sexta-feira, 19 de junho de 2015

Abanam-se as águas em maré calma.

Abanam-se as águas em maré calma
Que aquecem pelo sol e são beijadas
Unem-se  aos meus estados de alma
Em reflexão mensagens abençoadas
.
É no silêncio que procuro o meu eu
Recordo com saudade os momentos 
Tu foste o melhor que me aconteceu
Medita o meu coração em lamentos
.
Procuro a sombra, a brisa acompanha
Meu imaginário trabalha e se assanha
Com tuas lembranças de pura sedução 
.
Abanam-se as águas, sentido o prazer
Do meu jeito, de te recordar p'ra viver
Neste recanto, ouço a voz do coração.
*** 
Cidália Ferreira

27 comentários:

  1. Belo e meditativo poema, gostei.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Lindo poema e adorei esse cenário onde se pode ouvir o coração! bjs, chica

    ResponderEliminar
  3. Palavras lindas Cidália,que nos levam a uma viagem nessas águas.

    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  4. E a amiga sabe bem ouvir a voz do coração.
    Desejando que se encontre bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália,
    Belo retrocesso amoroso
    Adorei
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. É bom procurar a nossa essência no silêncio...

    Gostei e deixo grande abraço, Ci

    ResponderEliminar
  7. Excelente!

    O silêncio que melhor falamos connosco...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Águas que se agitam em vontades e pensares poéticos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Águas que embalam a saudade de momentos de prazer e de amor.
    Mais um belo poema de amor amiga Cidália.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. A eterna saudade, tortura de amor, de incompletude.

    ResponderEliminar
  11. As palavras cooperam para que os sentimentos expostos se atenuem.
    Ameniza as ausencias.
    Belo poema Cidália

    ResponderEliminar
  12. É sempre bom vez por outra se permitir ao que diz o coração.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  13. Mesmo nos momentos maus sempre quase sempre podemos tirar um pouco de bom, Cidália beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  14. Sempre inspirada nas águas do lirismo, Cidália...nos brindas com mais uma pérola.
    Tenha um lindo fim de semana!
    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  15. Meditar nos gritos do coração e colocar as dúvidas e acerteza para fora é algo que devemos sempre fazer, adorei o post beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde, O murmúrio do vento e do mar é o encanto incessante, desfrute do encanto e da motivação que o mar lhe oferece, existe vida para alem das recordações.
    O poema revela a forte saudade.
    AG

    ResponderEliminar
  17. Oi Cidália,
    Linda poesia.
    Um bom fim de semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Uma alma inspirada e batizada nas expressões verbais do coração. Francis Perot. Uma feliz tarde

    ResponderEliminar
  19. Boa tarde,querida amiga Cidália.

    Inspirado e lindo seu poema como todos!

    O silêncio nos ajuda a nos conhecer melhor e acalma nosso espírito.

    Obrigada pela visita e um fim de semana de alegrias e paz


    Beijos

    Donetzka

    Blog Magia de Donetzka

    ResponderEliminar
  20. Mais uma vez,um lindíssimo poema escrito por ti amiga Cidália,tudo de bom para ti amiga querida,até breve!! Devias colocar o seguir por email no teu blogue,assim eu ficaria a saber de todas as tuas novidades,pois nem todos os dias posso vir aqui comentar os teus poemas,isto é um conselho de amiga,anda,faz isso,querida,vais ver que ganhas muito mais seguidores e seguidoras!!

    ResponderEliminar
  21. Amiga poema maravilhoso agradeço a sua visita para se alegrar
    com a minha satisfação de ter o meu blog de volta amei a sua visita
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/2015/06/

    ResponderEliminar
  22. Poema maravilhoso. Beijos bom final de semana

    ResponderEliminar
  23. Recordar é viver! Inspiração mágica para este poema onde são reavivadas as memórias de momentos felizes. Como sempre, é um poema maravilhoso com o teu toque pessoal que muito apreciamos. Salvo erro, esta imagem é dum local bem perto de ti. Um abraço grande

    ResponderEliminar