sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Espero-te mesmo ao entardecer

Espero-te mesmo ao entardecer
De coração aberto, disposto
Aos nossos anseios e desejos
Mesmo que sejam imaginação
De um vento que sopra serenamente
Sobre as águas que beijam sol 
E me fazem relembrar teus beijos
.
Espero-te, não importa o tempo
No silêncio há alguém que me escuta
Abro meu coração ao sentimento
Sinto que nele entras devagarinho
Qual vento sussurrando baixinho
Esperando a noite que vai chegar
Em serenidade absoluta, 
.
Ao entardecer entrego-me à loucura
Da imaginação, um brinde à vida
Contemplando o mar, como é belo,
Escuto em silêncio, as gaivotas
Dançando por nós. Pela vida vivida
Esperando que chegue a tua ternura
Mesmo que seja ao entardecer
***
Cidália Ferreira.

24 comentários:

  1. Vim deixar um beijo, no dia em que encerro o ano nos meus blogs, desejando tudo de bom! Boas festas e até janeiro! Obrigadão pela companhia nesse ano! chica

    ResponderEliminar
  2. Um poema lindo com palavras de esperança e por uma espera de um grande amor.
    Adorei Cidália.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  3. Mesmo no entardecer da vida é bom esperar e ter esperança, gostei bastante do poema minha amiga.
    Um abraço e bom fim-de-semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, Lindo poema, o romantismo prevalece, um brinde à vida que é bela, quando vivida com intensidade num todo.
    Bom fim de semana,
    AG


    É hora de respirar um pouco de ar puro,
    Um prado é verde quando é Primavera,
    E o Sol é quente mas a noite espera,
    E é hora...

    ResponderEliminar
  5. Bom dia flor!
    Ah, o romantismo, como está em falta nos dias de hoje!
    Essas palavras trazem paz e esperança pra quem lê!

    Beijos 😚

    Já conhece nosso Blog A primeira Casa
    Estamos no Facebook também Minhas Inspirações

    ResponderEliminar
  6. Bela poesia
    Adorei
    Você tem que entrar no YouTub, fazer login no gmail e escrever: sempre na minha mente
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. Cheio de romantismo teu poema. Lírico e lindo.
    Parabéns e belo dia.

    ResponderEliminar
  8. saber esperar é um meio de se conseguir ....

    bom fim de semana.

    beijinhos

    :)

    ResponderEliminar
  9. Podes esperar. Estou "preso" no trânsito aéreo mas logo logo estou chegando

    Adorei o poema

    Beijuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

    ResponderEliminar
  10. Cidália: música e poema...lindos de viver!!
    Um carinhosos abraço a ti querida.

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália, acho que não conseguiu, veja
    Clica na flechinha vermelha e sai algo diferente YouTube, clica aí e chegará no Youtube, ou no Facebook.Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  12. Não tem meio termo ou o amor ideal ou não tem amor. Tudo ou nada. Por uma ventura dessa magnitude se espera. Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Lindo demais seu poema,amiga querida.
    Desculpe a demora em visitar,mas minha conexão está péssima.

    Beijos sabor carinho e um fim de semana de paz

    Donetzka

    ResponderEliminar
  14. A passar por cá para desejar um bom fim de semana!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  15. Olá, Cidália!

    Mto agradeço os seus votos, que retribuo com mta amizade.

    Um bonito e bem estruturado poema, pouco rimado, como convém, e onde se sente o clima de espera pelo ser amado.
    Gosto mto qdo mete a natureza "ao barulho", na poesia, gaivotas k dançam, vento que faz sussurros baixinho, sem ser, propriamente, a canção bem antiga do cançonetista alentejano, Francisco José, "Guitarra toca baixinho", k já aqui foi transcrita, parcialmente.

    Sossegue o seu eu-lírico, pke ele, o bem amado, irá aparecer, chegar.

    Beijos e bom fim de semana. Em Lisboa tem estado algum sol.

    ResponderEliminar
  16. Querida Cidáliamiga

    A ternura vai chegar "mesmo que seja ao entardecer...

    ======= ATENÇÃO =======

    NA NOSSA TRAVESSA
    UM FUNERAL Á MANEIRA
    Publico hoje mais um artigo – o quarto – da SAGA DA ALZIRA com o título acima. Convido todas/os à sua leitura e comentários. Obrigado.
    Agradeço igualmente a divulgação desta informação.
    Henrique, o Leãozão


    ResponderEliminar
  17. Oi Cidália,
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  18. Oi Cidália,
    Bom fim de semana para ti também.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde Cidália,
    Linda música e Lindo poema
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  20. LINDO! LINDO! LINDO!
    Um poema magnificamente elaborado com uma magia especial e romântica. Uma espera que fez surtir memórias de paixão, carinho e que envolvida pela magia do local e pelo teu toque pessoal, fez surtir este poema.
    AMEI! Um abraço amiga e continua assim....

    ResponderEliminar