quarta-feira, 13 de maio de 2015

Na leveza dos meus pensamentos.

Na leveza dos meus pensamentos
Tenho guardado junto ao coração
Pessoas que a vida em momentos
Meteu no meu caminho de feição 

És a leveza onde eu quero pousar
Como borboleta suave que ousou 
Escrever nas folhas para assinalar
Abrindo caminho por onde passou

Deixei os rastos da minha alegria
Coisas que na vida não se apagam
Saudade de quem para mim sorria

Teus simples gestos, tua delicadeza
Palavras carinhosas nunca acabam
São as qualidades que vi na Teresa
***
Cidália Ferreira
Uma amiga enviou-me estas imagens, para que me inspira-se.
Fraquinho, mas foi o que saiu.
 Obrigada, Teresa Claro.

23 comentários:

  1. Que máximo na leveza sé atraímos bom fluir no nossos
    pensamento bom dia amiga arrasou e sempre arrasa.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=3xZdo8xMv34
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. La mariposa es tan hermosa, tanto como tu poema. Saludos.

    ResponderEliminar
  3. Dedicatória singela, sentida, muito bonita. Não sendo poeta mas admirando o seu trabalho, fiquei fascinado com o poema aqui escrito
    Um dia feliz

    ResponderEliminar
  4. Bom dia, Porque a vida segue, sempre existe um nascer ou pôr do sol para ser apreciado, uma doce melodia para ser escutada, um lindo sorriso para ser admirado, e o mais belo de tudo isso, é viver todos os bons momentos com intensidade.
    AG

    ResponderEliminar
  5. Lindas palavras e poesia para Teresa e a imagem é linda! bjs, chica

    ResponderEliminar
  6. Cidália...não há poesias fracas nem fortes...elas são inspiradas em estados de alma, em momentos tristes ou alegres. E a inspiração de hoje partiu duma imagem fabulosa enviada por uma amiga que marcou a tua vida e te fez sorrir. É uma linda homenagem à sua amizade e nela as tuas palavras e emoções fascinam! Adorei...um dia feliz para ti e um abraço pleno de amizade

    ResponderEliminar
  7. Que lindos momentos, e qualidades, em forma de poesia! Adorei!
    Beijos, e um ótimo dia!
    Mariangela

    ResponderEliminar
  8. Linda homenagem para essa amiga Teresa.
    bjs Cidália.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  9. Leveza do ser que voa nas asas do pensamento qual borboleta que esvoaça entre a alma e o coração, qual folha que espera o teu pousar.... lindo e suave. Adorei o poema
    Beijo

    ResponderEliminar
  10. Um poema leve como a borboleta. Muito bem fez a tua amiga Teresa em enviar-te as imagens. Inspiraste-te a valer!
    xx

    ResponderEliminar
  11. Hummm senti aqui a leveza do poema..
    A música ao fundo é suavemente uma moldura do poema...
    Nota mil...

    ResponderEliminar
  12. Olá Cidália
    Linda poesia e a imagem também. Bjs querida.

    ResponderEliminar
  13. Que lindo, nada fraquinho, os sentimentos são assim, sentir e escrever, a Teresa deve estar feliz com seus belos versos!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
  14. De uma bonita imagem, surgiu a inspiração para um fantástico poema..
    Adore.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  15. De uma bonita imagem, surgiu a inspiração para um fantástico poema..
    Adore.
    Bjs.

    ResponderEliminar
  16. Uma doce e leve imagem como esta, causou um lindo poema. Gostei!

    Visite-http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/
    Beijos

    ResponderEliminar
  17. Oi Cidália,
    Adorei a imagem e a poesia
    Beijos

    ResponderEliminar
  18. Belíssimo poema de homenagem a Teresa!
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderEliminar
  19. Olá!
    Lindas imagens, lindas mesmo. E o poema ficou maravilhoso.

    ResponderEliminar
  20. Maravilhoso poema Cidália! Lindo de viver!
    Beijos e beijos ♥

    http://simplesmentelilly.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  21. Fraquinho?!? Está aqui um poema bastante belo,as imagens que a tua amiga enviou inspiraram-te muito bem,eu gostei imenso!!

    ResponderEliminar