quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Deixamos os sonhos e a beleza partir

Olho o verde dos  jardins que imaginei 
Para nossa felicidade, nas  entrelinhas
E do perfume libertado eu te entreguei
Sonhos emoldurados por mãos minhas

Os sonhos da natureza que embelezam
Os  mais  ricos, férteis  e belos talentos
São os olhares que de tristeza  alegram
Os passeios da imaginação dos atentos

Deixamos  os sonhos e a beleza partir
Sentimos chegar  a tristeza ao coração
Deixamos  para trás as lágrimas a cair
Ao deixar os jardins d'nossa perdição.
****
Cidália Ferreira

20 comentários:

  1. Lindo e belo poema minha amiga e aproveito para desejar um Bom Ano Novo.

    ResponderEliminar
  2. Lindo!!!!!!!!!!!! Ótimo dia, Cidália!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  3. Lindo e triste amiga Cidália,mas não vamos deixar os sonhos e a beleza da vida partir.
    O sonhos nos levam à navegar em um barco mar afora e deixamos para trás as desilusões e assim apreciamos o quanto é importante a beleza da vida.
    Que o Mestre Divino nos dê esse prazer de sonhar e viver.
    Bjs com carinho e um Feliz Ano Novo ao lado dos seus familiares e amigos.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. A "menina" ainda agora chegou do «paraíso» e já está com saudades ????
    Dizem que o Novo Ano, só vai entrar em Março, por isso podia ter saboreado o Mês de Janeiro que deve ser fresquinho, por aquelas paragens !!!!
    Beijinho e FELIZ ANO NOVO.
    - BOAS ENTRADAS !!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Cidália
    Desejo-lhe um 2016 repleto de saúde, amor, alegrias e muita paz!
    Beijinhos,
    :)

    ResponderEliminar
  6. Passei para desejar um feliz 2016. Um beijinho!

    ResponderEliminar
  7. Lindíssimo poema onde se nota no emissor uma certa nostalgia de amor.

    Feliz ano de 2016

    ResponderEliminar
  8. Marco Aurélio - Brasil30 de dezembro de 2015 às 15:55

    Outro lindo poema, num contexto inteligente de uma retomada de novos sonhos e novas venturas.
    Desejo-te o mais maravilhoso ano de tua vida Cidália.
    Um abraço simples, desse blogueiro humilde e simples que muito te admira....

    ResponderEliminar
  9. Boa tarde Cidália,
    Belíssimo poema!
    O que passou dar-nos-á força para seguir em frente.
    (Lindo esse piano em flores talhado;)!
    Beijinhos e Feliz Ano Novo!
    Ailime

    ResponderEliminar
  10. Mas é importante sonhar...
    Belo poema, gostei imenso.
    Cidália, gostei imenso de conviver contigo durante o ano que agora acaba.
    Minha querida amiga, desejo-te um FELIZ ANO NOVO, tal como à tua família e aos que te são mais queridos.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Poema maravilhoso amei.
    Desejo a você e família chuva de benção em cada vida, Obrigada a você pela visita no meu blog em 2015 que continue em 2016, e que DEUS continue abençoando todos em 2016 com 365 dias de muitas sucesso e felicidade e atitude, 52 semanas de saúde, paz , foco, prosperidade, 12 meses de amor e carinho, 8.760 horas de paz e harmonia, Que neste novo ano você tenha milhares de motivos para sorrir.

    ResponderEliminar
  12. Olá, Cidália!

    Não sei se já está em Portugal ou não, mas de qualquer forma aconselho-a a que cntinue a sonhar e a procurar jardins, sempre verdes.

    FELIZ ANO NOVO.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  13. Lindo e melancólico poema. Tenha um feliz ano novo, Cidalia, pra você e os seus de saúde e paz.

    ResponderEliminar
  14. Querida amiga Cidália, vosso poema soa qual música para meus ouvidos. Um abraço daqui do sul do Brasil. Desejo-vos boas festas.

    ResponderEliminar
  15. Ah não, o sonho e a beleza ficam para sempre em nós. No nosso coração.
    Muito bonita a foto!
    Espero que tenhas passado uns belos dias com os teus filhos e netas, e que tenhas umas boas entradas. Que o novo ano te traga tudo o que desejas.
    xx

    ResponderEliminar
  16. Feliz 2016 para vc e familiares
    Paz, saúde e realizações
    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Bom dia,
    último dia de 2015 e daqui a pouco estaremos em mais um ano novo. Desejo que seja cheio de realizações e que realize muito projetos.
    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  18. Fabuloso poema cuja inspiração veio dum momento de tristeza...deixar para trás a felicidade. Adorei amiga Cidália. Este poema é duma construção e emoção impar. Um abraço para ti

    ResponderEliminar