terça-feira, 15 de setembro de 2015

Longo é o caminho...

Longo é o caminho, como  é longo o  sofrimento
Que invade a minha  alma pelas  veredas da vida
Toma-me por inteiro, faltam forças  no momento
Que sou amargurada por palavras, causam ferida

Longo é o caminho que quero caminhar  contigo
Sem que me deixes sozinha ao abandono que dói
Construí em ti o castelo de fantasia, não o castigo
Mas  neste longo caminho só a tristeza me  corrói

Deixaste-me na solidão, mergulhada na tristeza
Desesperada, olho a lua confesso o meu  anseio
Que traga a tua presença, carinhosa sem dureza

Não esqueço  um caminhar de longa recordação
Quando meus sentimentos  entrego e com receio
Longo é o caminhar que faz sofrer meu coração.
****
Cidália Ferreira.

30 comentários:

  1. Mas que poema maravilhoso, não obstante ser dominado pela amargura, solidão e ansiedade. São emoções poderosas que juntamente com as tuas sábias e sensíveis palavras constróis belos poemas. Adorei Cidália! És uma fantástica poetisa e de provas dadas. Muitos beijinhos e semana plena de emoções e momentos bons.

    ResponderEliminar
  2. Excelente poema de uma tristeza profunda!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Soneto lindo que define a dor e tristeza profunda, o coração sente e a sensibilidade inspira!
    Amei ler amiga poetisa, deixo abraços apertados!

    ResponderEliminar
  4. Caminho e sofrimento sempre andam juntos, Cidália tenha uma ótima semana beijos.

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália um poema triste,mas com grande profundidade e beleza nas palavras,
    Bjs,obrigada pela visita e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Cara amiga Cidália, repito o que tenho dito: tu és a poetiza que canta a paixão e a natureza, com musicalidade. O poema de ontem "Pela praia em alvoroço" trouxe-me belas recordações da minha juventude.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderEliminar
  7. Oi, Cidália,
    Uma poesia triste, mas cheia de encantos.
    Beijos no coração
    minicontista

    ResponderEliminar
  8. Ci

    Tudo tem o momento certo para acabar.
    Tudo tem o tempo certo, hj podemos estar vivendo um tempo de tristeza, mas ele não é eterno.
    Logo a alegria volta, de mãos dadas com a esperança.
    bjokas =)

    ResponderEliminar
  9. Um poema envolto numa tristeza profunda mas nesse registo simplesmente BRILHANTE
    Bjo

    ResponderEliminar
  10. Um poema lindo , apesar da tristeza e do sofrimento que emana em cada verso.
    Adorei!

    ResponderEliminar
  11. Oi Cidália!
    Muito triste teu poema amiga...
    Mas magnífico! Muito bem inspirado!
    Beijos, boa semana!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  12. Olá, Cidália!

    Como está? Por aqui, tudo igual e normal.

    Já tenho pensado como, quase todos os dias, consegue escrever, ter sempre inspiração e assunto diferente. Eu não consigo. preciso, sempre, de uma frase k alguém me disse, de um facto k me contaram, enfim, preciso de um arranque.

    Este seu poema, felizmente, que não corresponde à sua realidade sentimental, pke tem um marido maravilhoso e mto atento a si e ao seu bem estar, contudo, pçoesia é poesia, e quem escreve tão assiduamente tem de procurar assuntos diversos.

    É um poema de tristeza, de um longo caminho, penoso, e tudo por causa de um amor.
    Continue a escrever, pke, tal como já lhe disse qto mais escrevemos, mais aprendemos e mais capacidades vamos suscitando e despertando.

    Beijos e boa semana.

    PS: faça-me, um favor, Cidália! A Dorli k a comenta sempre deixou hoje um comentário no meu blogue, só que qdo acedo ao dela, e ela já sabe desta situação, continua a aparecer uma página com publicidade, k não me deixa comentar o post dela. Transmita-lhe este recado. Muito obrigada!

    ResponderEliminar
  13. Retificando: POESIA, e não, como por erro de digitação, escrevi.

    As minhas desculpas, Cidália!

    ResponderEliminar
  14. O caminho é longo mais a vitoria é maior poema lindo arrasou
    como sempre, tenha uma semana abençoada.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  15. Lindo poema, passei para te desejar uma maravilhosa semana ,produtiva e abençoada, bjs.

    ResponderEliminar
  16. Como sempre muito bem escrito e sentido.
    Mas não gosto muito de a sentir com tendência
    para a tristeza.
    Bjs. e desejos de que esteja bem.

    Irene Alves

    ResponderEliminar
  17. Melancólico e lindo poema!Beleza! bjs, ótimo dia! chica

    ResponderEliminar
  18. Um soneto tão sofrido, mas tão bonito!
    Boa semana, Cidália!
    xx

    ResponderEliminar
  19. Bom dia Cidá... por mais longo que o mesmo seja sempre vamos passar por ele e sair vitoriosos ao seu final.. bjs e feliz dia

    ResponderEliminar
  20. Muito triste, super belo. Poema cheia de emoção, feita dor de pensamento de saudade.
    Lindo de ler.

    ResponderEliminar
  21. Longo é o caminho
    mas é em frente
    e é urgente

    E acredite
    que todo o sofrimento
    melhora nossas vidas

    Para um novo momento...

    Com ternura, gostei do que li
    e do que encontrei!

    Maria Luísa

    "os7degraus"

    ResponderEliminar
  22. Boa tarde, poema lindo, revelador amor e sofrimento, nenhum caminho desejado é longo.
    AG

    ResponderEliminar
  23. Oi Cidália
    A vida é cheia de surpresas Cidália, temos que ter forças para vencê-las
    Beijos
    Dorli Ramos
    Fiquei sem internet por mais de 4 horas

    ResponderEliminar
  24. Lindo, maravilhoso, adorei!
    A Cidália é uma grande POETISA! gosto muito de ler seus poemas.
    Bjs

    ResponderEliminar
  25. Cidália, que lindo o poema, mas no fim do caminho, por longo que pareça ser, sempre
    existe o que esperamos, beijo amiga

    ResponderEliminar
  26. Boa noite, Cidália!

    Como está?
    Venho agradecer a sua gentileza, amabilidade e prestabilidade, em relação ao pedido k lhe fiz, ontem.

    Feliz noite.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  27. Lindo poema, mas sofrido demais para meu coração que ainda dói.

    Bjs

    Tânia Camargo

    ResponderEliminar
  28. Belo demais,apesar de triste,querida Cidália!

    Os caminhos da vida nos reservam de tudo um pouco.

    Importante é passar pelos não tão felizes com esperança de que outros virão,ditosos, mágicos,alegres!

    É a roda da vida! Ora em cima,ora não.

    Mas sempre surgirão os dias de felicidade plena.É aproveitar cada momento,cada minuto,que são únicos.

    Aproveitei que a conexão melhorou para comentar mais de 1 post seu.

    Linda sexta e fim de semana

    Beijos sabor carinho

    Donetzka

    ResponderEliminar
  29. Caminhos de solidão machucam os pés, mas também servem para nos lembrar os trechos verdejantes já percorridos em companhia de um grande amor.
    Sensibilidade extrema, a tua.

    ResponderEliminar