quarta-feira, 10 de agosto de 2016

...No pensamento, a alegria de um dia voltar

Enquanto  respirava o cheiro da maresia
As coisas passavam pelo meu pensamento
Nesta caminhada com vontade em extasia
Pelo paredão que me elevou o sentimento
.
Como os raios de sol  me seguem na vida
Uma brisa me sussurra e me sopa o rosto
Olho em frente sigo sem medo, precavida
Dos raios procurando meu corpo exposto
.
No céu o sol brilhava e a brisa era o calor
Nuvens raiadas dançavam espalhando cor
Nesta caminhada de pensamentos selados
.
No areal deixava marcas de pés cansados
Na água, a saudade d'utrora para recordar
No pensamento, a alegria de um dia voltar
****
Cidália Ferreira 

21 comentários:

  1. Belo poema. A certeza de um dia voltar é sempre um incentivo.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  2. Termos a certeza de um dia voltar é maravilhoso, tal como o teu poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Essa é a certeza!
    Um dia voltar e recomeçar.
    Bjs Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. Hummmm... voltar às vezes é complicado!!!
    Espero que em tua volta, o tempo tenha mantido algumas coisas sem mudar.... A volta, no mesmo tom, é sempre difícil!!!

    ResponderEliminar
  5. Vivemos pela esperança querida amiga, um dia... quem sabe?
    Lindíssimo!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  6. Que maximo sempre arrasando amei
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  7. Temos que ter sempre a certeza de um dia voltar, belíssima poesia, Cidália bjs.

    ResponderEliminar
  8. Oi Cidália,
    Linda poesia: O bom filho à casa volta.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  9. Que linda poesia, o mar sempre a lhe inspirar, adoro isso, amo o mar, tens uma linda forma de nos dar essas belas poesias de amor!
    Abraços linda amiga!

    ResponderEliminar
  10. OI CIDÁLIA!
    LINDO!
    A CERTEZA DE UM DIA VOLTAR, ALIMENTA A ALMA EM QUALQUER TIPO DE SEPARAÇÃO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. a passar por cá para desejar um ótimo dia!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  12. Olá minha linda amiga.
    Que belo poema originou a tua caminhada pelos passadiços da praia. Que bem que ficaste, pena realmente não te queres expor. Na próxima dá um toque que tomamos lá um café, ok?

    Beijinhos para ti e para os teus.

    ResponderEliminar
  13. Lirismo, paixão e natureza, ingredientes deste belo soneto, características peculiares do vosso estilo.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde.

    ResponderEliminar
  14. Todo um leque de sensações, impressões deixadas, indeléveis, mas, fortemente marcadas. Gostei, Cidalia. Beijos!

    ResponderEliminar
  15. Oi Cidália,
    Entendi o seu recado e, sofri junto.
    Muito triste poesia. Reaja aos seus problemas
    Você merece um mundo de flores perfumadas.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  16. Há que manter sempre a esperança no dia de amanhã.
    Belissimo poema
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  17. Lindo...lindo...lindo pema assim como a tua foto!
    O mar, o seu cheiro e um passeio no paredão fazem milagres e fazem-nos reflectir.
    Falo por mim, quando chego antes das 8 da manhã à praia, perto do mar sinto-me noutro mundo e a minha mente vagueia.
    Um abraço amiga

    ResponderEliminar