quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Não chovia, mas estava triste...

Não chovia, mas estava triste
O tempo, em seu estado
Cinzento e mal tratado
Sentimento que persiste,
Não chovia, mas eu chorava
De alma despedaçada
Acompanhada da solidão
E do ruído das palavras
Que meus olhos silenciavam,
Não chovia mas eu esperava
De coração apertado
Ver-te partir é tão duro
Como é duro o sofrimento
De quem espera o nada 
Nesta abandonada estrada,
Não chovia mas sentia
Que a tristeza não me largava,
Mas sozinha eu confesso
Que de ti eu sinto falta.
***
Cidália Ferreira

29 comentários:

  1. Triste solidão esperando pelo amado.
    Lindas palavras amiga Cidália.
    Bjs e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Oi Cidália,
    Uma poesia de solidão por ver seu amor partir.
    Não é fácil não
    Abç
    Minicontista2

    ResponderEliminar
  3. Oi Cidália!
    Mesmo sofrendo, ainda o quer tanto. Assim é o amor!
    Lindo amiga!
    Um grande abraço com carinho!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  4. Lindo, acho que quando a pessoa amada está longe, mais aumenta o amor!
    Amei ler amiga Cidália!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  5. A ausência do amado a provocar a mais triste solidão.
    xx

    ResponderEliminar
  6. Triste e bonito... mas sendo bonito já basta. A tristeza passa, mas a beleza do poema, não. Parabéns, Cidália. bj

    ResponderEliminar
  7. O poema é lindooo!!
    A solidão é que é triste.
    Uma excelente noite
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Mais um belo poema apesar da triste solidão.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. Bom dia

    Vaguear do sentimento pelas estradas estreitas do coração
    Poema cheio de amor e sentimento
    Bjo.

    ResponderEliminar
  10. As saudades despertam as mais lindas poesias... mesmo tristes, de muito sentimento e beleza.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália,passando para agradecer as palavras deixadas em meu espaço.
    Bjs e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  12. As vezes a tristeza vem e toma conta da gente

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  13. Maravilhoso, mesmo triste o amor permanece, Cidália beijos.

    ResponderEliminar
  14. muito nostálgico....

    :(

    bom fim de semana.

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  15. A ausência, do ser amado ou de um amigo do peito, é sempre dolorosa.
    O poema reflete essa dor com enorme nostalgia. Mas é muito bom.
    Cidália, tenha um bom fim de semana.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  16. O verdadeiro amor nunca esquecemos, bom final de semana.
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  17. Belíssimo e tão sofrido poema!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  18. OI CIDÁLIA!
    QUANDO A TRISTEZA, ENCANTA.
    LINDO TEXTO.
    ABRÇS
    -
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  19. Olhe, eu fico alegre.... quando chove!

    Saudações poéticas!

    ResponderEliminar
  20. Gosto de poemas molhados de chuva.
    Sempre assim lindo emotivo e com um quê de tristeza.
    _tão próprio dos amantes!
    beijos

    ResponderEliminar
  21. Lindo,apesar de triste,querida amiga poeta Cidália. Toda despedida é triste,mas muitas delas não são um adeus e sim um "até breve".A roda da vida gira,amiga! E reencontros acontecem!

    Desculpe a ausência,mas meu computador de mesa quebrou ,estou num lap top e mal enxergo nele.

    Obrigada pela visita no meu niver dia 26/11 e um fim de semana de paz profunda.

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderEliminar
  22. Sábado abençoado para você e familia amiga.
    Novo Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=06avCiMDYGA
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  23. A melancolia e solidão estão bem presentes neste poema e não o tornam menos belo, devido à forte carga emotiva e genialidade na sua construção. Um grande abraço amiga e continua a prendar-nos com as tuas belíssimas inspirações

    ResponderEliminar
  24. Sentirmos falta das pessoas que mais amamos é triste mas traz-nos boas recordações,sabe imensamente bem recordar as pessoas que mais prazer nos deram e dão ao longo das nossas vidas!! http://cenasemaiscenas29.blogspot.pt

    ResponderEliminar