quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Iluminam meu coração os reflexos do teu olhar

Os dias fecham-se deixando a alma em tristeza
A  chuva mostra-se, traz consigo  a melancolia
Nas entrelinhas ficam sentimentos de incerteza
Como gotas que escorrem pelas ruas da agonia
.
Aragem fria, sensação de meu corpo tremendo
Adivinha o afastamento  dos dias de felicidade
Pela vidraça observo o silêncio. Está chovendo
São gotas que me lavam a alma em serenidade
.
Iluminam meu coração os reflexos do teu olhar
Lembranças que me deixaste, como luz do luar 
És a luz que me protege das nuvens carregadas
.
Cai a chuva remexendo os sentimentos de alma
Melancolia e tristeza em afastamento de calma 
Pela vidraça, recordo as coisas desassossegadas. 
****
Cidália Ferreira 

29 comentários:

  1. Me encanta venir a disfrutar de tus versos, querida Cidalia, eres todo sensibilidad.

    Un beso enorme y feliz tarde.

    ResponderEliminar
  2. Ai amiga que puras linhas cheia de emoções arrasou
    como sempre que poesia super profunda, obrigado pela visita volte sempre.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde, Cidália
    Depois da chuva o sol volta sempre a brilhar. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  4. Reflexos de luzes que chegam de um olhar,deixando lembranças de grandes sentimentos.
    Amei Cidália,você cada dia nos surpreende com seus versos.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  5. Um magnifico e belo poema minha amiga, gostei.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  6. Querida Cidáliamiga

    Continuas em forma - e de que maneira! Gosto muito de soneto e este é bem disso um exemplo. Porque, feitas as contas, é mesmo exemplar... :-)

    Qjs do Leãozão
    ___________

    QUEIXA

    Nunca mais foste à NOSSA TRAVESSA para nela comentares (como antigamente fazias...) Zangaste-te comigo? Porquê? Tratei-te mal? Insultei-te? Tenho a certeza de que não o fiz...

    ResponderEliminar
  7. Boa noite, querida Cidália!
    Lindo poema onde o coração irriquieto verseja lindamente fazendo-nos saborear tantas palavras ternas...
    Bjm muito fraterno

    ResponderEliminar
  8. A chuva mexe mesmo com os sentimentos. Observar a chuva por uma vidraça pode ser tão melancólico quanto lindo.
    Hoje mudei o horário só para não deixar de dar uma passadinha por aqui.

    Deixo beijos de boa noite.

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Que o coração esteja sempre iluminado.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  10. Pingos de sedução em reflexão de amor. Lindo poema.
    Deixo um beijo como gota de chuva.

    ResponderEliminar
  11. Iluminados versos amiga! Parabéns, gostei de tudo por aqui, bjss carinhosos

    ResponderEliminar
  12. Um soneto magnífico.
    Gostei imenso querida amiga.
    Cidália, tem um bom resto de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  13. Parece que qdo chove o céu é lavado, e a nossa alma aqui tb se lava.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  14. Sempre arrasando, obrigado pela visita volte sempre.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDAR

    ResponderEliminar
  15. Um poema arrebatador cheio de carinho que emociona o coração de quem lê, em geral, e em particular o de uma mulher. Amei e fiquei emocionada
    .
    Deixo uma caricia.

    ResponderEliminar
  16. Gostei demais Cidália
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  17. MAGNÍFICO!!!!!!! Não obstante de ser imprescindível, a chuva nunca vem só e traz sempre melancolia e tristeza.
    Usaste estas emoções e construístes um poderoso poema, com intensidade, rima e palavras perfeitas. ADOREIIIIII...
    Um abraço amiga e ótimas inspirações

    ResponderEliminar
  18. Não gosto muito de chuva mas adorei o teu poema,absolutamente deslumbrante!! Desejo-te um super fim-de-semana!! Muitos beijinhos e fica bem,minha querida!!

    ResponderEliminar
  19. Nada como a chuva para acalmar os desassossegos ...
    bjinhos e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  20. Cidália, admiro a sua capacidade para fazer sonetos com esta qualidade.
    Este está melancólico mas muito bonito.
    Um beijinho e bom final de semana

    ResponderEliminar
  21. Chuva e melancolia de mãos dadas neste excelente soneto!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  22. Passando para ti deseja bom final de semana, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  23. A chuva trazendo saudades.
    Maravilhoso poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  24. Oi Cidália,
    Adorei a poesia
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar