terça-feira, 8 de dezembro de 2015

São momentos e horas de fraqueza

São momentos e horas de fraqueza
Sentimentos  que me ferem a alma
São  lágrimas  de pesadelo e frieza
São estas hora me roubam a calma

São palavras de  nula interpretação 
Que me fazem sentir mal  deste jeito
São lágrimas que ferem meu coração
Sufocante tristeza bateu no meu peito

Momentos, em que a ti me dedicava 
Não saberás o quão me és importante
Estas lágrimas que hoje não esperava
Lavaram meu rosto tão insignificante.
****
Cidália Ferreira

23 comentários:

  1. Menina, nossa, lindo e profundo, saiu de dentro da alma, sua linda alma poética!
    Amei ler!
    Abraços bem apertados linda amiga poetisa!

    ResponderEliminar
  2. Tão triste Cidália...espero que não sejam mais que palavras cheias de sentimento, mas que não sejam os teus.

    ResponderEliminar
  3. Oi Cidália
    Suas poesias são lindas, apesar de saber que há beleza até na tristeza.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  4. Não, o teu rosto não é insignificante. Tal como as tuas lágrimas não são insignificantes, mas uma forma de lavar a alma.
    Gosto muito de ti, Cidália.
    xx

    ResponderEliminar
  5. Oi querida boa noite, que o grande Deus esteja sempre contigo, bjs no teu coração.

    ResponderEliminar
  6. Olá, querida Cidália
    Lágrimas derramadas injustamente são compensadas por Deus que nos alivia...
    Bjm fraterno

    ResponderEliminar
  7. Amiga a vida e cheia de alto e baixo mais a vida continua, as vezes
    não vale a pena viver esse sentimento, e devemos nos amar mais.
    Vídeo novo:https://www.youtube.com/watch?v=QTTJlojHXF8
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  8. Em absolutamente nada na nossa vida,devemos sentir-nos fracas,acho que a vida deve ser bem aproveitada,é claro que todos nós temos os nossos momentos maus mas devemos aproveitar esses momentos para pensar o que poderemos fazer para que esses momentos se tornem bons!! Muitos beijinhos,felicidades para ti,fica bem!! http://cenasemaiscenas29.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Lágrimas de um amor muito profundo...
    Estas inspiram os melhores poemas.
    Bom dia, minha querida.
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Quando o amor solta seu grito
    Ecoa pelas paredes da alma
    No olhar um sentir esquisito
    Que nem um beijo acalma
    .........
    Poesia tão triste mas tão triste que me deixou triste por a saber triste, óh que tristeza tão triste.

    ResponderEliminar
  11. Muito belo minha amiga este poema.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Lindo poema!!!!!!! Ótimo dia!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  13. Tristemente lindo!
    Identifico-me!!

    Beijo...Estou por aqui--> http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Toda a gente tem, minha linda, momentos de fraqueza...só que nem toda a gente os transforma assim em bonitos poemas.


    Boa semana, Ci

    ResponderEliminar
  15. Poema lindo mas com uma mensagem e emoção tão forte que trespassa o coração!Um sufoco da alma transportado para as palavras! Apesar de tanta tristeza não deixa de ser belo pela sua construção. Muitos beijinhos Cidália e força...

    ResponderEliminar
  16. Um triste poema sentido e escrito por uma alma sufocada por palavras bem profundas.
    Lindo.
    Adorei amiga Cidália.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  17. Versos tristes... Mas são momentos que logo passam. Pois assim é a vida, entre lagrimas e sorrisos. Bjus querida e obg pelo carinho

    ResponderEliminar
  18. Oi Cidália,
    Poesia triste, mas muito linda.
    Cada um escreve o que dita o seu coração
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  19. Super linda mais triste
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=QTTJlojHXF8
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  20. Arrasou querida amiga.
    E Deus, na beleza do teu coração, te ama e está contigo!
    Uma noite ótima!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  21. Lembrou os poemas de Florbela Espanca, de repente... Beijos!

    ResponderEliminar
  22. Momentos de melancolia que costumam nos envolver, vez ou outra. Não há insignificância no rosto, nem nas lágrima, humanos e frágeis que somos. Bjs.

    ResponderEliminar