quinta-feira, 16 de abril de 2015

Vagueava meu pensamento de outrora.

Vagueava meu pensamento de outrora
Pelos mares calmos sem tempestades 
E sobre pedras preciosas que até agora
Me encantei pelo teu olhar, intimidades

Queimam os raios de sol minha mente
Ao sentir tua presença, me envaideço
Na loucura de te abraçar loucamente
Neste, ou noutro lugar, só eu mereço

Sinto esvoaçar pelo meu rosto, é a luz
Do imaginário que a pomba me traduz
Traz teu recado feito sonho de saudade

Nas as águas que acalmam ao anoitecer
Nossos lábios se beijam, ao amanhecer
Num imaginário sonho, amor de verdade.
***
Cidália Ferreira.

*******************
Este foi um desafio feito ao meu Grande Amigo Ricardo,  ENORME POETA, por brincadeira...Tendo como inspiração esta foto...

20 comentários:

  1. Adorei o desafio que me fizeste, como adorei/adoro o poema aqui inserto. Poético, sedutor, cheio de mensagem numa vibração de sentimentos onde a pureza da tua alma está presente em cada verso.
    Ou não fosses tu uma POMBINHA maravilhosa que faz da entrega e amizade, o teu mais puro e nobre sentimento que transportas por graça da tua bondade em teu salutar e justo coração
    Deixo um beijo de grande amizade pessoal e poética

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Cidália, nada como começar meu dia assim lendo seus lindos poema alias desafio esse que vc arrasou lindo poema como sempre, parabéns e vou dar uma olhada no blog.

    Beijos e um Quarta-feira abençoada

    ResponderEliminar
  3. Bravo! Tenho que te dar os parabéns por tão brilhante inspiração a partir dum desafio dum poeta que também muito admiro...um poema carregado de emoções fortes que leva a nossa alma a vaguear...AMEI...está sublime e estás a subir para o patamar dos ilustres poetas..beijinho Cidália

    ResponderEliminar
  4. Lindo, palavras que se completaram um com poema do outro.Grandes poetistas.
    Parabéns aos dois.
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Oi Cidália,adorei o desafio e os dois poetar,bem diferentes,isso mostra a inspiração que cada poeta tem.
    Parabéns amiga a você e ao Ricardo.
    bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  6. Bom dia Cidália
    Com que propriedade você delineou os sentimentos ao fazer a leitura de tão bela imagem. A grandeza de sua expressão poética é fantástica. Parabéns
    Um beijo querida

    ResponderEliminar
  7. Marco Aurélio - Brasil15 de abril de 2015 às 14:17

    Cidália.... li o texto e ao passar os olhos pela foto, para a última leitura, faço a alusão ao verso
    "Sinto esvoaçar pelo meu rosto, é a luz
    Do imaginário que a pomba me traduz
    Traz teu recado feito sonho de saudade".....
    Lindo.....

    ResponderEliminar
  8. Já li o dele, agora vim ler o teu. Um desafio muito bem superado pelos dois poetas, que apresentaram ambos belíssimos poemas!
    Parabéns, muito bonito!
    xx

    ResponderEliminar
  9. Amiga a sua alma estar tão delicada em expor sentimentos
    profundo neste show de poesia arrasou.
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=B_PCR9rMnVk
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  10. Gostei do soneto, é terno e afectuoso.
    vou ler o do Ricardo.
    beijinho
    :)

    ResponderEliminar
  11. Belíssimo soneto de uma ternura ímpar.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Oi Cidália,
    Todas as suas poesias são lindas
    Nasceu para poetizar
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Amiga Cidália, eis um lindo soneto vindo de além-mar. Um abração. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderEliminar
  14. Oi amiga,
    Passando para lhe desejar uma ótima tarde.
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. A poesia sai-lhe naturalmente pois está dentro de si.
    Mais um belo soneto !

    beijinho com carinho

    ResponderEliminar
  16. Parabéns Cidália!
    Adorei o poema, muito lindoooo!
    Bom fim de semana.
    Bjs.

    ResponderEliminar