sexta-feira, 5 de junho de 2015

Regresso ao local onde deixei meu pensamento.

Regresso ao local onde deixei o meu pensamento
Pela areia molhada com brilhos de raios dourados
Caminho serenamente sem desfrutar do momento
Que meu coração anseia, como beijos açucarados

Flutuam os pensamentos em ondas que se afastam
Acalmam no seu esplendor, como o dia que acabou
Sussurros feitos às ondas, são momentos que calam
Meu coração  insatisfeito que procura o que deixou

Nas caminhadas incertas ficam marcadas na areia
Pegadas de um sentimento, procurando a verdade
Mas que as ondas levaram, meu coração devaneia

Olhar o horizonte e ver pedaços do nosso carinho
Perdidos na incerteza, mas que deixou na saudade
Que alimenta o meu eu e me faz seguir o caminho
***
Cidália Ferreira

19 comentários:

  1. É, às vezes os sentimentos passados (ou ainda presentes???) movem-nos.

    ResponderEliminar
  2. Olá Cidália,

    Muito lindo o soneto, que reflete romantismo e saudade.
    Muitas vezes a saudade se apresenta assim, como versado, ou seja, um misto de doçura e dor, que serve de alimento à alma/coração.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. Marco Aurélio - Brasil5 de junho de 2015 às 02:17

    Regresse sempre... se deixastes lá teu pensamento.., é porque fostes feliz lá...!!!!
    Beijos e admirado por mais essa obra de arte..

    ResponderEliminar
  4. Um belo e magnifico poema cheio de boas lembranças.
    Um abraço e bom fim de semana minha amiga.

    ResponderEliminar
  5. Amiga que maximo arrasou nas lindas letras escritas com
    emoção, bom final de semana.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  6. Oi Cidália
    Lindo soneo de saudade
    Deixou nele todas as suas recordações
    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Magnífico poema!
    Muitas lembranças que ficam.
    Bom fim de semana.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Poema maravilhoso, com uma imagem fantástica e fresca.

    Beijos-visite-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Lindo poema Cidália! Cheio de recordações!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  10. Olá Cidália
    Lindo poema, parabéns. Bjs querida e um ótimo final de semana.

    ResponderEliminar
  11. Cidáliamiga

    Do soneto gosto. Gosto porque está bem feito, respeita a métrica (coisa que agora raramente acontece...) e tem sentimento. Muitos parabéns

    Do comentário que deixaste no blogue da nossa Irenamiga não gostei. Sou assim, pão, pão, queijo, queijo e não seria a caminho dos 74 anos que iria mudar...

    Mas julgo que estou lúcido... :-)

    Qjs do Pernoca Marota

    Gostas de Cabo Verde? Então vai à TRAVESSA... E já te incluí nos meus BLOGUES MAIS FIXES...

    ResponderEliminar
  12. Belíssimo poema que te levou a lugares que te marcaram.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Cara amiga Cidália, nos presenteia com mais um belo soneto.
    Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderEliminar
  14. Cidália
    Eu preciso do seu e-mail ou passe um para mim está no meu blog.
    Dorli

    ResponderEliminar
  15. Cidália, bem dizem que recordar é viver...
    Lindo!
    Beijos!

    ResponderEliminar
  16. FABULOSO! Amei este poema...ricamente escrito, profundo em emoções e palavras! Um regresso ao passado com memórias inolvidáveis. Parabéns Cidália! Um grande abraço com carinho.

    ResponderEliminar