sexta-feira, 24 de abril de 2015

Procurei pelo meu eu...

Procurei pelo meu eu,
Em chuva, de amor ausente
Caem os pingos tão frios
Como as lágrimas dos meus olhos
Que precisam em cada dia
Do teu carinho presente,
Olho a chuva, vai caindo
No coração vou sentindo
Saudade, do mundo da fantasia,
Ao olhar-te noutra margem
A chuva molha-me a alma
Como a tristeza  me acalma,
Mas neste espaço pequenino
Em charcos feitos de nada
Dou minhas mãos com carinho
Aos pingos, feito mensagem
De quem está no meu caminho.
***
Cidália Ferreira

20 comentários:

  1. Oi Cidália,suas palavras são tão sublimes como a chuva que cai,repletas de saudades.
    Muito lindo seu poetar.
    Obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde

    Muitas vezes precisamos que os silêncios da alma se façam ouvir através seja do que for. A chuva, qual águas de poesia, podem ser um bálsamo, quiçá lenitivo, que nos lave a existência através da sua frescura, pureza, e imagem de suavidade.
    O teu poema está escrito na mais elevada veia poética, em que, deixas molhar as tuas mãos, já de si puras e limpas, numa mensagens de desejo por algo ou alguém que está, dentro desse teu silêncio, vivendo dentro do teu coração.
    Lindo demais o teu poema, qual fascínio, para quem te lê e, mais profundo ainda, para quem admira a mulher, a poetisa, que existe em ti e dentro de ti, qual criatividade vulgo dimensão do teu sentimento feito amor e carinho, que colocas em tudo o que escreves. Uma palavra par ti: És Brilhante

    Desejo-te um bom fim-de-semana
    Beijo
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Ricardo!
      Estes elogios vindos de ti deixaram-me profundamente emocionada, confesso de verdade que deixei cair uma lágrima.

      Sinto-me vaidosa e orgulhosa por ter-te como AMIGO... muito especial... Também o meu maior critico, que é muito importante para mim.

      Se cresci neste mundo da poesia, tenho agradecer unicamente e simplesmente a ti...Muito Obrigada.

      Este elogio que me fez verter umas lágrimas reforçaram o meu amor à escrita, neste caso à poesia.

      Não mereço... Mas agradeço as tuas palavras.
      Beijo

      Eliminar
  3. Lindo poema... cheio de sentimento
    Adorei ler, parabéns
    A musica é excelente e enquadra-se perfeitamente neste blogue.

    Beijinhos e feliz sexta feira- http://quadrasepensamentos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Sentimentos lindo nessa bela poesia! Gotas de chuva e saudade! bjs, lindo dia!chica

    ResponderEliminar
  5. A chuva como inspiração deu aso a um poema cheio de doçura e carinho. Muito bonito
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Muito bonito; a imagem e o poema. bem molhados...;-)
    xx

    ResponderEliminar
  7. Maravilhoso poema
    Onde se faz da chuva partículas de amor...Adorei

    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Lindas palavras!
    Às vezes, perdemo-nos...
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Amei, lindos versos poéticos, a imagem é maravilhosa e inspiradora, a chuva, o mar, o vento, tudo isso nos fala à alma, quando apaixonados então, nossa, é de uma beleza ímpar!
    Abraços bem apertados bela poetisa!

    ResponderEliminar
  10. Sem dúvida um belo e muito sentido poema. Talvez apenas mais um.
    Mais um que denota a sensibilidade da nossa poetisa, na forma e jeito como expões a muito Sua condição de artista.
    Obrigado Amiga......confesso que já sentia saudades destes momentos poéticos.
    Beijinho e um muito bom e Feliz fim de semana !!!

    ResponderEliminar
  11. Parabéns poetisa!
    Adoreiiii, poema fabuloso!!
    Bom fim de semana
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Um poema , lindo que nos reflete a chuva caindo em cima de dois enamorados
    Beijos bom final de semana

    ResponderEliminar
  13. Minha amiga, Já tinha saudades deste teu cantinho tal como das tuas lindas poesias.
    Mas como deves imaginar o trabalho lá no lar não tem sido pêra doce...Muito cansativo. Sempre que posso comento.
    Lindo este teu poema. parabéns

    Beijinhos e feliz fim de semana para ti e todos os teus.

    ResponderEliminar
  14. Cidália, já voltei, gostei do poema, procurar o nosso eu por vezes é complicado,
    mas chegamos lá, beijos amiga e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  15. BOA TARDE CIDÁLIA
    Nossa que expiração vc estava animada lindo demais. Que mostra a chuva caindo sobre os amores. Feliz final de semana.

    ResponderEliminar
  16. Acredite minha amiga que estou emocionada, um poema tão lindo e tão triste.
    Tocou-me profundamente.

    beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  17. Querida amiga, este é mais um dos belos poemas que escreve!
    Lindíssimo!
    Feliz final de semana!
    Beijos,
    Mariangela

    ResponderEliminar
  18. Poema fascinante!!!! Uma inspiração divina provocada pela queda "fria" da chuva! Mais um poema para juntar a outros belos que já soltaste da tua alma...continua assim...que a tua magia poética perdure para o resto da tua vida...muitos beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  19. Gostei como gosto de quase tudo o que expõe nas palavras, telas pintadas com o sentir!

    ResponderEliminar