domingo, 3 de maio de 2015

No Silenciar das estrelas.

No silenciar das estrelas
Onde a noite caía sem medo
Meu coração triste, pensava
Nas palavras fatais do momento
Que arrancaram pedaços de dor
Num sentimento em segredo,
Escutando a chuva cair
E no silencio das minhas palavras
Ouvem-se goteiras apressadas
Qual sentimento de amor,
Sozinha perdida na noite
Penso nas lágrimas que verti
E nos momentos duros que vivi,
Escorre a água pela vidraça
Fecha-se a noite em desalento
Choram meus olhos em desgraça,
E neste meu mundo em silêncio
Escuto a chuva que cai,
Contigo no meu pensamento.
***
Cidália Ferreira.

29 comentários:

  1. Boa noite amiga !
    Teus poemas são fragmentos de como sou. E no silenciar das estrelas, que para mim é um dos momentos mais belos da vida, entram em contraste com minha solidão.

    Abraços querida,
    Dan.

    PS: Parabéns sempre !

    ResponderEliminar
  2. Gotas de orvalho são insignificantes perto das palavras desse sentimento chamado "amor".
    Lindo domingo, querida Cidália.
    Nicinha

    ResponderEliminar
  3. o amor sempre vale a pena, sentimentos de dor são inevitáveis, mas são insignificantes perante a grandeza de amar. bjs

    http://metamorfosearsemmedo.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  4. Muito profundo este poema...
    Beijinho Cidália!

    ResponderEliminar
  5. Lindíssimo,Cidália! Desejo um ótimo e feliz dia das mães! bjs, chica

    ResponderEliminar
  6. Para um texto que fala de estrelas, dou 5 estrelas.
    Beijinho, Cidália.

    ResponderEliminar
  7. Nestas palavras escritas com alma e dor, sente-se o amor que deixou feridas fundas..só mesmo ele pode ferir tão doloridamente.
    Um feliz domingo, Cidália!

    Bíndi e Ghost

    ResponderEliminar
  8. Triste... Mas lindo!

    Beijos- visita-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. Muito lindo amiga! profundo e triste.... como sempre seus poemas são lindos beijo.

    ResponderEliminar
  10. Um belo poema, Cidália. Triste, mas tão bonito!
    Um feliz dia da Mãe, para ti, e para todas as mães!
    xx

    ResponderEliminar
  11. A sua alma estar entristecida mais o amor é puro e divino
    arrasou amei.
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  12. Querida Cidália
    Apesar de estar triste, tem alguém no seu pensamento.
    Adeus solidão!
    Parabéns.
    Bom domingo.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderEliminar
  13. Lindo poetar amiga Cidália.
    Feliz dia das mães para você,aqui no Brasil será domingo,10 de maio.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  14. Mais um poema muito sensível e sentido.
    Desejo-lhe um feliz dia da Mãe.
    Beijinho.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  15. Querida Cidália
    Hoje venho parabenizá-la pelo seu dia
    "Um Feliz DIA DAS MÃES"
    Que o seu dia seja iluminado e coroado pelo amor dos seus filhos amados
    Parabéns minha querida amiga
    Um super beijo
    Gracita

    Ps. Deixei um mimo aqui http://poesiaemimos.blogspot.com.br/2015/05/um-feliz-dia-das-maes.html

    ResponderEliminar
  16. Nas gotas da chuva cai o pólen do mais belo sentimento: O amor
    Lindo poema cheio de fina beleza poética
    Beijo

    ResponderEliminar
  17. Olá amiga!
    Passei para apreciar sua linda poesia e deixar o meu abraço e desejar-lhe um Domingo de muita paz e um início de semana abençoado.
    Abraços da amiga Lourdes Duarte.
    http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/


    ResponderEliminar
  18. Para este dia especial, acho triste o poema, no entanto é muito bonito cheio de sentimento!

    Bjs um resto de um bom Domingo.

    ResponderEliminar
  19. Um poema tão lindo mas tão triste.

    Um beijinho comovido amiga Cidália

    ResponderEliminar
  20. Triste e profundo poema; Beijos, bom domingo e maravilhosa semana

    ResponderEliminar
  21. Olá Cidália
    Poema sensível, cheio de sentimentos. Bjs querida amiga.

    ResponderEliminar
  22. Cidália, lindo poema amiga, gostei do ursinho, beijo e boa semana

    ResponderEliminar
  23. E no silêncio digo: Poema lindo de ler. Parabéns.

    ResponderEliminar
  24. Que poema lindíssimo Cidália. E tão profundo!
    E um feliz dia das mães!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  25. Triste, porque me tocou. Cá no fundo.

    ResponderEliminar
  26. No silêncio das estrelas, olhando pela vidraça, vendo e ouvindo a chuva caindo, vieram ao teu pensamento memórias de outrora. Momentos vividos, dores sentidas e lágrimas soltas. Não obstante ser um poema triste, dominado pelo sofrimento de tempos vividos, é igualmente uma maravilhosa poesia e muito profunda. Adorei Cidália....uma alma poética é assim...tem que chorar e alegrar...muitos beijinhos para ti

    ResponderEliminar
  27. Um lindo e tocante poema! Parabéns, Cidália!

    Beijos e ótima semana pra ti.

    ResponderEliminar
  28. Belo e triste, magnifico poema.
    Um abraço e uma boa semana.

    ResponderEliminar
  29. muito triste, embora esteja muito bem escrito...

    :(

    ResponderEliminar