segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O Outono chegava em beleza aos Campos.

Enquanto esperava o sol
Que envergonhado se escondeu de mim
Caminhei sem destino, sem fim
Pelos campos vazios, sem nada
Sem malqueres que pudesse apanhar
Para ao meu amor, eu ofertar,
As borboletas já se afastaram
Os grilos esperam outro tempo
Despem-se as árvores dos seus segredos
Voam folhas ressequidas sem medos,
E enquanto esperava o sol
Deitei-me sobre a erva resistente
Sonhei com o tempo de antigamente
Em que pelos campos andava contente
Onde cresci com a natureza
Apreciando colheitas e seus encantos,
Enquanto esperava meu rosto sorria
E o Outono chegava em beleza aos campos.
***
Cidália Ferreira

28 comentários:

  1. Linda poesia e acolhimento do outono...bjs ,boa semana,chica

    ResponderEliminar
  2. Um belo poema a condizer com este Outono que temos.
    Um abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
    Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
    Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
    António Batalha.
    http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Marco Aurélio - Brasil28 de setembro de 2015 às 11:20

    Querida amiga lusitana.... poeta de palavras sensíveis, românticas e apaixonadas.
    Eu, infelizmente, não conheço o outono europeu.... mas, nas tuas palavras posso viajar nas letras de tua poesia e sentir toda a beleza dessa estação...
    Um beijo amigo!!!

    ResponderEliminar
  5. O outono enche a vida de esperança amo, sempre arrasando
    com os seu lindos versos, tenha uma semana abençoada.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  6. Um poema maravilhoso,que nos faz viajar nas palavras.
    Adorei ler seu belo poema.
    Bom dia Cidália.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  7. Lindo poema!!!! Ótima semana!!!!!!! Beijos

    ResponderEliminar
  8. Muito linda poesia Cidália!!!
    Tenhas um bom dia e semana!!!
    Beijos

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Olá Cidália que prazer sempre ver algo teu continua beijos.

    ResponderEliminar
  10. Oi Cidália,o outono também tem seus encantos.
    Muito lindo seu poetar.
    Bjs e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia

    ResponderEliminar
  11. E que ele te traga alegrias e encantos.

    bjokas =)

    ResponderEliminar
  12. Feliz homenagem ao Outono em palavras de carinho e amor.
    Muito bonito de ler
    Bjo

    ResponderEliminar
  13. Entrar neste blog e ouvir o "I can't help myself" foi uma surpresa agradável... Não a ouvia há muito tempo!

    http://www.perdidaemcombate.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Oi Cidália
    Deitar na relva e esperar o sol deve ser uma delícia, mas gostoso e sentir na pele um orvalho geladinho.
    Lindo a sua poesia.
    Beijos
    minicontista

    ResponderEliminar
  15. Uma bela inspiração de Outono, e de lembranças de outros tempos!
    Muito bonito, Cidália!
    xx

    ResponderEliminar
  16. Poema muito bonito e alusivo à estação que acabou de entrar. Adorei

    O Gil António escreveu, gostava que lesse....Beijos. Uma semana Optima...http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  17. um hino ao outono.
    muito belo!
    boa semana.
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  18. Que maravilha esse outono. Eu particularmente gosto muito do outono, pois simboliza renovação, desgarrar de velhas coisas para que sujram novas. Assim deve ser também no nosso coração. Parabéns, Cidália.

    ResponderEliminar
  19. Que belo hino ao Outono! A estação das folhas a caindo, campos desertos sem flores, animais que se refugiam para hibernar! Mas tal como a outras estações, esta tem o seu encanto e pegaste nele como protagonista do teu poema, que adorei pela sua beleza outonal. Um abraço e uma semana feliz Cidália

    ResponderEliminar
  20. Maravilhoso poema.
    O outono chega de mansinho e vem anunciando que em breve a natureza vai descansar para surgir novamente na primavera cheia de vida e beleza.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  21. Linda homenagem ao Outono, com fantástico poema.
    Bjs

    ResponderEliminar
  22. Cidália Ferreira, gostei muito poema, não só por ter a qualidade com que nos habituaste, mas também porque me diz muito. Nos campos, está aí a época que considero, de eleição, Agora e no mês de Outubro que vai entrar.
    Abraços

    ResponderEliminar
  23. Sempre dando show de poesia
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  24. Lindo poema Cidália, uma das estações que mais gosto é o outono. E a paisagem do outono tem sua beleza.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar