.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito, mensagem muito linda adorei seu blog.
    Visite o seu -> http://frases-de-reflexao.com/

    ResponderEliminar
  3. Linda mensagem Cidália!
    Nos momentos de incerteza essa calmaria da natureza traz a saudades de um amor.
    Bjs -Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde, Cidália
    Linda poesia e imagem. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  5. Belíssima poesia e imagem,querida amiga poeta Cidália.

    A natureza realmente nos motiva e inspira a poetar.

    Ótima quarta_feira,amiga!

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  6. Magnifico e belo poema muito bem ilustrado por uma fantástica fotografia.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  7. Oi Cidália
    Tudo que fala da natureza eu gosto
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  8. Um poema nostálgico e belo como o outono.

    Um beijinho Cidália

    ResponderEliminar
  9. Querida amiga Cidália.

    Dei uma pausa para as festas,mas retorno em janeiro.Obrigada pelas visitas e carinhosos comentários.

    Um Natal e Novo Ano de bênçãos para você e seus entes queridos.

    Beijos sabor carinho e até breve

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  10. Querida Cidáliamiga

    Mais um poema - mais um encanto. Tu reincides nos versos e faze-lo bem. Cada vez me é mais difícil felicitar-te pois tudo o que me (nos) ofereces. Continua, minha querida.

    Qjs do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  11. Mais um bonito poema. Aproveito para desejar um bom feriado.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  12. Olá Cidália!
    Parabéns pelo teu belíssimo poema. Uma leitura para a alma.
    Abraços.
    Pedro.

    ResponderEliminar
  13. Cidália que linda e perfeita a imagem, junto de um belo poema teus versos são maravilhosos, nos faz ficar encantados, Cidália bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  14. Cara amiga Cidália, beleza de poema, no teu estilo peculiar: o casamento da paixão com a natureza.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  15. A natureza transmite-nos (ou potencia) muitas emoções.
    O primeiro verso é um achado poético, mas todo o poema é magnífico.
    Bom fim de semana, querida amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Este poema fala lá na alma.
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  17. Maravilhoso poema amiga, como sempre! A natureza está perfeitamente poetizada e a saudade bem presente! `
    É uma verdade suprema que a natureza nos acalma, ela é o elixir que tanto necessitamos para a nossa alma.
    Adorei a imagem! Fabulosa! Feliz feriado amiga e un abraço

    ResponderEliminar
  18. Belo poema, um hino á natureza e também ao amor, bjs amiga

    ResponderEliminar
  19. Maravilhoso poema! Imagem Outonal lindissima.
    Bjs

    ResponderEliminar
  20. Que maximo amei como sempre arrasando, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  21. Boa tarde, querida, Cidália!
    A imagem das folhas ao chão formando um tapete bordado pelos maiores artesãos da natureza, já deixa sua postagem mais rica.Quando duas almas se encontram, querem para sempre amar, sob folhas caindo ou sobre folhas caminhar, porém não deixam de se amar. Grande abraço!

    ResponderEliminar