quarta-feira, 11 de maio de 2016

Procurei passar, escapar desta chuva

Procurei-te em todo o lado, mas chovia 
E naquela rua, parei, fiquei olhando
Não te encontrei, a chuva caía 
Pelas veredas da noite escura
Senti que a chuva me ia molhando,
O Silencio ensurdecia os amantes 
E nela, os momentos marcantes
Ao cair insistentemente
Que me deixava tão deprimente,
.
Procurei passar, escapar desta chuva
Apreciando o mais belo cenário,
As luzes brilhavam em espelhos de água
As valetas enchiam, a tristeza pairava
Parecia que tudo andava ao contrário
A chuva não dava descanso,
Fogem chapéus sozinhos ao vento
Por culpa do próprio tempo
Escapam-se tomando balanço,  
Nesta noite escura bastante chuvosa    
Consegui encontrar-te no momento
Em que meu coração já chorava.
***
Cidália Ferreira.

27 comentários:

  1. Um encontro bem esperado,após uma grande procura.
    Cidália,você quando escreve e lemos,vivenciamos cada palavra do seu poema.
    Lindo!
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Que bom que em meio ao caos da chuva e ventania, tiveste esse encontro lindo! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Nem um dia de chuva te rouba a inspiração amiga! Lindo demais! Adorei! Apesar dela não dar descanso conseguiste encontrar o teu amor! Um grande abraço amiga e que o resto da semana te traga muitos bons momentos.

    ResponderEliminar
  4. Bom dia Ci,

    Que imagem mais linda amiga e seus versos sempre perfeitos.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde, Se a chuva não lava, as tristezas vão com a chuva.
    AG

    ResponderEliminar
  6. Que lindo por aqui, o visual do blog, a música, a imagem inspiradora, amo a chuva, em seus versos nos remete ao mundo mágico da poesia!
    Ainda bem que houve o encontro no final, depois da depressão do tempo chuvoso, apesar que amo a chuva sempre, ela me dá a sensação de limpeza da alma!
    Abraços linda poetisa!

    ResponderEliminar
  7. O coração chorou mas, logo a seguir, surgiu a recompensa.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Olá Cidália
    O encontro aconteceu apesar da chuva. Linda imagem. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  9. Oi Cidália
    Uma poesia linda e feliz
    Viva?
    "nunca esqueci meu pai mesmo"
    Beijos
    minicontista2

    ResponderEliminar
  10. Amiga lindo poema como sempre falando em chuva aqui
    em Olinda/PE estar chovendo muito
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  11. Puxa, minha amiga, que poema encantador até a imagem é uma maravilha. Este ano a chuva teima em não nos deixar, é saturante, mas resulta de bons poemas nas mãos da poetisa. Gostei muito.

    Beijinhos para ti e para os teus filhotes.

    ResponderEliminar
  12. Lindos versos Cidália
    Um encanto
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  13. Boa noite, Cidália.
    Achei que não fosse ter final feliz, que bom que teve.
    Parabéns.
    Indiquei teu blog para receber o Prêmio Dardos.
    A postagem está no Carinhos Em Selos
    Beijos na alma.

    ResponderEliminar
  14. Tem coisa melhor do que namorar na chuva!!!
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  15. Um belo poema com um final feliz.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  16. A chuva como inspiração. Lindo.
    Bjuuuuuuu

    ResponderEliminar
  17. O pensamento...o imaginário ... o querer ... a força e o desejo...feito sentimento de amor ... em pingos de chuva, abençoada pela presença do chapéu vermelho...de pureza e ousadia.

    lindíssimo o teu poema

    bjo

    ResponderEliminar
  18. mesmo com a chuva o amor aconteceu!
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  19. A amiga consegue transformar cada momento em excelente
    poesia. Que lindo este seu poema - que a chuva provocou-.
    Gostei mesmo muito.
    Desejo que se encontre bem.
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  20. Não é qualquer chuva que atrapalha o amor.
    Magnífico poema, gostei imenso.
    Continuação de boa semana, querida amiga Cidália.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  21. Oi Cidália
    Obrigada pelo carinho
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  22. Muitas vezes é difícil escapar da chuva, Cidália bjs.

    ResponderEliminar
  23. Cara amiga Cidalia, poetiza dos versos líricos, apaixonados, tendo ao fundo os adornos da natureza. Um abração daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa noite.

    ResponderEliminar
  24. E como deve ter sido reconfortante o encontro.
    Lindo poema.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  25. Nada melhor que uma surpresa assim, quando menos esperamos, quando já desesperamos, quando... Beijos Cidalia.

    ResponderEliminar
  26. Muito bonito falar da chuva no poema
    eu achei encantador ....boa noite com
    bons sonhos e que tenha sempre o romantismo na alma

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar