quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Olhei o céu, era magia em seu esplendor

Olhei o céu, era  magia  em seu esplendor 
Caem as folhas sobre  meu corpo desejoso
Que sentia caírem em  mensagem de amor
Nas folhas, imagem um homem charmoso
.
Caem folhas coloridas sobre a tempestade 
Abrem-se as flores de belos tons angelicais
Aos meus pés, sinto o perfume da saudade 
A tua. Enchem-me de orgulho os teus sinais
.
Sorriem meus pensamentos quando ouvem
O som de uma voz forte, sensual, no ouvido
Com palavras  doces em timbre reconhecido
.
A solidão deste outono leva-nos à sofrência
Sinto falta do afecto, quero ser tua essência
Olho o céu e caem folhas que nos envolvem
****
Cidália Ferreira.

24 comentários:

  1. Um belo e mágico poema "pintado" as cores outonais.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  2. Um soneto repleto de cores e flores.
    Muito lindo Cidália!
    Bjs e uma linda quarta-feira.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Ah solidão....

    bjokas com carinho =)

    ResponderEliminar
  4. A solidão sempre rende belos versos. Lido soneto poetisa. Bjusss

    ResponderEliminar
  5. Super lindo arrasou como sempre amiga, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  6. Lindo e magistral poema com seu toque pessoal e tão verdadeiro!Adoro seu espaço,querida amiga Cidália.Beijinhos e ótima quarta-feira,Donetzka

    ResponderEliminar
  7. Lindo soneto, nossa, a imagem é de inspirar e conseguistes nos passar essa linda inspiração!
    Amei ler querida amiga poetisa!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  8. Oi Cidalia,
    Linda poesia de amor
    Muito bem feita
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  9. Oi Cidália, lindo soneto de amor. Parabéns!

    ResponderEliminar
  10. Magnífico soneto da amor onde a saudade e solidão têm a melancolia outonal.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Cidália,
    Que belo soneto de amor com o Outono ao fundo.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  12. Que linda magia repleta de cores, um belíssimo poema, Cidália bjs.

    ResponderEliminar
  13. Belo poema. Lindo. Terno e cheio do enlevo do amor.
    Perfeito!!!!!
    Obrigado pela amizade querida amiga e poeta!

    ResponderEliminar
  14. Cara amiga Cidália, agrada-me muito poemas que trazem a natureza como pano de fundo, e a tua poesia é uma fusão do versos românticos, sensíveis, com os elementos naturais, tais como o sol, a lua, a noite, o dia, as estrelas, o vento, a chuva, o mar... Este poema está perfeito, no teu estilo. Gostei também imagem fotográfica de um dia de outono. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderEliminar
  15. O afecto é a essência da vida, tal como o amor e a amizade.
    Excelente soneto, gostei imenso.
    Tem um bom fim de semana, querida amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  16. Oi Cidália
    Obrigada pelo carinho
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. Cidalia,
    Poesia é
    Magia, Encanto e Imaginação = a Felicidade!
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderEliminar
  18. Oi Cidália,
    Linda poesia Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  19. Olá Cidália. Gostei muito do seu poema "Olhei o céu, era magia em seu esplendor".Um belo poema. Parabéns.
    Abraços.
    Pedro.

    ResponderEliminar
  20. Cidália! Adoro ler
    seus textos aos
    domingos pela manhã.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderEliminar
  21. Que maravilhoso poema! Sentimo-nos logo envolvidos pela sua magia!
    Uma imagem fabulosa que serviu de inspiração e que tu soubeste enaltecer poéticamente.
    Um abraço amiga e continuação de fabulosas inspirações

    ResponderEliminar