quarta-feira, 9 de setembro de 2015

O Sabor do relento.

Neste lugar vazio ao tempo
Esperava, incontrolada 
O momento da chegada
Era um tudo, ou nada
Ou simplesmente o relento,
Cinzento era o momento
As nuvens eram carregadas
De alegrias e tristezas
Que se afastavam de mim
Deixando-me só e pensando
No sol que desaparece,
Por entre sombras me aquece
Neste lugar vazio,
Espero sozinha sem medo
De costas voltadas ao vento
Olhando o tempo cinzento
Trazendo a noite, o frio
E o sabor do relento
Onde te espero com brio.
***
Cidália Ferreira

27 comentários:

  1. Lovely post dear Cidalia!

    I more love to cook, and everyone loves the food. I invite you to my blog.
    Your blog is amazing!
    Would you like to follow each other on GFC? I would love it!

    http://vkusnosbety.blogspot.bg/

    ResponderEliminar
  2. Lindo um belo poema e quem espera sempre alcança.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Linda espera ,como sempre inspirada! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. Esperar é ter a satisfação que vai alcança belo poema
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  5. Veste uma roupinha mais quente... é que a demora da chegada pode ser longa, looool
    Mais a sério: Gostei dessa solidão tendo o relento como feliz testemunha
    Bju

    ResponderEliminar
  6. Vale muito essa espera.
    Lindo Cidália.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  7. Dizem que "quem espera sempre alcança" eu nem sempre acredito nisso, mas é bom ter fé na vida!
    Abraços linda amiga!

    ResponderEliminar
  8. Oi Cidália querida


    Também acho que a inspiração tem andado ao teu lado...
    Lindo poema...


    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  9. Mais um excelente poema da amiga. Gostei muito,
    Desejando que se encontre bem.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  10. Oi!
    Nossa!! Mais um lindo poema maravilhoso.
    Beijokas!!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. Inspiradíssima amiga! Lindo, adorei.
    Beijos, boa semana!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  12. Espera linda e sem medo,gostei,querida amiga Cidália.

    Sem medo foi maravilhoso!

    Você é uma amiga muito amada!

    Obrigada pela visita e linda semana.

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderEliminar
  13. É doce a espera quando o coração está cheio de amor.
    Belo poema, como é seu feitio,
    Abraço poetinha

    ResponderEliminar
  14. Quem nunca esteve no relento né? À espera de um milagre ou mesmo um sinal de esperança?? belo poema..Parabéns!!

    Beijos,
    Gleise
    http://esposasintercessoras.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  15. Boa noite Cidália!
    Mais um belíssimo poema que adorei..
    Bjs

    ResponderEliminar
  16. Oi Cidália
    Lindo demais seu poema
    Beijos
    Dorli Ramos

    ResponderEliminar
  17. Passando pra ti deseja um dia maravilhoso bela poesia
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  18. Como dizia o pensador anónimo "saber esperar é uma virtude" e é mesmo!
    Parabéns amiga por mais este excelente poema!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  19. Com a ansiedade da chegada do ente amado nem o frio sentias.

    Excelente poema.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  20. Sempre estamos esperando algo.... Bj Lisette.

    ResponderEliminar
  21. Verdade Cidália!Temos que esperar!
    Assim diz o ditado;Quem espera sempre alcança...
    Parabéns!!Lindo poema.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  22. Poema triste, melancólico, belo. Beijos, Cidalia!

    ResponderEliminar
  23. uma espera reflexiva e algo melancólica.
    beijo
    :(

    ResponderEliminar
  24. Triste, porém lindo Cidália! Parabéns!!!
    Beijos e beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. A solidão e a tristeza duma espera sem fim, são emoções aqui dominantes! Apesar de serem sentimentos negativos e tristes, tu consegues com eles compor das mais belas poesias que já li. Parabéns amiga e continua assim...brilhando entre as palavras e entre nós! Beijinhos

    ResponderEliminar